Resumo a historia da riqueza do homem

Páginas: 27 (6666 palavras) Publicado: 21 de outubro de 2013
História da Riqueza do Homem – Leo Huberman [FICHAMENTO]


Este livro tenta explicar a história pela teoria econômica, e a teoria econômica pela história. Não é uma história econômica nem uma história do pensamento econômico, mas um pouco de ambas.
 DO FEUDALISMO AO CAPITALISMO:- A sociedade feudal consistia dessas três classes – sacerdotes, guerreiros e trabalhadores, sendo que o homem quetrabalhava produzia para ambas as outras classes, eclesiástica e militar. Isto era muito claro, pelo menos para uma pessoa que viveu naquela época.
 A maioria das terras agrícolas da Europa ocidental estava dividida em área conhecidas como “feudos”. Um feudo consistia apenas de uma aldeia e as várias centenas de acres de terra arável que a circundavam, e nas quais o povo da aldeia trabalhava.Nas diversas localidades, os feudos variavam de tamanho, organização e relações entre o que os habitavam, mas suas características principais se assemelhavam, de certa forma. Cada propriedade feudal tinha um senhor.
 O senhor feudal vivia (ou visitava, já que freqüentes vezes possuíam vários feudos; alguns senhores chegavam mesmo a possuir centenas) com sua família, empregados e funcionários queadministravam sua propriedade.
A terra arável era dividida em duas partes, sendo a terça parte do todo, pertencente ao senhor, e a outra ficava em poder dos arrendatários que, então trabalhavam a terra.
Eram essas, portanto, as duas características importantes do sistema feudal. Primeiro, a terra arável era divida em duas partes, uma pertencente ao senhor e cultivada apenas para ele, enquanto aoutra era dividida entre muitos arrendatários; segundo, a terra era cultivada não em campos contínuos, tal como hoje, mas pelo sistema de faixas espalhadas. Havia uma terceira característica marcante – o fato de que os arrendatários trabalhavam não só as terras que arrendavam, mas também a propriedade do senhor.
O camponês vivia numa choça do tipo mais miserável, trabalhando longa e arduamente emsuas faixas de terra espalhadas. Conseguia arrancar do solo apenas o suficiente para uma vida miserável. Teria vivido melhor, não fora o fato de que, dois ou três dias por semana, tinha que trabalhar a terra do senhor, sem pagamento. A propriedade do senhor tinha que ser arada, semeada e ceifada primeiro.
Uma estrada ou uma ponte necessitavam de reparos? Então o camponês devia deixar seu trabalhoe atender à nova tarefa. Por pior que fosse o seu tratamento, o servo possuía família e lar e a utilização de alguma terra.
 Havia vários graus de servidão: os servos dos domínios, que viviam permanentemente ligados à casa do senhor e trabalhavam em seus campos durante todo o tempo; os camponeses muito pobres, que mantinham pequenos arrendamentos de um hectare, que nem mesmo possuíam um pequenoarrendamento, mas apenas uma cabana; e os vilãos, que eram servos com maiores privilégios pessoais e econômicos. Alguns vilãos eram quase tão abastados como homens livres, e podiam alugar parte da propriedade do senhor, além de seus próprios arrendamentos.
Jamais se pensou em termos de igualdade entre senhor e servo. O servo trabalhava a terra e o senhor manejava o servo.
A organização, no todo,baseava-se num sistema de deveres e obrigações do princípio ao fim. A posse da terra não significava que pudéssemos fazer dela o que nos agradasse, como hoje. A posse implicava deveres que tinham que ser cumpridos, caso contrário, a terra seria tomada.
 O senhor do feudo, como o servo, não possuía a terra, mas era, ele próprio, arrendatário de outro senhor, mas acima na escala. O servo, aldeão oucidadão “arrendava” sua terra do senhor do feudo que, por sua vez, “arrendava” a terra de um conde, que já “arrendara” de um duque que, por seu lado, a “arrendara” ao rei. As pessoas que arrendavam diretamente ao rei, fossem nobres ou cidadãos comuns, eram chamadas “principais arrendatários”.
 No período feudal, a terra produzia praticamente todas as mercadorias de que se necessitava e, assim,...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Resumo a historia da riqueza do homem
  • Resumo a história da riqueza do homem
  • Resumo historia da riqueza do homem
  • Resumo a história da riqueza do homem
  • Resumo História da Riqueza do Homem
  • Resumo da historia da riqueza do homem
  • RESUMO: A HISTÓRIA DA RIQUEZA DO HOMEM
  • Resumo- A história da riqueza do homem

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!