RESUMO DO 3º CAPITULO DO LIVRO “ÉTICA E FUNDAMENTOS SÓCIO- HISTÓRICOS” DA AUTORA MARIA LUCIA BARROCO. EDITORA: CORTEZ. ANO 2010, 3º EDIÇÃO.

Páginas: 35 (8741 palavras) Publicado: 4 de novembro de 2014
2444115-870585
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁINSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADASCURSO DE BACHARELADO EM SERVIÇO SOCIAL

RODRIGO ALMEIDA VELOSO
RESUMO DO 3º CAPITULO DO LIVRO “ÉTICA E FUNDAMENTOS SÓCIO- HISTÓRICOS” DA AUTORA MARIA LUCIA BARROCO. EDITORA: CORTEZ. ANO 2010, 3º EDIÇÃO.
Belém - Pará.2014
RODRIGO ALMEIDA VELOSO
RESUMO DO 3º CAPITULO DO LIVRO “ÉTICA E FUNDAMENTOS SÓCIO-HISTÓRICOS” DA AUTORA MARIA LUCIA BARROCO. EDITORA CORTEZ. ANO 2010, 3º EDIÇÃO.
Trabalho apresentado como requisito parcial necessário para avaliação da disciplina Ética Profissional e Serviço Social do Curso de Bacharelado em Serviço Social da Universidade Federal do Pará, sob a orientação da Prof.° Drª. Vera de Souza Paracampo.
Belém - Pará.2014
Resumo do 3º capitulo do livro ’Ética e fundamentosSócio- Históricos” da autora Maria Lucia Barroco. Editora Cortez. Ano 2010, 3ª Edição.
3.1. Entre a ética e a politica: Os ( des.) caminhos da liberdade.
De forma simplista podemos dizer que a ética é um legislador do comportamento moral, lembrando-se que, moral é um corpo de regras impostos por uma sociedade, em um determinado tempo e lugar, assim podendo variar; tem a função de organizar estamesma sociedade, e geralmente são conhecimentos, normas passadas por tradições, sem nenhum comprometimento teórico, mas, um conhecimento empírico sobre a realidade vivida naquele contexto.
A ética é como um fio condutor do comportamento moral, e que possibilita a liberdade de agir desta ou daquela forma, mas a liberdade neste caso vem acompanhada de um dever que nada mais é que observar a realidadee submeter os conceitos morais ali presentes a uma crítica, sob a ótica das teorias de vários pensadores que deixaram a sua contribuição na historia, construíram uma nova forma de estar e pensar na sociedade, analisando as questões multifacetárias do ser social. É de conhecimentoque a Grécia antiga é o berço da civilização, de onde vieram os primeiros homens a tentar explicar a existência dohomem como ser objetivo e subjetivo, pensou sobre a razão, a lógica, então aconteceu o nascimento da filosofia objetivando a ontologia do ser; e a partir destes conhecimentos sistematizados deu-se origem a ética e a política que são mediadores entre o homem e a sociedade.
Dos primórdios temos Sócrates e Aristóteles que trataram da Razão, liberdade e autodeterminação política, centro ético filosófico,conhecimento que chegou até a cultura ocidental, mas essas conquistas eram apropriadas apenas pela elite, mantendo ainda muitas pessoas como escrava alienação. Hegel falava sobre uma sociedade justa e feliz, mas as contradições não permitiam, pois onde há pessoas escravizadas não poderia haver felicidade. E assim foi-se construindo uma historia de desigualdades até os dias atuais que pode serdefinida desta maneira:
“A sociedade capitalista tem suas contradições, pois, pode ser definida como uma ordem social que progride pelo desenvolvimento das contradições a ela imanentes [...] atinge a liberdade pela exploração, à riqueza pela pobreza, o crescimento da produção pela restrição do consumo [...] o mais alto desenvolvi mento das forças produtivas coincide com a opressão e a misériatotais”(Marcusi, 1978:284 e 285. APUD Barroco M., L., S. )
Quando a religião passa a normatizar as condutas morais humanas, durante a idade média nega-se a prática política e democrática, afirmando-se que as instituições fundamentais eram as mediadoras entre o sujeito e a sociedade, daí os costumes de se basear a vida em tradição, autoridade e propriedade, desta forma a ética forma um elo com a igreja,doutrina cristã com ideologias de Santo Agostinho e São Tomás de Aquino, que segundo eles eram verdades reveladas por Deus, partindo desses pressupostos moralizavam e coagiam os indivíduos com ideias de dever e culpa, negligenciando a autonomia dos indivíduos.
Em 1513 destaca-se Maquiavel inaugurando a teoria política moderna instaurando polêmica entre política e ética; em sua obra O...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Fechamento do Capitulo 2 do Livro de Ética da Autora Maria Lucia Barroco
  • resumo do 3º capitulo do livro O cortiço
  • Fichamento do Texto Ética e Fundamentos Sócios – Históricos Maria Lucia S. Barroso
  • RESUMO DO 2º E 3º CAPÍTULO DO LIVRO POLÍTICA SOCIAL: FUNDAMENTOS E HISTÓRIA
  • Resumo do 3º Capítulo de Filosofia 11º ano
  • Livro de poemas do 3º ano
  • Resumo 3º Capítulo
  • barroco maria lucia silva ética e serviço social fundamentos oncológicos ed cortez

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!