Resmat

Páginas: 12 (2756 palavras) Publicado: 2 de junho de 2013
RESISTÊNCIA AO CISALHAMENTO – EXERCÍCIOS – GABARITO

1) Numa união de 2 chapas através de cordão lateral de solda conforme figura, sabendo-se que a força que traciona a chapa soldada está atuando deslocada do seu eixo de simetria, a relação entre os comprimentos de cada cordão de solda l1 e l2 deve ser a seguinte para suportar com equilíbrio o esforço de tração:
|[pic]|Os comprimentos de solda l1 e l2 na figura ao lado são apenas |
| |ilustrativos, não necessariamente iguais. |


a) l1 deve ser igual a l2.
b) l1 deve ser maior do que l2.
c) l1 deve ser menor do que l2.
d) Tanto faz, os comprimentos podemvariar sem alterar o equilíbrio.
e) Nenhuma das alternativas anteriores.

2) Uma união de um eixo de um motor elétrico e uma polia é feita através de uma chaveta conforme indicada na figura. Na transmissão do movimento do eixo para a polia existe uma força Ft que atua sobre a chaveta. Determinar as áreas da chaveta que devem suportar as forças de cisalhamento (corte) e esmagamento.
|[pic]|[pic] |[pic] |


a) Área de cisalhamento: b x l ; Área de esmagamento: h x l .
b) Área de cisalhamento: t2 x l ; Área de esmagamento: b x l .
c) Área de cisalhamento: b x l ; Área de esmagamento: t2 x l .
d) Área de cisalhamento: h x l ; Área de esmagamento: b x l .
e)Nenhuma das alternativas anteriores.

3) Definir a máxima carga que cada rebite está suportando na estrutura representada abaixo, com o sistema em equilíbrio de forças.
|[pic] |


A chapa interna está sujeita à máxima carga de 16000 Kgf, enquanto que as chapasexternas estão sujeitas à metade desta carga.
Portanto, a máxima carga que cada rebite está suportando é de 16000 / 4, ou seja, 4000 Kgf.

4) Em quais secções transversais do rebite conforme indicadas na figura a seguir, pode ocorrer cisalhamento do mesmo, quando sujeitos aos esforços indicados?
|[pic]|


a) Secção transversal A-A.
b) Secção transversal B-B.
8c) Secção transversal C-C.
d) Secção transversal D-D.
e) Nenhuma das alternativas anteriores.

5) Determinar a tensão de cisalhamento que atua na secção A da figura abaixo.
|[pic] |[pic]|
|unidade em mm | |

A força de 300 KN atua de forma inclinada na peça. Para calcularmos a tensão de cisalhamento devemos considerar a força projetada que atue transversalmente à peça, neste caso o Fx que é o componente cortante da força de300 KN.
Sendo assim, utilizando trigonometria:
cos 37( = cateto adjacente / hipotenusa ---> cos 37( = Fx / 300 ---> Fx = cos 37( x 300 = 240 KN = 240.000 N.
A área da peça sujeita a cisalhamento é S = 200 x 120 = 24.000 mm2.

Aplicando-se a fórmula, Tensão = Força / Área, então:
( = F / S ---> 240.000 / 24.000 = 10 N/mm2 = 10 Mpa.

6) As placas estão unidas por 2 parafusos, sendo que aplaca interna (intermediária) está sujeita a uma carga de 8000 Kgf. Esta carga está distribuída uniformemente entre os dois parafusos. Qual deve ser o diâmetro do parafuso para resistir ao esmagamento?
(adm = 2800 Kgf/cm2

Espessura das placas = 5 mm (0,5 cm)

Parafusos: indicados pelas setas.
|[pic] |[pic]...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • ResMat
  • RESMAT
  • Resmat
  • resmat
  • resmat
  • resmat
  • resmat
  • resmat

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!