Resumo do livro "a história repensada"

Páginas: 5 (1180 palavras) Publicado: 8 de novembro de 2012
A História Repensada

A História, para Jenkins, é um “discurso sobre o mundo”, ou, mais exatamente, sobre o passado. Assim, o autor aponta para a necessidade de distinguir entre História e passado. O passado é constituído pelos acontecimentos ocorridos e a História é o discurso sobre estes acontecimentos. Sendo assim, a História está na biblioteca, é um “construto linguístico intertextual”.Até mesmo em um mesmo discurso (historiográfico, sociológico, geográfico) existem interpretações variadas. Mas os próprios historiadores, sociólogos e geógrafos apresentarão interpretações diferentes de outros pesquisadores de sua própria área. O pesquisador não inventa a paisagem, pois ela “parece estar lá”, mas elabora ferramentas analíticas e metodologias para extrair da paisagem, sua“matéria-prima”, as formas específicas de fazer sua leitura, que é o discurso.
O autor compara e verifica que há poucos escritos sobre a teoria da História e analisa o discurso histórico numa comparação com discursos de outras Ciências, partindo do pressuposto de que um mesmo objeto observado pode ter diferentes interpretações e variações de discurso em decorrência do profissional que o observa.
Cita algunshistoriadores ingleses da década de 1950 e 1960, como tradicionais e que uma abordagem pós-modernista da História ainda está em discussão. Na distinção entre passado e História se refere ao passado como o passado, e à História como os documentos e registros do passado, isto é, a historiografia.
A História faz parte da Filosofia e que recursos da Epistemologia, Metodologia e Ideologia precisam serexplanados se quisermos compreender o que é a História. Nessa perspectiva, também discorre sobre certas tendências da sociedade como o positivismo, o marxismo, o empirismo, e também da subjetividade do discurso histórico quando da imperfeição das fontes. O historiador deve desenvolver severas regras metodológicas. O conhecimento advém de regras e procedimentos metodológicos rígidos.
Relacionavários historiadores tradicionais que desenvolveram metodologias, como por exemplo, Hegel, Marx, Weber, Collingwood etc., bem como tendências modernistas como a escola de Annales, os econometristas, os neomarxistas e muitos outros. Temos sempre que optar por algum método.
A teoria baseia-se na observação do passado histórico relatado nos documentos e registros, na Epistemologia, Metodologia eIdeologia, na escolha do método investigativo e na definição de alguns conceitos históricos. A História possui quatro fragilidades epistemológicas: 1) é impossível abarcar a totalidade dos acontecimentos passados; 2) não é possível nenhum relato recuperar o passado tal como ele era, pois o passado é composto por acontecimentos, não sendo um relato, e como já passou, os relatos só podem ser confrontadoscom outros relatos, e não com o passado; 3) a História é um construto pessoal do historiador enquanto narrador; 4) a História “dá feição às coisas”, cria “estruturas narrativas”.
Os conceitos históricos são chamados de alicerces da História trata-se de, por exemplo: tempo, prova/corroboração, empatia, causa e efeito, continuidade e mudança.
No que é a História e para quem é a História problematizae argumenta que a História tem significados diferentes para diferentes grupos.
Cada um espera algo diferente da História como o passado tem sido usado para explicar existências presentes e projetos futuros, a História é, portanto ideológica.
Nenhum texto é fundamentalmente correto e a historiografia é a própria matéria constituinte da História, estando também subordinada a uma visão pessoal dohistoriador, até mesmo pela imperfeição das fontes, seus métodos e a escolha do material.
Já na prática, a História é e será produzida em muitos lugares e por muitas razões e que um desses tipos de história é a profissional, produzida por historiadores assalariados. O trabalho do historiador com a História na prática tem seis influências que são: 1) seus valores, posições, perspectivas...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Resumo da primeira parte do capítulo "O que é história" do livro "História repensada" de Keith Jenkins
  • Resumo
  • Resumo do Livro História e Ensino de História
  • Resumo do Livro Historias Cruzadas
  • Resumo do livro O dom da História
  • HISTORIA DA PSICOLOGIA
  • Resumo do Livro Uma História de Amor
  • resumo do livro o que e historia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!