respostas da pagina 370 teologia sistematica

Páginas: 8 (1772 palavras) Publicado: 1 de abril de 2014
TRABALHO A1

TEOLOGIA SISTEMATICA 1

PROFESSOR: AFRANIO

ALUNO: JOAO MARCIONILIO SILVA NETO

CURSO: TEOLOGIA – FE – MATUTINA

PERGUNTAS DO LIVRO DE
ALISTER E. MACGRATH – Pagina 370






1- ¨DEUS SE REVELA COMO SENHOR ¨(KARL BARTH) – Que tipo de problema essa declaração pode apresentar por haver empregado uma linguagem predominante masculina em relação a DEUS?
R: Segundo oautor escreve nas paginas 315, 316 e 317 do livro. Tanto o Novo quanto o ANTIGO TESTAMENTO, usam o gênero masculino quando se referem a DEUS. A palavra grega THEOS é masculina e ao longo das escrituras refere-se a DEUS, como: PAI, REI e SENHOR, chamasse isso de analogia paterna, a figura do pai na antiga sociedade israelita é um bom modelo para representar DEUS, agora não significa que DEUS,pertença ao gênero masculino, nem tão pouco se deve atribuir a DEUS, sexualidade masculina e nem feminina, pois atribuir a DEUS, uma sexualidade exclusivamente masculina, é voltar ao paganismo. O fato é que DEUS não é do gênero masculino e nem feminino, como alguns escritores recentes, exploram a ideia de DEUS, como mãe ou como amigo, pegando aspectos femininos ou neutros de DEUS.
Chamam DEUS de pai,porque DEUS é o principio, a origem, de todas as coisas e autoridade transcendente, fonte de todo cuidado bondoso e amoroso para com todos os seus filhos. A ternura de DEUS para com seus filhos, também pode ser expressa por intermédio da imagem materna, enfatizando a imanência de DEUS, a intimidade existente entre o criador e a criatura.
DEUS se alegar em ser nosso pai, nossa mãe, nosso amado,nosso esposo... Pois ELE é todas as coisas.











2- Muitos cristãos falam a respeito da necessidade de cultivar um relacionamento pessoa com DEUS. O que eles querem dizer com isso ? Quais as perspectivas teológicas que essa maneira de falar pode sugerir?

R: segundo o autor relata nas paginas 318, 319, 320, 321,322 e 323, o cristianismo atribuiu a DEUS toda uma serie de qualidadescomo, por exemplo, amor, fidelidade e propósito, que parecem apresentar fortes associações pessoais, que junto com a pratica crista da oração, expressa um relacionamento de graça e amor que representa simplesmente a confiança em uma pessoa cuja atitude em relação a nos dar-nos prova de merecida confiança, alem disso, a reconciliação baseia-se num modelo de relação humana, no relacionam neto entreDEUS e o seres humanos pecadores.
Falar de DEUS como uma pessoa é reduzi-los a esfera dos seres humanos, como pudéssemos encontra-lo num espaço definido, hipotose fora de propósito, mesmo que se referir a DEUS como pessoa faz parte de um raciocínio analógico, significa que DEUS pode ser relacionar com o ser humano, mas ele não é um ser humano.
A palavra pessoa significa um ser humano individual,mas quando derivada do latim, significa mascara, ideia esta que Tertuliano, coloca como uma pessoa é um ser que pode falar e atuar, e segundo Boécio, uma pessoa é a substancia individual de uma natureza racional.
Para os primeiros escritores cristãos, a palavra pessoa expressava a individualidade do ser humano, vista por intermédio de suas palavras e ações. uma pessoa é alguém que se relacionacom outras pessoas com isso se fosse colocado que DEUS é impessoal , poderia transmitir a ideia de um DEUS distante ou indiferente a humanidade,por isso a ideia de um DEUS pessoal que gera , amor,sugere um caráter de reciprocidade na maneira como DEUS se relaciona conosco.
Na teologia aristotélica, DEUS só conhece só ama a si mesmo, a mais ninguém, ele transcende da comunhão pessoal, na mesmadificuldade de entendimento, Espinosa, que nos humanos, poderíamos amar um DEUS, que não teria esta reciprocidade de amor por nos,
Com isso Martim Buber cria uma tese do EU E TU, aonde existe, duas relações: EU-ISSO, o ser humano é ativo contra um material passivo, aonde o sujeito age sempre e o objeto não tem atividade nenhuma; e a relação EU-TU, aonde existe relação entre dois sujeitos ativos,...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Teologia Sistematica
  • teologia sistemática
  • Teologia Sistematica
  • Teologia sistematica
  • Teologia Sistematica
  • teologia sistematica
  • Teologia sistemática
  • Teologia sistemática

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!