Revisão de artigo

524 palavras 3 páginas
Ocorre maior facilidade para recordar quando o sujeito participa da atividade do que se tal evento fosse apenas assistido ou relatado. Uma possível explicação para esse achado é que atividades realizadas envolvem não só registros verbais e visuais mas também cinestésicos e motores, relacionados à memória de procedimento e implícita, mais preservada em pacientes com DA.
Da mesma maneira que a repetição e o treinamento, as estratégias de aprendizagem devem ser aplicadas a situações particulares, com contexto específico, e vinculadas a alguma necessidade do paciente em seu cotidiano. É difícil que o paciente, com a evolução da doença, consiga empregar sozinho tais técnicas, necessitando da ajuda de um familiar ou profissional. Outra técnica que pode ser eficiente, desde que manipulada por outra pessoa, é a “aprendizagem sem erros”, a qual reduz as chances de erros do paciente, propiciando seu sucesso na execução da tarefa. Segundo Baddeley & Wilson, a aprendizagem de um procedimento baseia-se em fortalecer a emissão de uma resposta, dentre uma gama de várias respostas possíveis. Portanto, se a resposta errada é repetida, acaba por fortalecer-se e dificultar a aprendizagem. Além disso, a possibilidade de obter sucesso aumenta a motivação do paciente, o que também se associa a facilitação da aprendizagem e melhor memorização.
As estratégias compensatórias são também muito usadas com pacientes demenciados. Esta metodologia de intervenção assume que os déficits de memória não podem ser diretamente enfrentados, sendo necessário o uso de ‘ajudas externas’. Para tanto, utilizam-se agendas, blocos de notas, “pagers”, despertadores, cartazes, sinalizações, etc., visando contornar os problemas de memória. Entretanto, a eficiência desta abordagem é limitada. Alguns pacientes apresentam déficits em outras áreas da cognição, que os impedem de aprender a usar os recursos. Em geral, estas estratégias trazem maior benefício quando o paciente ainda está em fases precoces da doença,

Relacionados

  • Artigo de Revisão
    5179 palavras | 21 páginas
  • Artigo de Revisão
    2515 palavras | 11 páginas
  • artigo de revisão
    5730 palavras | 23 páginas
  • Artigo de revisão
    4635 palavras | 19 páginas
  • Artigo de Revisão
    2562 palavras | 11 páginas
  • Revisao do artigo
    3469 palavras | 14 páginas
  • artigo de revisao
    1266 palavras | 6 páginas
  • Revisão de artigos
    365 palavras | 2 páginas
  • revisão de artigos de força
    2097 palavras | 9 páginas
  • Artigo de revisão bibliográfica
    1788 palavras | 8 páginas