Resumo do LIvro Viagens na minha terra de Almeida Garrett

Páginas: 16 (3777 palavras) Publicado: 17 de setembro de 2014
Capitulo 1
No capítulo 1 o autor retoma uma de suas memórias de viagem na qual ele parte de Santarém chega ao terreiro do Paço, embarca no vapor de Villa Nova.
No dia 17 de julho de 1843 em São Paulo ás 6 horas da manhã quando encontra S.R. C da T. Retrata uma briga que entra em assunto a religião e os feitos do homem que se diz qual é o melhor e que faz tudo realmente.
Capítulo 2
Chegadaa Vila Nova da Rainha Suplício de Tântalo no qual ele descreve ser um lugar feio e sem vida.
O autor exalta as ideias do espiritualismo que tenta intender a vida o mundo no qual vive e entender o outro trazendo para os dias de hoje podemos usar como exemplo os estudos da filosofia no qual ele desenha a imagem citada de Com Quixote.
E a outra imagem a materialista que só pensa em si mesmo com umbenefício próprio sem pensar no que será bom para um todo mais apenas para si mesmo e usa para retratar essa ideia Sancho Pança.
Capítulo 3
No capítulo 3 o autor comenta sobre a revolta que seus leitores podem vir a sentir contando com o fato do mesmo comentar sobre a política e os quesitos sociais e econômicos do seu país no qual o autor comenta uma frase forte na qual os ponho a mostre“quantas almas tem que de se dar ao diabo e quantos corpos tem que se por no cemitério para que se faça um rico neste mundo”.
O autor vai a caminho do Pinhal de Azambuja no qual para, para beber algo em uma moradia que se parece mais um botequim no qual se encontra pessoas sujas e mal tropilhas, que não tem nem ao menos limão e açúcar para se fizer uma limonada, na qual se faz após ser buscados depois.Lá faz uma critica social a todos os acontecimentos da época na qual se fala sobre todos aqueles que só pensam em si mesmo, em seu benefício próprio e que não se importa em prejudicar os outros para se beneficiar no quais outras pessoas fiquem na miséria mais que ele possa ter fartura em sua mesa.
Explica-se o autor sobre suas estalagens na qual não é clássica e há rapazes de bigode e charutoe faz literatura, mais na qual o autor acha uma literatura chula, pois não é nada espiritual mais sim materialista. E novamente traz a tona Sancho no que se diz rei de fato e Quixote que se diz rei de direito.
Capítulo 4
O autor saindo de Azambuja e indo para o pinhal de Azambuja fica o caminho todo sonhando acordado pensando nas virtudes de uma moça pura que não tem preço, seu olhar suaternura e pureza no qual não tem preço e em que todos os homens tende-se a cair-se a seus pés desejando por todas as qualidades que se vê em seu rosto e mesmo em tempos tão diferentes aos quais estavam se passando aquela imagem era o inverso de tudo e o desejo de todos.
E assim com todos esses pensamentos põe-se a acordar já chagando ao pinhal de Azambuja.
E ele comenta que não se importa e que emtodo momento ele sonha acordado e que se considera um sonambulo por viver, escrever, e viajar sempre sonhando.
Capítulo 5
O autor se perde ao chegar ao pinhal e decepciona-se ao chegar e ver que não é nada daquilo que imaginava.
E enfim revela-se como se faz uma obra romancista na qual são necessário 2 damas, um pai, 2,3 filhos entre 19 e 32 anos, um criado velho e um mostro para seencarregar de fazer as maldades.
Nas andanças pelo pinhal de Azambuja ele perde o comboio no qual estava se locomovendo de um local para o outro e se depara apenas com uma mulinha na qual tem de ser seu meio de transporte dali para frente.
Comenta nesta passagem de um amigo que conheceu já no fim da vida do mesmo no qual já havia 80 anos e adorava andar de cavalo, considerava-o um amigo muito bom commuitas qualidades, mais que era feio como o pecado, mais era adorado por todas as mulheres, era o segundo filho.
E assim com essa última memória parta-se para Cartaxo no qual o autor alega que já são horas.
Capítulo 6
No capítulo 6 o autor defende Camões e sua literatura usando como argumento convincente os acontecimentos sociais que ocasionaram todas as mudanças literárias tanto no seu...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • livro “Viagens na minha terra” de Almeida Garrett
  • Viagens na minha terra almeida garrett
  • Viagens da minha terra de Almeida Garrett
  • Viagens na minha terra almeida garrett
  • Viagens na minha Terra Almeida Garrett
  • Viagens na minha terra almeida garrett
  • Almeida Garrett-Viagens na minha terra
  • resumo do livro: Viagens na minha terra

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!