resumo micro

Páginas: 8 (1910 palavras) Publicado: 9 de abril de 2014
AMOSTRAS
FALHAS:
Coleta, transporte e processamento (tempo coleta-análise) ( elementos + críticos
Falta informação (corrigidas verificando dados e análises pessoal do coletador ou requisitante.)
Impedir cresc do agente ou ↑ cresc de contam.
Erros terapêuticos
Condições, tempos e cuidados dependem do tipo de amostra e do agente a ser investigado.
Urgente: liquor, sangue, líq. pericárdio,amniótico, artic, cirúrg, trato resp inf.
Rotina: s/risco de morte ou sequelas severas
Eletiva: p/ confirm diagn
P/REJEIÇÃO: (antes consulte eq. méd/requisitante)
Falhas de identif:
Amostra X requisição
Tipo de amostra e origem
Tipos de testes
Amostras inadequadas
Material em formalina
Conservação, t°
Frasco ñ estéril
Frasco danificado
2 amostras no mesmo recipiente (urina e fezes)
1Swab p/diversos testes
Pesquisa de anaeróbios em frasco não lacrado
Amostra não ideal ( fazer o melhor c/o que se tem e comunicar isso no laudo.


CUIDADOS DA COLETA:
Anterior a uso de antimicrob
Instruir claramente o paciente
Anti-sepsia adequada
Coletar do sítio onde esteja viável o agente
Volume, vedação de frascos.
EPIs e barreiras de proteç (potenc. contam.)
Urina: + freq ( jatomédio. Urina [ ]:1ª da manhã, 2hs de [ ], anterior a trat.
Escarro: deve ser mucóide, pref. 1º da manhã, higiene c/água. Pesquisa de Tuberculose.
Sangue: punções perif. 3 ou + em interv de 30 min. em veias distintas. Vol depende do sist. de cultivo. Adultos (10 ml), crianças (2-5 ml) e neonatos (1-2 ml) neonatos. É manual ou automatizada.
Fezes ( diarréicas (ñ consist., muco purulentas, nos1os dias dos sint). Transferir ±5g p/frasco c/conserv. Cultiva em meio Cary Blair por no máx. 24hs à 4°C.
Liquor: Ideal: 2 frascos c/5–10 ml. Realidade: 1 frasco c/1ml. Exames microb. Priorit, peq vol. utiliz.
Outros:
Swabs como meio de transporte: genitais (vaginal, uretral, endocervical); anal; orofaringe; queimaduras; ouvido externo; secreção ocular
Biópsias: ferida profunda
Aspirado comseringa: ferida superficial
PROCESSAMENTO:
Se neces.: homog, concentr (centrif) ou descontam.
Inoculação: meios de cultura ideais p/espécimes e técn. quant. ou qualit.
Incubação: aerob., anaerob. ou microaerof., t° 35-37°C
Microsc.: GRAM, Ziehl-Neelsen, IFD…
GRUPOS BACTERIANOS GRAM+

Sthaphylococcus
Cocos (peq, arredond), estafilococos (aglomer.), ñ móvel (s/ flag) nem esporulados eanaeróbios facult.

S. aureus
Coag +, ñ encap e β-hem. Na pele e mucosas e transm por contato direto, perinatal, alimentos.
Toxinas:
Enterotoxina: liberação de hist., intoxic. alim. TGI
Exfoliativa: desconexão de desmossomos, epidermolise
TSST: ativação massiva de cél. T, choque tóxico.
Doenças: infec de pele (foliculite, abcessos, feridas), endocardite aguda, pneum, infec urinárias e renais,meningite, septicemia...
S. saprophyticcus
Ñ encaps, pátog. obrig . Em humanos e transm por contato direto. Doenças: 2ª causa de cistites em ♀
S. epidermidis
Encaps, patóg oport. Na pele e mucosas e transm por cont. direto.
Doenças: infec nosocomiais, cistites, endocard. subaguda e septic. Coag –, pode ser contamin.

Streptococcus
Cocos, estrepto ou diplo, ñ móveis, ñ esporulados, anaeróbicosfacult, classific. pelo açúc. da parede (Lancefield) e padrão de hem (βαγ)

S. pyogenes
Encaps, “A” de Lancefield, β-hem. e pátog obrig. Em humanos e transm por cont direto, gotíc resp.
Toxinas: exotoxina Eritrogênica; Escarlatina e Síndr. ≈ ao choque tóxico.
Doenças:
Invasivas
Doença de pele (furúnculo, abscessos, feridas,..)
Faringites
Otites
Endocardite
Septic
Síndromes:
Choquetóxico análogo ao S. aureus
Escarlatina – “rash” na pele
Febre reumática e glomerulonefrite
Colônias peq, elevadas e bem pontuais.
S. pneumoniae
Encaps, ñ classificado por Lancefield, α-hem., patóg oport, pneumococo (diplococo). Tem capacidade de incorporar DNA “solto” no ambiente ao seu DNA ( ± 90 antíg. caps (±90 açuc ≠).
Na nasofaringe, orofaringe e conjuntiva e transm por cont....
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Resumo de Micro
  • Resumo De Micro
  • Micro Resumo 1
  • Resumo Macro E Micro
  • Resumo gi-micro
  • Resumo Micro e Pequenas Empresas
  • MICRO HISTORIA RESUMO
  • Relatoio Micro Resumo Fotos E Materiais

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!