RESUMO DE FENOMENOLOGIA

Páginas: 9 (2158 palavras) Publicado: 2 de junho de 2015
SOCIEDADE DE EDUCAÇÃO DO VALE DO IPOJUCA
FACULDADE DO VALE DO IPOJUCA – UNIFAVIP/DEVRY
CURSO DE BACHARELADO EM PSICOLOGIA









NAYARA NATHALLY PEREIRA GOMES









RESUMO ANALÍTICO DAS CONTRIBUIÇÕES DE
EDMUND HUSSERL
JEAN PAUL SARTRE
MARTIN HEIDEGGER






CARUARU
2015
NAYARA NATHALLY PEREIRA GOMES









RESUMO ANALÍTICO DAS CONTRIBUIÇÕES DE
EDMUND HUSSERL
JEAN PAUL SARTRE
MARTINHEIDEGGER










Trabalho solicitado pela Prof.ª Danielle Siqueira,
Com o intuito de relacionar textos trabalhados
Em aula, a partir dos conhecimentos adquiridos, Referente à disciplina Fenomenologia Existencial,
Curso: Psicologia 5º Turma: 1301 Turno: Tarde




CARUARU
2015
INTRODUÇÃO

 O presente trabalho tem por objetivoaprimorar os conhecimentos adquiridos em sala de aula por intermédio de textos estudados e abordados, tendo como intuito utilizar o conhecimento dos textos e os correlacionar e um breve resumo analítico, fazendo uma ponte do conteúdo com temáticas abordadas, levando a uma reflexão das principais contribuições e seus referentes aspectos, tendo como principal objetivo dissertar sobre quais foram àsrealizações que proporcionaram novos métodos de olhar o ser em sua existência.

























CARUARU
2015

CONTRIBUIÇÕES DE EDMUND HUSSERL


Filósofo, matemático e lógico, Husserl foi o fundador da fenomenologia, suas contribuições partiram de sua Idealização de realizar um recomeço para a filosofia, através de uma investigação subjetiva e rigorosa, que se iniciaria com os estudos dosfenômenos, já que estes eram representações da mente, para encontrar as verdades da razão. 
  Partindo de seus estudos, Husserl propõe uma nova noção de intencionalidade de diferente daquele posposta por Frans Brentano, em sua concepção os conjuntos de traços se distinguiriam de maneira perfeitamente empírica dos fenômenos psíquicos e dos fenômenos físicos, tal fato levou a um elemento próprio defascinação, conduzindo Husserl a elaborar alguns conceitos-chave que o levaram a estudar a estrutura da consciência tendo como intuito compreender os processos e os fenômenos ao qual o ato de pensar nos dirigia entre estes conceitos estar, (o objeto-em-si, transcendente e à consciência), tal exploração da mente levou a um aprofundamento que trouxe mais questionamentos sobre o ser em sua humanidadee sobre como esse ser compreendia o mundo dos objetos que compõem a nossa existência, Com isso Husserl propôs que o mundo dos objetos são idealizações nas quais nos dirigimos desta maneira o que percebemos e caracterizado por uma crença de que os objetos existem materialmente e exibem propriedades que vemos como suas emanações, esta atitude foi por ele denominou “ponto de vista natural”, já que defato passamos a constituir traços e formas em objetos inexistentes.
Destas considerações Husserl começou a se questionar com as complicadas questões da intersubjetividade especialmente com a comunicação como uma entidade ideal, tal fato levou a compreensão das varias facetas que constitui o ser humano já que o mesmo possui varias tipos de relações e essas relações interferem na composição doseu ser, o modificando em sua subjetividade o transformando e o ensinando a compreender a si, este processo se da na comunicação e na interação do ser no mundo.
A Sua trajetória pode ser distinguida em três fases, “O logicismo essencialista” fase esta de Investigações Lógica, período em que propõe a volta às coisas mesmas, com o intuito de apreender suas essências no mundo, “O momento das Ideias”momento este elaborado pela recaída na subjetividade transcendental (idealismo transcendental), campo da intersubjetividade transcendental (ego transcendental – alterago) e o “ Mundo-da-vida” fonte esta que dá sentido ao agir e o ser – corresponde à Crise que o ser pode vim a passar no mundo.
Com estes conceitos elabora a consciência intencional, na qual pela consciência somos destinados a um...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Resumo Fenomenologia
  • Fenomenologia
  • Resumo: Fenomenologia e Existencialismo
  • Resumo Hegel Fenomenologia do Espírito
  • RESUMO: PSICOPATOLOGIA E FENOMENOLOGIA
  • Resumo Uma fenomenologia da imaginação através do espaço
  • Resumo de Positivismo, Funcionalismo, Fenomenologia e Marxismo (Serviço Social)
  • Resumo do texto: o conceito hegeliano de “fenomenologia” e o problema do ceticismo

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!