Resumo do caderno de orientação para os técnicos do cras.

Páginas: 8 (1908 palavras) Publicado: 22 de agosto de 2014
Resumo do caderno de orientação para os técnicos do cras.

As contribuições apresentadas apontaram para a importância do Plano de
Acompanhamento Familiar como parte de uma metodologia de intervenção junto e com a
família. Ou seja, a forma como as informações são coletadas e registradas e como a
família é envolvida nesse processo são fundamentais para um diagnóstico que leve
realmente àdefinição de ações e encaminhamentos possibilitando a superação da
situação vivenciada.
É importante aqui assinalar as referências conceituais adotadas no que diz
respeito aos pontos centrais da proposta, que são: as diferenças entre atendimento e
acompanhamento, e as reflexões sobre o conceito de família, assumindo como legítimos
os diversos arranjos familiares existentes na atualidade.Reconhecendo a importância da convergência conceitual nas orientações
técnicas oferecidas pelas três esferas de governo, foram adotados nesta proposta os
conceitos apresentados em documentos do MDS - Ministério de Desenvolvimento Social
e do CNAS- Conselho Nacional de Assistência Social. Esta convergência visa contribuir
para a construção da identidade da área da Assistência Social e facilitar aidentificação do
usuário e do foco do trabalho.
Embora direcionados para a Proteção Social Básica, esses conceitos são
apropriados também para a Proteção Social Especial, uma vez que em ambas as
Proteções, com especificidades diferenciadas, são realizados acompanhamentos dos
indivíduos e famílias, bem como atendimentos não continuados, tais como orientações e
alguns tipos de encaminhamentos.Assim, atendimento é entendido como: “... uma ação imediata de prestação
ou oferta de atenção, com vistas a uma resposta qualificada de uma demanda da família
ou do território.
E acompanhamento: “... um conjunto de intervenções, desenvolvidas de
forma continuada, a partir do estabelecimento de compromissos entre famílias e
profissionais, que pressupõem a construção de um Plano deAcompanhamento Familiar
com objetivos a serem alcançados, a realização de mediações periódicas, a inserção em
ações do PAIF, buscando a superação gradativa das vulnerabilidades vivenciadas”.
Família e suas diversas constituições (conceito).

Na constituição brasileira de 1988, define; entende-se como entidade familiar a comunidade formada por qualquer um dos pais e seus descendentes. (art.226 parágrafo04).

O ECA, Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), em seu artigo 25,
destaca a família natural, definindo-a como “a comunidade formada pelos pais ou qualquer deles e seus descendentes”.

Por sua vez, a PNAS – Política Nacional de Assistência Social (2004),
avançando sobre o conceito puramente consanguíneo, conceitua família como “o conjunto de pessoas unidas, seja por laçosconsanguíneos, seja por laços afetivos e/ou de Solidariedade”. Trata-se, portanto, de considerar outros tipos de laços para além do modelo de família ideal formada por pai, mãe e filhos.


O Plano Nacional de Convivência Familiar e Comunitária (2006) já aponta
para a necessidade de desmistificar a idealização de uma dada estrutura familiar como sendo a “natural”, reconhecendo a diversidade dos arranjosfamiliares no contexto histórico, social e cultural, para dar conta da realidade. Propõe que, para além da estrutura, seja enfatizada a capacidade protetiva e de socialização da família em qualquer arranjo em que se apresente.
Nesta direção, adotou-se aqui o conceito de família como um “grupo social
unido por vínculos de consanguinidade, afinidade e/ou solidariedade” (Orientações técnicas sobre oPAIF, pag. 10), ressaltando que estão aqui incluídos os grupos familiares
de vínculos legalmente constituídos, conforme Lei 12.010 de 2009.

O Plano de Acompanhamento Familiar aqui apresenta objetivo de
proporcionar a instrumentalização ético-jurídico-política, teórico-metodológica e técnicooperacional
para que o trabalho com famílias contribua para a efetiva emancipação
desses sujeitos....
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • caderno tecnico
  • Guia Orientacao Tecnica Cras
  • Caderno Resumos
  • resumo e orientação
  • Caderno técnico intervenção
  • Caderno Tecnico F PT
  • caderno tecnico residencial
  • resumo tecnico

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!