Resumo sobre a historiografia francesa

Páginas: 14 (3391 palavras) Publicado: 12 de agosto de 2013
TRABALHO: a categoria-chave da sociologia?

Claus Offe

As tradições clássicas da Sociologia burguesa e da Sociologia marxista compartilham a visão de que o trabalho constitui o fato sociológico fundamental; constroem a sociedade moderna e sua dinâmica central como uma "sociedade do trabalho" (Dahrendorf, 1980; Guggenberger, 1982). Certamente, todas as sociedades são compelidas a entrar emum "metabolismo com a natureza", através do "trabalho", e a organizar e estabilizar este metabolismo de forma tal que seu produto garanta a sobrevivência física de seus membros.
Por conseguinte, pode-se desprezar o conceito de uma "sociedade do trabalho", como uma trivialidade sociológica, na medida em que o conceito se refere a uma "eterna necessidade natural da vida social" (Marx). Antes disto,entretanto, é importante explicitar o papel específico representado pelo trabalho, pela divisão do trabalho, pelas classes trabalhadoras, pelas regras de trabalho, pela organização do trabalho e seu conceito correspondente de racionalidade na Sociologia clássica.
A finalidade da teoria sociológica pode ser resumida, em geral, como o exame dos princípios que moldam a estrutura da sociedade,programam sua integração ou seus conflitos e regulam seu desenvolvimento objetivo, sua auto-imagem e seu futuro.
Se considerarmos as respostas fornecidas entre o final do século XVIII e o final da I Guerra Mundial às questões relativas aos princípios organizativos da dinâmica das estruturas sociais, certamente chegaremos à conclusão de que ao trabalho foi atribuída uma posição-chave na teoriasociológica.
O modelo de uma sociedade burguesa gananciosa, preocupada com o trabalho, movida por sua racionalidade e abalada pelos conflitos trabalhistas constitui - não obstante suas diferentes abordagens metodológicas e conclusões teóricas - o ponto focal das contribuições teóricas de Marx, Weber e Durkheim. Hoje, a questão central é: ainda podemos preservar esta preocupação "materialista" dosclássicos da Sociologia?
Antes de examinar criticamente este problema, gostaria de mencionar brevemente três pontos que levaram cientistas sociais e teóricos políticos clássicos a considerar o trabalho como a pedra-de-toque da teoria social.

1. A extraordinária experiência sociológica do século XIX consolidou o estabelecimento e rápido crescimento quantitativo do trabalho em sua forma pura, isto é, otrabalho separado de outras atividades e esferas sociais (1).
Este processo de diferenciação e purificação tomou possível, pela primeira vez na história, "personificar" o trabalho na categoria social do "trabalhador". Isto significa a separação entre a esfera doméstica e a esfera da produção, a divisão entre propriedade privada e trabalho assalariado, assim como a neutralização gradual dasobrigações normativas em que o trabalho tinha sido anteriormente encerrado.
Trabalho "livre", desvinculado dos laços feudais, regulado pelo mercado e não mais orientado imediatamente para o uso concreto, mas dirigido pela "tortura da fome" (Max Weber), da coação estrutural para ganhar a vida é, por assim dizer, a matéria-prima das construções teóricas dos clássicos da Sociologia.

2. A antigahierarquia entre atividades "nobres" e "vulgares", entre aquelas meramente úteis ou necessárias e as significativamente auto-expressivas (uma hierarquia cristalizada na maioria dos idiomas europeus, em pares conceituais como ponos/ergon, labor/opus, labour/work, Mühe/Werk) (Conze, 1972; Arendt, 1958), foi promovida, e depois rebaixada, na maré da vitória da Reforma religiosa, do desenvolvimento da teoriada Economia Política e da revolução burguesa. Já na utopia saint-simoniana de uma sociedade diligente e industrial, não somente a riqueza deveria ser aumentada, mas sobretudo a dominação das classes improdutivas deveria ser abolida e, desse modo, a sociedade seria ao mesmo tempo pacificada.
A esfera do ganho mediado pelo mercado foi teologicamente sancionada e contemplada com um status...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Resumo sobre a Revolução Francesa
  • Resumo sobre a Revolução Francesa.
  • a historiografia sobre as cronicas americanas
  • Resumo
  • Analise sobre a historiografia da idade média
  • ANÁLISE SOBRE A HISTORIOGRAFIA DA IDADE MÉDIA
  • Um pouco sobre a Indústria Francesa
  • Pesquisa sobre navegações francesas

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!