Resumo: o Príncipe de Maquiavel

Páginas: 9 (2165 palavras) Publicado: 30 de outubro de 2013
Cap. 1 ao 11 - Analise os tipos de principados utilizando essa classificação para determinar de como se adquirir (conquista) poder e manter o poder politico. Principados hereditário, misto, civil e eclesiástico.
R: O principado é hereditário, quando por muitos anos os governantes pertencem à mesma linhagem, quando seu sangue senhorial é nobre há já longo tempo. Para a preservação desse estadoa dificuldade é menor, pois o povo já está acostumado com a soberania de uma família, habituados a viver sob o governo de uma linhagem de Príncipes. Basta o príncipe respeitar a cultura local, evitar transgredir os costumes tradicionais e adaptar-se a circunstancias imprevistas, irá se manter no poder, pois este povo não sabe viver em liberdade. Caso uma força excepcional o derrube, poderáreconquistá-lo na primeira oportunidade oferecida pelo usurpador.
O principado misto se refere ao governante novo ou membro anexado a um Estado Hereditário. O povo tem sempre o desejo de mudança e de melhoria. As pessoas mudam com grande facilidade de governantes, esperando tal mudança que no pensar de Maquiavel, é sempre para pior. O Novo príncipe para dominar deve extinguir toda a linhagem (estirpe)de seus antigos governantes, e mantendo sem alterações os seus costumes o homem passa a viver tranquilamente, deve-se também o Príncipe fazer manutenção das leis e dos tributos,, pondo ali um governo de poucas pessoas que sejam mantidas amigas, pois caso contrário, dentro de um curto tempo o território conquistado passa a constituir um corpo todo com o principado antigo.
Ao se conquistar umaprovíncia acostumado com a liberdade e com línguas, leis e costumes diferentes, um dos meios mais seguros é que o Monarca vá pessoalmente habitá-lo, isto tornaria mais segura e mais duradoura aposse adquirida. Estando no local, a desordem pode ser rapidamente reprimida; Outra forma eficaz é instalar colônias e manter em lugares estratégicos na província. Sua criação prejudica somente àqueles dequem setomam os campos e as casas para cedê-los aos novos habitantes, osquais constituem uma parcela mínima do Estado conquistado, sendo eles prejudicados não representarão perigo ao monarca e os que não foram afetados, ficaram amedrontados e não fará mal ao Príncipe, ao contrario, se sentirá grato pelo fato de o monarca os deixar em paz e não quererão ofender o soberano.
Principado Civil é o governo emque o cidadão privado se torna príncipe de sua pátria pelo favor de seus concidadãos. É instituído pelo povo ou pela grande Aristocracia. Pois para se tornar não é necessária muita virtude ou muita fortuna, mas antes uma astúcia afortunada (mistura de Virtú e da fortuna). Em toda cidade se encontram estas duas tendências e isso resulta do fato de que o povo não quer ser mandado nem oprimido pelospoderosos e estes desejam governar e oprimir o povo: é destes dois anseios diversos que nasce nas cidades um dos três efeitos: ou principado, ou liberdade, ou desordem.
A dificuldade maior de manter-se no poder é do príncipe que chegou através da aristocracia do que aquele que chegou através do povo, pois a aristocracia se considera igual ao monarca sendo que o soberano não poderá governar e nemmanobrar como entender. Maquiavel conclui que apenas que a um príncipe é necessário ter o povo como amigo, pois, de outro modo, não terá possibilidades na adversidade.
Estados conquistados ou pela virtude ou pela fortuna, porém este não são necessários para conservá-los, pois o principado eclesiástico são sustentados por antigos costumes religiosos (ordens estabelecidas pela Religião); Estastornam-se tão fortes ede tal natureza que mantêm os seus príncipes sempre no poder, seja qual for sua conduta e modo de vida.Só esses príncipes podem ter estados sem defendê-los e súditos sem governá-los; e seus estados, mesmo sem ser defendidos, não lhes são tomados. Somente estes principados, pois, são seguros efelizes.
Segundo Maquiavel, Os principais fundamentos que os Estados têm, tanto os...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • O principe
  • Maquiavel
  • Resumo O príncipe
  • Resumo da obra O príncipe
  • Principe
  • Resumo de O Principe
  • Resumo obra : o príncipe
  • Maquiavel

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!