Resumo treze primeiros capitulos A sociedade contra o Estado Pierre Clastres

Páginas: 3 (558 palavras) Publicado: 14 de julho de 2014
O autor começa trazendo uma observação em que, normalmente, todas as sociedades devem chegar a um final em comum, o Estado, pois esse é o objetivo de toda sociedade para que possa ser completa. Citaentão as sociedades arcaicas ou primitivas, onde esse resultado final não existe e nem demonstra desejo de existir. Se essas sociedades não almejam tal resultado ou não o alcançaram, carregam umavisão negativa, sempre com falta daquilo o que seria civilizado, a escrita, cultura, economia de mercado e o próprio Estado.
Ao longo do texto o autor fala sobre a capacidade produtiva e desenvolvimentotécnico dessas sociedades. O fato de não produzirem objetivando um mercado, mas apenas a subsistência, demonstraria baixo desenvolvimento tecnológico das sociedades primitivas, o que é contrariadoquando observamos que sociedades indígenas pré-colombianas tinham conhecimentos astronômicos e agrícolas, iguais se não mais desenvolvidos que os europeus. Quanto ao desenvolvimento técnico, não sepoderia comparar objetos distintos o arco e um fuzil, exemplo citado pelo autor, pois cada uma tem uma utilidade para determinado povo em determinado tempo. Algo que seria útil e necessário para povosprimitivos teria o mesmo valor que algo útil e necessário para as modernas sociedades industriais. O valor de uma técnica então se dá pela necessidade dela por determinada sociedade.
Segundo o autor, asociedade ocidental caminha sobre a tutela do Estado e a necessidade de trabalhar. Os índios, quando observados pelos europeus, eram tidos como preguiçosos, pois não dedicavam saúde e tempo para otrabalho, mas sim com lazer. Essa observação era feita e tida como chocante para povos que viam no trabalho um fim necessário para o individuo. A ociosidade dos índios logo então seria desfeita. Masgastarem pouco tempo em tarefas econômicas não fazia com que morressem de fome. O fato é que caçavam, pescavam ou plantavam aquilo que precisariam para sobreviver, já que não objetivavam uma economia...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Sociedade contra o estado- resumo- pierre clastres
  • Resumo "a sociedade contra o estado"
  • resumo de pierre clastres a sociedade contra o estado
  • A Sociedade Contra o Estado
  • Resenha Critica A Sociedade contra o Estado
  • RESENHA CRÍTICA A SOCIEDADE CONTRA O ESTADO PIERRE CLASTRES
  • Clastres, sociedade contra o estado
  • Fichamento pierre clastres (a sociedade contra o estado e arqueologia da violência)

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!