Resumo > Memórias de um sargento de milícias

Páginas: 5 (1225 palavras) Publicado: 17 de novembro de 2014
Memorias de um sargento de milícias -
resumo

 Memórias de um Sargento de Milícias (1854), de Manuel Antônio de Almeida, tem como personagem principal um típico malandro carioca, Leonardinho. personagem Leonardinho, não é herói nem vilão, trata-se de um anti-herói malandro, de natureza picaresca ( ridícula ). Nesse romance, há uma troca do sentimentalismo pelohumorismo, do estilo elevado e poético pelo estilo tosco e direto, sem torneios embelazadores.

A história se passa no Rio de Janeiro, em meados do século XIX. Ela começa narrando a origem do protagonista, Leonardo Pataca (nome que coincide com o de seu pai). Leonardinho, que já desde bebê mostra-se um tormento, com sua capacidade de chorar uma oitava acima do normal. Na infância, a melhordefinição para seu comportamento é "flagelo", tal o terror que causa aos que o rodeiam.

“Filho de uma pisadela e de um beliscão” (referência à maneira como seus pais flertaram, ao se conhecer no navio que os conduz de Portugal ao Brasil), o pequeno Leonardo é uma criança intratável, que parece prever as dificuldades que irá enfrentar. E não são poucas: abandonado pela mãe, uma importante mudançaque acontece ainda na meninice de Leonardinho. Seu pai flagrou Maria das Hortaliças em flagrante de adultério, o que provoca a separação espalhafatosa do casal e o abandono da criança nas mãos do padrinho. É igualmente abandonado pelo pai, mas encontra no padrinho seu protetor. Esse é dono de uma barbearia e tem guardada boa soma em dinheiro. O Padrinho que cuidava do menino Leonardo haviaaprendido o ofício de barbeiro com o homem que o criara. Foi para a África como médico em um navio negreiro e, durante a volta, o capitão em seu leito de morte lhe confiou um baú de dinheiro para que o entregasse a sua filha. Ele, porém, ficou com o dinheiro. Após isso aparenta ter se tornado um homem de bem
e cria o Leonardo como se fosse um filho, sonhando em torna-lo padre.

Leonardo Pataca:pai de Leonardo, um meirinho (oficial de Justiça) que fora vendedor de roupas em Lisboa e, durante sua viagem ao Brasil, conhece Maria das Hortaliças, o que resultará no nascimento de Leonardo. O Leonardo Pataca (pai), enquanto meirinho, uma classe que “gozava então de não pequena consideração” (parte I, capítulo I, p. 11), constitui o romântico, meloso, “romântico, como se diz hoje, e babão, comose dizia naquele tempo; não podia passar sem uma paixãozinha” (parte I, capítulo IV, p. 26), supersticioso, que dá mais badaladas no sino da Igreja à hora do nascimento da filha só por precaução, que tira fortuna, enfim: o tipo decadente do romântico.
Talvez a frase definidora do romance seja uma a respeito de um José Manuel, pretendente ardiloso com ares de golpista que se coloca entreLeonardo e Luisinha: “Se tinha alguma virtude, era a de não enganar pela cara” (parte I, capítulo 21, p. 89). Eis aqui a matéria para um livro.
Logo após desquitar, fica doido de amores por uma cigana, adentra um mangue nos arredores da cidade em busca de um mago, para conseguir os favores amorosos da cigana. São-lhe receitadas um sem-número de práticas mágicas e, não surtindo o efeitodesejado, decide-se à submissão a um ritual que constituiria, palavras do autor, a “última prova”, interpretemos, o ápice das técnicas dominadas pelo mago. Acontece que durante a cerimônia, são todos surpreendidos pela chegada do major Vidigal “o árbitro supremo” que “exercia enfim, uma espécie de inquisição policial”, e o meirinho é preso,sendo depois alvo constante das piadas. Ainda assim, ao descobrir que o motivo do desprezo é a presença de um outro homem, um padre (Mestre de Cerimônias), apronta vingança extremamente maquiavélica: com a ajuda de um amigo arruaceiro, Chico-Juca, ele consegue causar imensa confusão na festa de aniversário da cigana, provocando a prisão de vários presentes, inclusive do sacerdote, que estava no quarto da cigana, em roupa íntima....
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Resumo memórias de um sargento de milícias
  • Resumo memorias de um sargento de milicias
  • Memórias de um sargento de milícias ( resumo)
  • resumo memorias de um sargento de milicias
  • Resumo Memorias de um Sargento de Milicias
  • Resumo
  • Resumo
  • Resumo de memórias de um sargento de milícias

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!