Resumo do livro uma gota de sangue

Páginas: 8 (1868 palavras) Publicado: 10 de agosto de 2013
HITLER E A CRISE DA RAÇA
No Putsch da Cervejaria, a tentativa fracassada de golpe de estado de Adolf Hitler de novembro de 1923, morreram 16 nazistas, mas apenas um integrante do alto círculo de Partido Nazista. Esse homem era Ludwig Maximilian Erwin von Scheubner-Richter, um alemão do Báltico nascido em Riga, na Letônia, que combateu ao lado dos contrarrevolucionários na Revolução Russa etransferiu-se para a Alemanha em 1918. A influência intelectual desse homem, que estava de braços dados com Hitler quando foi atingido por um tiro, filtrou-se no livro O mito do século XX, escrito por seu companheiro de emigração Alfred Rosenberg, também um alemão do Báltico e um contrarrevolucionário.
Os europeus, fonte da civilização ocidental, pertenceriam a um único grande tronco racial, o dosarianos, o mais avançado entre todos. Eixo principal do tronco ariano seria constituído pelos povos nórdicos ou germânicos, que teriam resgatado a civilização clássica pela destruição de um decadente Império Romano, submetido ao domínio dos judeus e outros não europeus. Em Chamberlain, “o racismo científico” do século XIX transfigurava-se no nacionalismo racista do século XX, que encontraria umaexpressão completa e extremada na Alemanha nazista.
O pensamento racial da época não contestava a mistura de raças, em si mesma. Chamberlain imaginava que todos os troncos raciais, inclusive o ariano, haviam sido gerados por misturas de raças originais. Os judeus derivariam do cruzamento pouco viável do verdadeiro semita, o árabe beduíno, com o hitita ou sírio. Essa miscigenação teria resultadona reunião dos piores traços do primeiro, como o “nariz judaico” e a atração pela usura, e dos segundo, como a inclinação anti-intelectual. Sem a liderança histórica dos germânicos, os arianos não poderiam ter escapado à sina da miscigenação doentia e da consequente decadência.
A repulsa aos judeus e a ideia de que são incompatíveis com a cultura alemã constituem elementos centrais no ensaio domúsico Richard Wagner.
O mito do século XX foi publicado em 1930. Rosenberg acreditava que “humanidade” era um conceito vazio: só aas raças possuíam alma. Bateu nas teclas da corrupção do sangue ariano pela miscigenação com outras raças e do contraste histórico entre a “raça ariano-nórdica” e os judeus. Ele se interessou pelas influências degeneradoras dos semitas sobre a cultura e a arte,rejeitou o cristianismo tradicional e defendeu a ideia de uma “religião do sangue”, que expressaria a nobreza do caráter ariano e teria expressões no paganismo indo-europeu, no bramanismo, no zoroastrismo e no cristianismo primevo. A reforma protestante teria significado um avanço limitado no rumo certo.
Na interpretação histórica de Rosenberg, o cosmopolitismo, a democracia e o bolchevismo – ostrês, emanações do judaísmo – ameaçavam destruir a civilização. Só o mito do sangue – isto é, da nação-raça – poderia restaurar a ordem do mundo.
Rosenberg chamava o povo alemão a ação. Era preciso retomar a longa e gloriosa tradição da “raça ariano-nórdica” e erguer um Estado, um Império, baseado no mito do sangue.
O misticismo racial de Heinrich Himmler não estava amparado na teia de referênciasfilosóficas e históricas de Rosenberg. O todo poderoso chefe das SS (uma organização paramilitar do Partido Nazista) que supervisionou o sistema de campos de concentração e de extermínio, chegou a ser o número dois na hierarquia nazista. Contudo, ele não era um intelectual, mas um burocrata fanático, e suas ideias sobre raça careciam de originalidade.
O dístico célebre de Benito Mussolini –“tudo para o Estado, nada contra o Estado, nada fora do Estado” – é uma síntese adequada da doutrina fascista, mas não serve para caracterizar o nazismo. O totalitarismo nazista, ao contrário dos diversos autoritarismos de tipo fascista, não partia da celebração do Estado, mas da glorificação do povo (Volk). Um ano depois de chegar ao poder, em 1934, Hitler explicitou uma vez mais sua posição:...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Resumo uma gota de sangue
  • resumo do livro sangue fresco
  • Resumo do Livro Evangelho de Sangue
  • resumo do livro diamante de sangue
  • Resumo de back to africa- uma gota de sangue
  • UMA GOTA DE SANGUE
  • gota de sangue
  • A restauração das castas- Uma Gota de Sangue

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!