Resumo Arduini

Páginas: 13 (3006 palavras) Publicado: 1 de dezembro de 2014
ARDUINI. Juvenal. Antropologia. Ousar para reinventar a humanidade. Coleção estudos antropológicos. São Paulo: Paulus, 2002. 171p.
Juvenal Arduini foi professor de Filosofia na Faculdade de Filosofia Santo Tomás de Aquino, professor de Psicologia Médica na Faculdade de Medicina do Triângulo Mineiro. É membro efetivo da Società Internazionale Tommaso D’Aquino; da International Society forMetaphysics; World Phenomenology Institute; e da Sociedade Brasileira de Filósofos Católicos. Membro do cômite de Ética em Pesquisa na Faculdade de Medicina do Triângulo Mineiro. Publicações: O marxismo, Homem-libertação, Estradeiro, Horizonte de esperança – Teologia da libertação, Destinação antropológica.
A reflexão do autor gira em torno de uma luta constante em favor da abertura do pensarantropológico. As grandes partes de suas críticas se direcionam aos opressores do homem: uma sociedade manipuladora, modos de ver unidimensionais e fragmentários. Quem lê a obra percebe o inconformismo do autor com o presente, ele fala sobre como é preciso reinventar o ser humano.
No capitulo 1 se fala muito e repetida vezes o quanto o ser humano é ambivalente, o como ele pode ser bom e mal, fazermaravilhas ou atrocidades, mostra o quanto ele pode ter várias faces. O ser humano é um paradoxo antropológico como diz o próprio Arduini. Esse capítulo mostra que o autor acredita muito no potencial do homem. Do ser antropológico, no poder de sua superação. Aponta o contágio tanatológico que mostra a eficiência de Tânatos, deus da morte, crescendo disparadamente, seu império desafiando a sobrevivênciahumana. Arduini fala sobre as chacinas, as crueldades e as friezas como rotina da nossa sociedade, fala sobre a servidão, o desemprego, o salário baixo, da desnutrição, da doença, do pânico e mostra –se muito preocupado com tudo isso, o autor tem medo que a alma brasileira se corrompa de tanta dor, ódio e crueldade, que nossa alma seja perdida e exalta a mudança, que devemos sair da apatia edespertar para um novo mundo, para acabar com o surto tanatológico que assombra nossa sociedade. Fica inconformado que o povo está sonolento e que não reconhece que o país tem problemas graves e crônicos que exigem soluções radicais e imediatas para sustar a demolição.
No capítulo 2 Arduini fala sobre a pós modernidade e o que ela significa atualmente, diz que somos pós modernos, que somos maissensitivos e mais flexíveis. Mostra diferentes pontos de vista de diversos autores para corroborar com os pensamentos dele da pós modernidade, uma sociedade que anda mais depressa, que existe uma dualidade presente nela, que apresenta conquistas e devastações ao mesmo tempo. A pós modernidade aumentou o desemprego, a miséria e espalhou a prostituição infantil. Tudo se tornou banal, fútil, descartável,modernizado. Arduini acha que o significado da pós modernidade deverá ser avaliado pelo que está acontecendo ao ser-humano, fala sobre Khrónos que é o tempo engolindo as nossas vidas: passado, presente e futuro. O tempo influi nos acontecimentos mas é o homem que é o agente histórico, é o homem que manda, que faz acontecer. Khrónos é o tempo, a duração e Ánthropos é o agente criador, ou seja, oHomem. Durante o mesmo período de tempo podem existir pessoas que mudaram a história da humanidade para o bem e na mesma época pessoas que só fizeram atrocidades, porque não é o tempo quem manda e sim o Homem que escolhe como participar da humanidade, não basta ver o tempo passar tem que fazer acontecer. Temos a ação de decidir, não podemos transferir nossas responsabilidades para o tempo, perante otempo temos que ter mais iniciativa do que expectativa.
No capítulo 3 tenta-se entender os vários significados do Homem, seu verdadeiro significado. O ser humano é ambíguo, fica claro que Arduini acha-o fascinante, mas dialético, impossível de prever ou definir. O ser humano pode cometer erros, pode acertar, ele pode ser essas duas fases: a boa e a má, não consegue defini-los e os chama de...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Antropologia
  • RESUMO DO RESUMO
  • Resumo
  • Resumo
  • Resumo
  • Resumos
  • Resumo
  • Resumo

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!