Resumo de Ciencia Politica

Páginas: 15 (3622 palavras) Publicado: 8 de abril de 2014
Resumo – Ciência Política


Parte 1


Naturalistas = O Homem é um ser social e deve de qualquer maneira viver em sociedade, precisa se relacionar com outros para se desenvolver.
Teóricos: Aristóteles, Cícero, São Tomás de Aquino.

Contratualistas = O homem não se associa por natureza, e sim por vontade própria, a associação é por interesse, surge de um acordo mútuo através de umcontrato social, a vontade humana gera a sociedade.

Teóricos Contratualistas:


Thomas Hobbes: Um mal governo é melhor do que o estado de natureza. O homem em seu estado de natureza encontra-se dominado pela paixão e pelos impulsos, tornando-se uma ameaça para os outros. Busca pela paz, guerra somente se for necessária. Para a manutenção do contrato social é necessário um poder intimidador.

JohnLocke: Defendia os direitos naturais do homem: pensamento, reunião, propriedade, ir e vir, etc. No Estado, essas liberdades devem ser garantidas pelo soberano, e o poder legislativo deve criar regras que se ajustem aos interesses do povo. Quando o governo não atende aos interesses do povo, este deve rebelar-se.

Rousseau: O soberano é o povo. Igualdade como objetivo fundamental da sociedade, osinteresses coletivos deve prevalecer sobre os interesses individuais. O ato de associação cria o Estado, mero executor das decisões do soberano (o povo) , o objetivo maior é a liberdade e a igualdade. Teoria da vontade geral e vontade de todos.

vontade geral = é a síntese da vontade de todos, atende ao interesse comum, a vontade pública. O governante deverá sempre estar voltado para a execuçãoda vontade geral. é soberana e legítima, podendos e pronunciar sob o corpo da nação – porque o povo é soberano, seja no estado passivo ou no estado ativo. Soberania é o exercício da vontade geral que dirige a força do Estado. Essa noção é baseada na teoria democrática da soberania do Estado. (inalienável). A liberdade resulta do livre consentimento às leis gerais.


vontade de todos = nãoestá voltada para o interesse comum, é a soma das vontades particulares, o interesse é privado.



Comunidade x Sociedade

O vínculo afetivo orienta o relacionamento em uma comunidade. Diferente da sociedade, onde o vínculo que o orienta o relacionamento é o vínculo jurídico.






Parte 2

O Direito de Resistência

Significa que qualquer pessoa tem de resistir ou insurgir contraqualquer fator que ameace sua sobrevivência ou que represente uma violência a valores éticos ou morais humanistas. O direito de resistência não é um ataque à autoridade, mas sim uma proteção à ordem jurídica que se fundamenta na ideia de um bem a realizar. Se o poder desprezar a ideia do direito, será legítima a resistência. Formas de resistência: desobediência civil, greves, revoluções.Desobediência Civil = é uma forma de protesto a um poder político, geralmente visto como opressor pelos desobedientes. O cidadão se vê ofendido nos seus direitos, liberdades e garantias. Foi aplicada com sucesso por Mahatma Gandhi.
Estratégias de Gandhi: jamais recorrer a violência, jamais depender da solidariedade pública, não esmorecer durantes as greves.


Revolução = é um movimento derevolta contra um poder estabelecido, e que visa promover mudanças radicais nas instituições políticas, econômicas, culturais e morais. É a substituição de ordem política por outra
Para uma Revolução ser considerada Jurídica ela necessita de três elementos: Legitimidade, Utilidade e Proporcionalidade.

Legitimidade = quando é voltada para os interesses do povo
Utilidade = quando resolve os problemasque pretende solucionar
Proporcionalidade = o tempo para o reestabelecimento da ordem tem que ser razoável. A violência não pode ser exagerada.



Manifestações de Conjunto

Não basta apenas a finalidade para que exista uma sociedade, é preciso haver também manifestações de conjunto ordenadas, ou seja, é necessário que as atividades de grupo se desenvolvam com reiteração, ordem e...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Ciências políticas resumo av1
  • Ciencia politica resumo slides
  • Resumo introdução à ciência política
  • Resumo ciencia politica
  • Resumo Ciencias Politicas
  • Resumo da matéria de ciência política
  • Resumo ciencia politica
  • Resumo ciencias politicas

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!