Resumo: SOUZA, Angelo. Explorando e construindo um conceito de gestão democrática

Páginas: 5 (1145 palavras) Publicado: 1 de agosto de 2013
Introdução

O texto discute as relações entre política, poder e democracia, nas escolas públicas, destacando os elementos da gestão escolar que mostram que este é um fenômeno político, e também um espaço para disputas de poder. Debater esta natureza política, nos confrontamos com sua natureza democrática.
A gestão escolar deve ser baseada nos princípios e em métodos democráticos. Mas, nãoestá claro se é o que ocorre nas escolas públicas país afora. Seguindo esta linha, o texto se propõe expor elementos importantes para se pensar os problemas da gestão destas escolas.


Democracia e poder

O interesse da ação política é o poder. Mas o poder em questão não é a capacidade de controlar os indivíduos, lecando-os a fazerem o que se deseja, e sim, o poder decorrente da capacidadehumana de agir em conjunto com outros, construindo uma vontade comum.
A gestão democrática é aqui compreendida, então, como um processo político no qual as pessoas que atuam na/sobre a escola identificam problemas, discutem, deliberam e planejam, encaminham, acompanham, controlam e avaliam o conjunto das ações voltadas ao desenvolvimento da própria escola na busca da solução daqueles problemas.Esse processo, sustentado no diálogo, na e no reconhecimento às especificidades técnicas das diversas funções presentes na escola, tem como base a participação efetiva de todos os segmentos da comunidade escolar, o respeito às normas coletivamente construídas para os processos de tomada de decisões e a garantia de amplo acesso às informações aos sujeitos da escola.

Participação

Aparticipação na vida política é elemento importante que se aprende na prática democrática. Seja na gestão da escola, da cidade ou do país, a participação ampliada é quase sempre defendida como condição sine qua non para a efetivação democrática. Politicamente, praticamente todos os candidatos a algum cargo ou função afirmam que desejam ampliar a participação da população nos processos de tomada de decisões.Regras e normas foram constituídas para que essa participação fosse garantida. Tem se pautado nos diferentes currículos a necessidade da educação política, com ênfase na participação do cidadão nas decisões da vida política e social.
No contexto escolar, isso ainda toma amplitude maior, dado que o processo de regulação e organização da participação pode comprometê-la, uma vez que, “o envolvimentotradicional dos pais na escola ocorre através da participação dos pais em um determinado número de atividades escolares que são administradas pela própria escola, no território escolar e nos termos escolares, sem uma transferência significativa de poder”.
Na esteira de Epstein, afirma que as famílias dos alunos querem participar da escola, ou ao menos querem ter informações em maior quantidadee melhor qualificadas sobre o andamento pedagógico e o desenvolvimento dos alunos. Os alunos também desejam que suas famílias estejam mais próximas da escola. E os dirigentes escolares e professores, por seu turno, também compartilham dessas concepções. Restaria saber como se efetiva essa participação. Parece-nos que há, ainda, problema maior: a compreensão do que é participar, do que significaser parte da escola ou do processo educativo: Até que ponto a participação dos pais e alunos na definição e na avaliação dos rumos da escola é bem-aceita pelos professores e dirigentes? De outro lado, é importante compreender que nem sempre estar presente é a forma de participação eleita pelos pais e familiares dos alunos.
O segundo elemento importante de se destacar refere-se justamente ànão-participação, porém entendida como ação política estratégica. A força da tese da participação leva à incorporação desse argumento por todos os segmentos da vida social e política, incluindo aqui os dirigentes governamentais (e escolares) mais conservadores ou autocráticos, a princípio contrários à participação. Isso se dá pelas dificuldades de quaisquer pessoas se manterem à margem dos rumos...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Explorando e Construindo um Conceito de Gestão Democrática.
  • Analogia: filme “A Onda” e texto “Explorando e construindo um conceito de gestão escolar democrática”
  • Resumo Gestão Democrática
  • Resumo sobre a gestão democrática
  • Resumo Artigo Construindo o conceito de consciência
  • Resumo Conceito de Gestao e Planejamento
  • GESTÃO DEMOCRÁTICA DA EDUCAÇÃO PARA UMA FORMAÇÃO HUMANA: CONCEITOS E POSSIBILIDADES
  • Resumo sobre conceitos de gestão da qualidade

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!