Resumo culturas híbridas – néstor garcía canclini

Páginas: 6 (1291 palavras) Publicado: 28 de março de 2012
Resumo Culturas Híbridas – Néstor García Canclini
Canclini admite uma possível ruptura entre a tradição e o moderno. Ele discute se estamos no pós-moderno ou em uma continuidade do modernismo.
Modernidade: período histórico; é comandado pelo capital financeiro. Seus antecedentes são o Iluminismo e o Renascimento.
Modernismo: movimento artístico e cultural. Atualmente, não existe mais autonomiano campo artístico: as obras são feitas por interesses econômicos, há repetições e são efêmeras (não duram por muitas exposições). Não há mais vanguardas. Nota: Andy Warhol é pós-moderno.
Moderno: modo de pensar estes processos.
* 1ª hipótese do livro: incerteza em relação ao sentido e valor da modernidade vem de cruzamentos socioculturais (mistura de tradição e moderno) e não apenas do quesepara nações, etnias e classes.
* 2ª hipótese do livro: outro modo de conceber a modernização latino-americana, indo além de uma força alheia e dominadora que substituiria o tradicional. Na Europa, de fato, ocorre a ruptura da tradição, com sua substituição pelo moderno. Na América Latina, há combinação da cultura arcaica com a moderna; a cultura popular é mais preservada.
* 3ª hipótesedo livro> olhar transdisciplinar sobre circuitos híbridos tem conseqüências que extrapolam a investigação cultural. Relação de processos políticos com a coexistência de culturas étnicas e novas tecnologias.
A modernização diminui o papel do culto e do popular tradicionais no conjunto de mercado simbólico, mas não os suprime. Hoje existe uma visão mais complexa sobre as relações entre tradição emodernidade. O culto tradicional não é apagado pela industrialização dos bens simbólicos.
Política e discursos latino-americanos são modernos. Na América Latina, não há preocupação com a pós-modernidade, pois os próprios avanços modernos não chegaram de todo e a todos. Exemplos:
* Falta de industrialização sólida;
* Falta de organização sociopolítica baseada na racionalidade formal ematerial (que implicaria um modelo de espaço público onde os cidadãos conviveriam democraticamente e participariam da evolução social);
* Caciquismo, religiosidade e manipulação comunicacional conduzem o pensamento das massas;
* Elite cultiva a poesia e a arte de vanguarda, enquanto que a maioria da população é analfabeta;
* Falsa construção de culturas nacionais por parte dasoligarquias do final do século XIX, deixando de fora populações indígenas e camponesas;
* Populismo fingindo acatar as populações excluídas, resultando em um regime político de poucos anos.
Capítulo 1 – Das Utopias ao Mercado
Quatro movimentos que constituem a modernidade:
* Projeto emancipador: secularização dos campos culturais, produção auto-expressiva e auto-regulada das práticas simbólicas eseu desenvolvimento nos mercados autônomos. Características: racionalização da vida social e individualismo.
* Projeto emancipacionista: procura entender o conhecimento e posse da natureza, produção e circulação de bens. Características: promoção de descobertas científicas e desenvolvimento industrial, incremento do lucro.
* Projeto renovador: busca incessante por aperfeiçoamento einovação; necessidade de reformular signos de distinção que o consumo massificado desgasta.
* Projeto democratizador: educação e difusão de arte e saberes para chegar a uma evolução racional e moral.
Habermas retorna a afirmação de Max Weber de que o moderno se forma quando a cultura s torna independente da razão substantiva consagrada pela religião e pela metafísica e se constitui em três esferasautônomas: ciência, moralidade e arte. O crescimento da ciência e da arte, liberados da tutela religiosa, ajudaria a controlar as forças naturais, ampliar a compreensão do mundo, progredir moralmente, tornar mais justas as instituições e as relações sociais. Esta utopia iluminista teve resultados pobres, pois o conhecimento científico, a arte e a moral estavam desconexas com a vida cotidiana....
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • CANCLINI Néstor García Contradições Latino americanas IN Culturas Híbridas
  • Canclini, nestor garcia. culturas híbridas. são paulo: edusp, 1998
  • Resumo
  • Néstor García Canclini
  • A vida de néstor garcia canclini
  • Resenha do livro cidadãos e consumidores de nestor garcia canclini
  • Resenha do livro “Consumidores e Cidadãos”, de Néstor García Canclini
  • Resumo Culturas Híbridas

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!