Resumo Livro Princípios Básicos de análise do comportamento

Páginas: 9 (2112 palavras) Publicado: 29 de maio de 2014

UNIVERSIDADE PAULISTA – UNIP
DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA
PSICOLOGIA GERAL EXPERIMENTAL







RESUMO DO LIVRO
PRINCÍPIOS BÁSICOS DE ANÁLISE DO COMPORTAMENTO






DENILSON GUIMARÃES DE OLIVEIRA













GOIÂNIA,
MAIO 2014


Capítulo 1 – O reflexo inato

Há sempre uma alteração no ambiente que produz uma reação no organismo.
O reflexo inato é a reaçãoque temos a um acontecimento interno e externo, sendo essa reação inata, não depende do nosso organismo, querer ou não demonstrar esse comportamento. Ex: Quando a luz incide sobre a nossa pupila, ela se contrai.

Reflexo, estímulo e resposta

Quando falamos sobre o comportamento reflexo, esses termos adquirem significados diferentes: estímulo é uma parte ou uma mudança em parte do ambiente;resposta é uma mudança no organismo.

Exemplos de reflexos:

Estímulo – Resposta
Fogo próximo á mão – Contração do braço
Martelada no joelho – Flexão da perna
Alimento na boca – Salivação
Barulho estridente – Sobressalto

Intensidade do estímulo e magnitude da resposta

Exemplos de estímulos e respostas e suas medidas
Estímulo Resposta - Como medir
Som, barulho - Altura em decibéisSalivar - Gotas de saliva (em milímetros),
Contração pupilar - Diâmetro da pupila (em milímetros)

Leis ou propriedades do reflexo

Um evento é qualquer mudança que ocorra no mundo


Lei da intensidade – magnitude

A lei da intensidade magnitude estabelece que a intensidade do estímulo é uma medida diretamente proporcional á magnitude da resposta, ou seja, em um reflexo, quanto maior aintensidade do estímulo, maior será a magnitude da resposta.

Lei do limiar

Esta lei estabelece que, para todo reflexo, existe uma intensidade mínima do estímulo necessária para que a resposta seja eliciada. Um choque elétrico é um estímulo que elicia a resposta de contração muscular.

Lei da latência

A latência é um nome dado entre dois eventos. No caso dos reflexos, latência é o tempodecorrido entre apresentação do estímulo e a ocorrência da resposta.
Efeitos de eliciações sucessivas das resposta: Habituação e potenciação quando um mesmo estímulo é apresentado várias vezes em curtos intervalos de tempo, na mesma intensidade, podemos observar um decréscimo na magnitude da resposta.
Quando um determinado estímulo que elicia uma determinada resposta, é apresentado ao organismovárias vezes seguidas em curtos intervalos de tempo, observamos algumas mudanças nas relações entre o estímulo e a resposta.

Os reflexos e o estudo de emoções

Um aspecto extremamente relevante do comportamento humano são as emoções (medo, alegria, raiva, tristeza, excitação sexual, etc.).
Potenciação do reflexo: Você está assistindo a uma aula chata e o professor fala, “OK?” o tempo todo.Pouco a pouco os “OK?” vão ficando mais e mais irritante. Isso é um exemplo de potenciação (ou sensibilização) do reflexo.





Capítulo 2 – O reflexo aprendido: Condicionamento Pavloviano

Condicionamento Pavloviano

É uma forma de aprendizagem em que um estímulo previamente neutro passa, após o emparelhamento com um estímulo incondicionado, a eliciar uma resposta reflexa. Exemplo: Apóso emparelhamento do som dos aparelhos utilizados pelo dentista com a dor produzida durante a obturação, esse som pode passar a eliciar respostas de medo (suar frio, tremer, etc).

Generalização respondente

Fenômeno em que estímulos parecidos com um estímulo condicionado, também eliciam a resposta condicionada. Exemplo: ter medo ao ouvir barulhos parecidos com o som de aparelhos de dentista,como por exemplo, o som de um liquidificador.

Condicionamento de ordem superior

Condicionamento pelo emparelhamento de estímulo neutro com o estímulo condicionado. Exemplo: a resposta do medo pode ser eliciada ao ouvir o nome do dentista.

Extinção respondente

Diminuição gradual da força de reflexo pela apresentação repetida do estímulo condicionado na ausência do estímulo neutro com...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Princípios básicos de analise do comportamento
  • Principios Básicos de Analise do Comportamento
  • Princípios básicos de análise do comportamento
  • princípios básicos de analise do comportamento
  • Princípios básicos na análise do comportamento
  • Principios Basicos De Analise Do Comportamento Part 2
  • Principios Basicos De Analise Do Comportamento Part 1
  • PRINCÍPIOS BÁSICOS DO COMPORTAMENTO OPERANTE

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!