resumo

Páginas: 45 (11232 palavras) Publicado: 13 de novembro de 2013
Cartilha
Prevenção de Riscos de Desastres

Oficina do Eixo Meio Ambiente, Clima e
Vulnerabilidades


Realização:

Apoio:
Eletronuclear, Fiocruz e
Fundação Banco do Brasil

Dezembro – 2012

SUMÁRIO
1 – Apresentação
2 – Desastres
3 – Redução de Riscos
4 – Consequências dos Desastres e Redução de Danos
5 – Instrumentos de Prevenção e Socorro
6 – Plano Nacional de Gestão deRisco e Respostas a Desastres
Naturais
7 – Saiba como Agir
8 – Glossário
9 – Fontes

1 - APRESENTAÇÃO
O Atlas Brasileiro de Desastres Naturais mostra que, entre 1991 e julho
de 2012, foram registradas 31.909 catástrofes no país, das quais 73%
ocorreram na última década. Foi uma média de 1.363 catástrofes por
ano, de acordo com levantamento do Ministério da Integração Nacional.
Osprincipais desastres registrados foram estiagem e seca; inundação
brusca e alagamentos; inundação gradual; granizo; ciclones e vendavais;
tornado; geada e incêndio florestal; deslizamentos; erosão. Embora tenha
ocorrido um aumento generalizado em todos os tipos de catástrofes, os
deslizamentos (movimentos de massa) registraram o maior avanço
nessas duas décadas. Entre os anos 1990 e 2000, houve umaalta de 21,7
vezes no número de ocorrências. Mas as secas continuam sendo o evento
mais frequente no país.
De acordo com o Banco Mundial, o impacto econômico dos desastres
naturais nos últimos cinco anos, no Brasil, foi de R$ 15 bilhões. Mas,
qual a dimensão do impacto social e ambiental desses eventos extremos?
Além das perdas humanas, que são irreparáveis, e das perdas materiaiscontabilizáveis, os eventos extremos podem acarretar diversas outras
perdas para as pessoas atingidas, comprometendo aquilo que lhes
confere identidade. Desastres de grandes proporções podem
desestruturar todo o sistema de referências no qual a vida de uma pessoa
se apóia.
Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), tudo indica que os
desastres meteorológicos vão aumentar com o aquecimento do planetanos próximos anos. Como sabemos, o meio ambiente vem sofrendo ações
ou intervenções que têm causado alterações na temperatura dos oceanos,
no habitat natural de diversas espécies animais e vegetais, nas reservas
de água, no solo, entre outros. Isso contribui para a alteração e o
agravamento das condições climáticas e/ou agravamento de desastres
naturais.
No caso do Brasil, os efeitosdesses eventos extremos podem se ampliar.
Pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE),
divulgada em novembro de 2012, indica que apenas 6,2% dos municípios
do país possuem um plano para redução do impacto de desastres
naturais. Em outros 10,1%, medidas para prevenção e resposta a
enchentes, deslizamentos, secas e outros fenômenos estão em processo de

elaboração. Os dadossão da Pesquisa de Informações Básicas Municipais
(Munic) de 2011, que abordou o tema pela primeira vez por meio de
questionários aplicados aos 5.565 municípios do país.
Em paralelo a todos esses fatores, convivemos com o crescimento
desordenado das cidades; a ausência de políticas públicas mais efetivas
para assegurar à população os direitos básicos de cidadania; entre
diversos outrosfatores, que têm contribuído para aumentar a
vulnerabilidade das populações aos desastres naturais.
Uma comunidade que vive sem saneamento básico ou nas proximidades
de um rio, em uma área sujeita a enchentes e inundações, com casas
frágeis e sem acesso à água potável, luz e educação é muito mais
vulnerável aos desastres naturais. E os efeitos desses eventos podem
comprometer definitivamentesuas perspectivas de melhoria das
condições de vida.
No entanto, essas comunidades podem se tornar muito mais bem
preparadas para enfrentarem eventos extremos, como temporais,
inundações e deslizamentos, se forem contempladas com ajuda para
construções mais seguras e para implantação de um sistema de coleta de
lixo apropriado para evitar seu acúmulo a céu aberto e, principalmente,
para...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Resumo
  • Resumo
  • Resumo
  • Resumos
  • Resumo
  • Resumo
  • resumo
  • Resumos

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!