resumo do livro o principe maquiavel

Páginas: 38 (9473 palavras) Publicado: 28 de outubro de 2013
O Príncipe de Maquiavel - Napoleão Bonaparte

Introdução
Como Segundo Chanceler de Florença, Maquiavel, e tinha uma vida política muito ativa. Era uma época de mudanças, o sistema feudal era substituído pela produção capitalista, a soberanias eram absorvidas pelas monarquias, e existia uma centralização do poder na Europa exceto na Itália.
Maquiavel, então participava de encontros com ascortes estrangeiras para fazer acordos políticos. A experiência de sua vida é relatada neste livro, mostrado para o homem comum as verdadeiras intenções de um governante ambicioso. 

Niccoló Machiavelli - Ao magnífico Lorenzo, filho de Piero de Médici
Os príncipes ganham sempre bons presentes, que estão a sua altura, porém não encontrei entre minhas posses, nada além das experiências que adquiriao longo de minha vida, e que agora remeto a Vossa Magnificência, reduzidas em um pequeno volume.
Portanto, aceitei este pequeno presente, e lendo esta obra, o meu desejo de que atinja aquela grandeza que a fortuna e demais qualidades lhe asseguram.

Capítulo I – De quantas espécies são os principados e quantas são as maneiras em que se adquirem
Os Estados podem ser republicas ouprincipados, que foram herdados pelo sangue, ou foram adquiridos recentemente. Os novos, tais como Milão com Francesco Sforza, ou tais membros juntados a um Estado que recebe por herança um príncipe, tal o reino de Nápoles ao rei da Espanha. Este domínios recebidos, são sujeitos a um príncipe ou livres, e são adquiridos por tropas alheias ou próprias.

Capítulo II - Dos principados hereditários
Nãofalarei das repúblicas, mas só dos principados, e tentarei mostrar como os principados herdados podem ser governados e mantidos. Estados ligados a família de seu príncipe, tem-se menores dificuldades para se governar dos que os novos pois, basta não abandonar o procedimento dos antecessores, se o príncipe for inteligentes se conservará no poder.
Na Itália, por exemplo, temos o duque de Ferrara, queopôs resistência ao ataque dos Venezianos em 1484, e aos do Papa Júlio em 1510, apenas porque antigo era o domínio de sua família, e era evidente que se tornasse mais querido.

Capítulo III - Dos principados mistos
A maior dificuldade está nos principados novos, que também podem ser Estado reunido ao hereditário, que poderíamos chamar de principado misto, isto porque o povo revolta-se com onovo príncipe que precisou ofender os novos súditos com sua tropa e através e outras ofensas que uma recente conquista provoca.
Então serão seus inimigos todos aqueles que foram prejudicados com a ocupação do principados, e seus amigos serão aqueles que te colocaram lá pois, estavam insatisfeitos, e mesmo que estejas fortalecido não poderá ser violento contra eles pois, precisa das boas graças doshabitantes. Este foi o erro de Luís XII, Rei da França, quando ocupou Milão, que teve o mesmo povo que abriu as portas, contra ele, quando percebeu que erram a respeito do bem que traria aquele príncipe.
Estados conquistados e acrescentados a um Estado Antigo, sendo na mesma província e de idêntica língua, facilmente são sujeitados, sobretudo se não têm o costume de viver livres.
Para Estadoscom línguas diferentes, mas com mesmos costumes, o conquistador, para conserva-los, deve ter em mira duas regras: primeira, extinguir a linguagem do antigo príncipe; segunda, não modificar leis e impostos.
Já em uma província com língua, costumes e legislação diferentes, o modo mais eficaz de conquistar é o príncipe ir habitá-la, assim poderá acabar com as desordens, logo quando forem surgindo,do contrário, quando a notícia chegar será tarde para agir. Outra maneira é formar colônias em alguns lugares da província conquistada.
Os Romanos, organizaram colônias nas províncias conquistadas, veja na província da Grécia, Roma formentou os Aqueus e os Etólios, submeteu o reino dos Macedônios, expulsou Antíoco.
O desejo de conquista é coisa realmente natural e comum e os homens que podem...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Resumo do Livro: Príncipe
  • Resumo do livro O Príncipe Nicolau Maquiavel
  • RESUMO DO LIVRO "O PRÍNCIPE DE NICOLAU MAQUIAVEL"
  • Resumo e observações do livro " o principe" de maquiavel
  • Resumo do livro principe nicolau maquiavel
  • Resumo crítico ao livro “o príncipe” maquiavel.
  • Resumo do livro O príncipe de Nicolau Maquiavel
  • Resumo do livro principe nicolau maquiavel

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!