Resumo metodologia para quem quer aprender, pedro demo

Páginas: 14 (3393 palavras) Publicado: 29 de abril de 2013
Demo, Pedro, Metodologia para quem quer aprender, Atlas, 2008.
INTRODUÇÃO
Destaques, conforme Demo:
Diz-se do sociólogo: nunca sabe onde está, mas pretende ensinar os outros onde deveria ir... É meu caso! Os que se interessam pela aprendizagem dos alunos já se convenceram disso: na didática antiga, o professor era o centro da atenção e do comando disciplinar. Agora é o aluno que está nocentro. A linguagem usada na escola e na universidade está, cada vez mais, distanciando do mundo de hoje. O que lá se diz não aparece na vida real. Aquela linguagem é do professor, para o professor. Aluno, em geral, não gosta de aula. Faço aqui o esforço – muito preliminar – de colocar o aluno no centro e procurar estar a seu serviço, devotamente. Como regra, é o professor que sabe o que é melhor parao aluno. Figuras autoritárias invariavelmente afirmam que fazer tudo só para o bem dos outros. (pag.10).
Verifico facilmente que estudar não é perspectiva valorizada entre nós. Algumas culturas parecem ser mais estudiosas, exigem que os filhos leiam sistematicamente, reservem todo dia um tempo para o estudo, tenham bom desemprenho na escola, cursem faculdades importantes. A razão frontal: quemnão pesquisar, não tem aula para dar. O que funda a condição de dar aula é a autoria, não uma pretensa autoridade que não vai além do argumento de autoridade. Os alunos nas universidades de pesquisa têm como missão central pesquisar, não assistir a aulas, fazendo num estágio apenas anterior, o mesmo que o professor faz: construir conhecimento com autoria. Quando estudar é assistir á aulas, trata-sede evitar o estudo, porque basta escutar o professor, tomar nota e fazer prova.

Estudar
Sobre o aspecto de o que é o ato de estudar diz:
“Estudar é também uma arte e, depende muito de motivação. Como é para a grande maioria das pessoa – chato passa a ter sentido e preencher o sentido da vida. Motivação, não implica no prazer físico imediato. Não estuda apenas o que dá prazer, é inevitávelestudar também o que não nos da prazer. Para alguém, tornar-se médio é importante. Para chegar até lá, terá que “ralar” muito. Estudo é também trabalho, dedicação, esforço, renuncia. Tudo o que se faz com prazer é mais fácil. Mas a vida não se reduz a prazer, estudar pode acarretar sacrifício. E isto faz parte da vida também. (pag.13).
Não aprender sem estudar
Quanto ao aspecto de não aprender semestudar, diz:
Entre nós, aprender coincide com ter aula, quando se estatuíram 200 dias letivos. Confundiu-se, aula com aprendizagem, reproduzindo um dos estereótipos mais triviais da organização escolar e universitária. Estamos agora introduzindo o nono ano no ensino fundamental, sob a mesma alegação: se os alunos tiverem mais aulas, vão aprender mais. Estudar não é o sentido central, mas teraula.
Pode, porém, não ocorrer que aumentar aula signifique melhor aproveitamento, isto insinuam dados do Inep, surpreendente e ironicamente. (pag15).
Esta série histórica de seis pontos no tempo sugere que o rendimento escolar está decaindo desde 1995. Advindo os dados de 2005, soaram como ducha de água fria. Em 1977 e 1999 nota-se a maior queda. Embora não se possa atribuir esta queda ao aumentode aulas pura e simplesmente, porque pode ter ocorrido por outros fatores também, é no mínimo curioso que a introdução dos 200 dias letivos não acarretou qualquer efeito benéfico á aprendizagem. Estudar não é ter aula. (pag.16).
Esta mesma insinuação se apresenta, quando consideramos os estágios de desempenho para 2003.

Aprender é estudar
Sobre o aspecto de aprendizagem diz:
“Aprendizagem,para iniciar não é resultado de instrução. Não temos da realidade externa um xérox na cabeça, uma reprodução fotográfica, mas uma reconstrução, interpretação, na posição de observador participativo. A mente humana, a rigor, não pode ser instruída, por mais que se tente. O que nela entra, entra por dentro, na condição de sujeito. A mente humana só percebe significados, principalmente cria e recria...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Demo, pedro
  • Resumo Metodologia Para Quem Quer Aprender A Estudar
  • Metodologia para quem quer aprender
  • Metodologia para quem quer aprender
  • Metodologia para quem quer aprender
  • RESUMO PEDRO DEMO
  • Metodologia para quem quer aprender
  • Metodologia para quem quer aprender

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!