resumo dos capitulos 1,2,3 e 4

Páginas: 8 (1822 palavras) Publicado: 3 de dezembro de 2014
Colégio:
Nome:








Capitulo 4 – Períodos e campos de investigação da filosofia
Capitulo 5 – Principais períodos da historia da filosofia











Goiania2014

Nome: Gabriela Teixeira de Oliveira









Capitulo 4 – Períodos e campos de investigação da filosofia
Capitulo 5 – Principais períodos da historia da filosofiaGoiania
2014

Sumario
Capitulo 4: Períodos e campos de investigação da filosofia
Capitulo 5: Principais períodos da historia da filosofia  


- Introdução
-Desenvolvimento
- Conclusão
- Fonte


















Introdução
Neste trabalho tenho a finalidade de aborda assuntos sobre a Filosofia, como: Os períodos da filosofia grega, Período pré-socratico ou cosmologia, Período socratico antropológico, Socrates contra os sofistas, “So sei o que não sei”, As idéias de Socrates,Período sistemático,Período Helenistico, Os campos do conhecimento filosófico e A herança aristoteica.



Capitulo 4 – Tempo é Dinheiro !
Em cena: A maquina de alimentar
O dono da fabrica recebe em seu escritório uma importante visita:um inventor e seus auxiliares vem lhe mostrar uma nova maquina que ira acelerar ainda mais o ritmo da linha de montagem.A maquina é composta de uma mesa giratóriasobre a qual podemos ver pratos, um “empurrador” de comida, um suporte para espiga de milho e um dispositivo destinado a limpar a boca de quem come. Tudo isso significa que a pessoa,em momento algum, precisara usar as mãos.
Apresentando Max Weber
Quem se senta agora ao nosso lado para assistir à cena de Carlitos é outro pensador que também se impressionou com o novo jeito de ser da sociedadedos tempos modernos.O que diria Max Weber diante da absurda maquina de alimentar com que se debate Carlitos?
Max Weber certamente diria que aquela maquina ficticiaridiculariza os inventos que a sociedade ocidental criou para produzir mais,lucrar mais,acumular mais. Não foi so no Ocidente,onde primeiro se fizeram sentir as conseqüências da Revolucao Industrial, que homens e mulheres sededicaram a produzir mais para ganhar mais.Essa não foi uma exclusividade das sociedades ocidentais.O que distinguiu essas sociedades foi a maneira de realizar esse esforço.Entender o que levou a moderna civilização ocidental a ser diferente das demais foi o grande projeto intelectual de Weber.
Os caminhos da racionalidade
O que Max Weber identificou como a principal característica das sociedadesocidentais dos tempos modernos foi aquilo que ele chamou de racionalidade.
Weber concorda que a racionalidade teve na economia seu ponto de partida.Saber quanto custa produzir um bem,como obter credito,como aproveitar o tempo e ser eficiente para não ter prejuízo, tudo isso se tornou muito importante para a atividade econômica na sociedade industrial. Em A ética protestante e o espírito docapitalismo, ele transcreve conselhos de Benjamin Franklin (1706-1790), um dos pais fundadores dos Estados Unidos da America, a fim de mostrar com mais clareza as atitudes que os tempos modernos passaram a valorizar como mais capazes de conduzir ao sucesso.
Mas esse jeito de prever e de calcular não ficou restrito à economia nem aos homens de negócios. Por isso mesmo Weber se interessou tanto...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Resumos da NR's 1,2,3 e 4.
  • Resumo Introdução a Teologia Capitulo 1,2,3
  • Resumos dos capitulos 1,2,3 do livropolitica socia
  • Resumo capítulo 4 Minuchin
  • Resenha capítulos 1,2,3 e 4 Projeto de Produto
  • Resumo Capitulo 4 Kennedy
  • Resumo do capitulo 4 do capital
  • Resumo TDA Capitulo 4

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!