Resumo Psicologia Como Uma Ci Ncia Social

Páginas: 7 (1581 palavras) Publicado: 19 de julho de 2015
Psicologia como uma Ciência Social
Nikolas Rose
Palestra apresentada em 2006/2007

O objetivo deste texto é o de demonstrar como a psicologia está desde seu nascimento diretamente relacionada ao social e os motivos deste relacionamento. Começamos a ver na aula passada (em que estudamos Figueiredo e o nascimento da psicologia) que para que a psicologia surja como ciência ela precisa atender aalgumas demandas sociais. Neste texto, Nikolas Rose apresenta a relação da psicologia com o social de forma crítica, relacionando-o com a ideologia dominante em cada momento e, ao final, questiona-se se haverá ainda nos próximos séculos a necessidade de uma psicologia.

Tese:
Com o nascimento do capitalismo, ocorre um processo de individualização e psicologização da vida coletiva. Quando apsicologia surge como ciência, no século XIX, os seres humanos passam a se compreender como se fossem habitados por um profundo e interno espaço psicológico. De acordo com esta crença, este espaço estaria avaliando-os e agindo sobre eles mesmos (a “maldição da auto-consciência” ou “Dancem macacos, dancem”). As pessoas passam a se descrever em uma linguagem psicológica referente a uma identidade – quem soueu – julgando-se de acordo com uma ética psicológica.
A partir disso, tudo passa a ser entendido em termos de dinâmicas psicológicas das relações interepessoais. Por exemplo: problemas sociais, preconceitos, criminalidade e pobreza. A psicologia passa a doar conhecimentos para diferentes áreas com a intenção de fazê-los pensar como psicólogos.
Assim, por surgir por uma demanda e por atuar nosocial, a psicologia pode ser compreendida como uma ciência social e até mesmo política.

História da psicologia:
Qual foi a demanda social para o surgimento da psicologia? A demanda social para o surgimento da psicologia foi a necessidade de controle de condutas individuais e coletivas (nas fábricas, prisões, exércitos, salas de aula e tribunal). O objetivo era que a psicologia pudesse oferecerconhecimento para que as pessoas fossem melhor administradas.
Nesse sentido, os estudos em psicologia, em sua maior parte, surgem da anormalidade para a normalidade. O que isto quer dizer? Quer dizer que, diferente das outras ciências como, por exemplo, a medicina em que estudamos primeiramente o funcionamento normal do corpo para, posteriormente, descobrir a patologia, na psicologia fizemos omovimento inverso, estudamos a patologia e estabelecemos a partir dela o que seria o normal. Partimos da deficiência mental para compreender a inteligência, da neurose para a “normalidade”. E aí temos um grande problema, pois o conceito de normalidade é duvidoso quando utilizado no sentido psicológico.
Para atender à demanda, a norma condensava em seu significado ideias de normal, regular, desejável,estatístico e saudável. Ou seja, a psicologia deveria proporcionar uma boa teoria sobre a mente (mentes que pudessem ser calculáveis) para proporcionar uma boa administração dos indivíduos.

“Para os psicólogos, a norma não foi derivada de nenhum conhecimento do funcionamento orgânico da mente humana, como foram as normas da medicina em relação à regulamentação do corpo. As normas psicológicasderivam das normas requeridas pelas instituições – do sistema escolar, das indústrias, das forças armadas e de todos os lugares. A forma psicológica da norma emparelha esses requerimentos com as normas de variação estatística e as leis de grandes grupos, alinhando também regras de desejo sócio-político e institucional com a demanda da teoria estatística.”

É um projeto de normalização sem referência àsnormas de seu objeto, uma teoria patológica sem uma teoria da normalidade. “A saúde é o silêncio das autoridades.”
Neste momento há também um movimento eugenista e higienista: aqueles de pouca serventia para a sociedade poderia colocar em risco a qualidade do restante da população, logo, sua proliferação deveria ser controlada.
Assim, surgiu a aspiração da psicologia de diferencias as pessoas....
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • RESUMO CI NCIAS SOCIAIS
  • CI NCIAS SOCIAIS 3
  • Resumo Ci ncia e Tecnologia
  • ATPS Ci ncias Sociais
  • Fundamentos Das Ci Ncias Sociais
  • TRB Ci Ncias Sociais
  • Ci Ncias Sociais 2
  • FUNDAMENTOS DAS CI NCIAS SOCIAIS

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!