Resumo : paradigmas, historiografia critica e direito moderno. (antonio carlos wolkmer)

Páginas: 18 (4411 palavras) Publicado: 21 de maio de 2013
1
Introdução

Wolkmer nos dá uma série de explicações sobre a forma utilizada para desenvolver o trabalho desse livro.
A principio ele já nos diz que a intenção do trabalho não é explicar sobre todas as fases históricas e razões do esgotamento sócio-economico e politico cultural, muito menos propor uma nova ordem iternacional, o foco das explicações se baseará nos últimos 30 anos da históriaanteriores a escrita do livro. (verificar data de publicação)
O autor também destaca que baseia o livro na idéia de não existir uma ordem mundial organizada, diz também, sobre o método de exposição, que apesar de não ser estritamente científico e imparcial em relação aos fatos, o que realmente se quer mostrar é a interpretação do contexto sob a visão do terceiro mundo.

Procedimentometodológico
Wolkmer opta pela utilização da metodologia dialética, usando da contradição para evidenciar posteriormente a síntese, sua nova tese. Para esse fim, irá evidenciar os integrantes da estrutura de poder em crise, a priorização dos povos do terceiro mundo (como sujeito), seus princípios e fundamentos condutores da transformação (Ideologia) e seu projeto final, baseado na estratégia eficientepara uma nova ordem interncional (objeto).
Como o próprio autor resume seu objetivo, ele pretende com foco nas contradições, clarear a consciência dos sujeitos, afim de possibilitar a nova ordem internacional.

2
Estrutura das relações internacionais
Blocos Políticos Hegemônicos
Após o termino da 2º guerra mundial, omundo se vê diante de duas super potências detentoras de características e funções de sistemas imperiais. USA e URSS começaram a criar e desenvolver zonas de influência, baseada em relações de conflito, subordinação, e cooperação (entre poder central e países periféricos). Dessas zonas de influência nasce o que conhecemos como o mundo dividido em dois grandes Blocos, o Capitalista (Influênciados peloImperialismo Norte Americano) e o Bloco Socialista (Influênciado pelo Socialismo da URSS). Dessa disputa constante de poder e influência, surgiram choques de interesses, provocando a chamada Guerra Fria, forte clima de insegurança, devido às chances de conflito aniquiliadores como: Guerra da Coréia, Invasão da Hungria e Questão de Suez e Crise Cubana.
Da dominação econômica e militar das suassuper-potências nasce um bloco periférico, o terceiro mundo, mais preocupado com questões como a condenação do colonialismo, da discriminação racial e defendendo a autodeterminação, igualdade de direitos, não alinhamento e o livre desenvolvimento.

Emergência e Significação do terceiro mundo
O termo Terceiro mundo, aparece nos anos 50, mas adiquire maior aceitação nos anos 60.
O termo surgenum artigo de Alfred Sauvy, de 1952, comparando os problemas dos países pobres ao terceiro estado, na França, às vespesras da Revolução Francesa, a partir do momento que imprensa passa a adotar o termo, ele perde a conotação original e passa a significar “nações proletárias”, alguns ainda pretendendo denominar o Terceiro mundo como os países “neutros” à conjuntura política mundial da época, atéfinalmente ser considerado como os países “subdesenvolvidos” independentemente do bloco ao qual pertecem, como destaca Yves Lacoste.
Marcel Merle, também citado, destaca mais uma questão dentro do termo “Terceiro Mundo” após o fim da guerra Fria, ganha caráter econômico e se torna sinônimo do confronto entre os países subdesenvolvido com os países ricos. Após dificuldades com o termo, surge entãoo “Quarto Mundo” para separar os países mais pobres dos “novos ricos”(países petrolíferos). Merle conclui então, finalmente, que o Terceiro Mundo serve para definir “toda situação de subdesenvolvimento, quaisquer que sejam sua implantação geográfica e substrato político”.
Já num contexto mais “Europeu” da visão, Wolkmer cita Adriano Moreira citando o terceiro mundo com caracteristicas como:...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • “Paradigmas, historiografia crítica e direito moderno
  • Paradigmas, historiografia crítica e direito moderno
  • Paradigmas, historiografia critica e direito moderno
  • Paradigmas, historiografia crítica e direito moderno
  • Resumo do livro fundamentos da história do direito de antonio carlos wolkmer
  • Fundamentos de história do direito, de antônio carlos wolkmer
  • A história do direito no brasil
  • Fichamento de "História do Direito no Brasil", de Antônio Carlos Wolkmer

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!