Resenha - O que é religião - Rubem Alves

Páginas: 7 (1683 palavras) Publicado: 20 de outubro de 2014
AZEVEDO, R. A. O que é Religião?. São Paulo: Loyola 2008
Rubens de Azevedo Alves é Bacharel em Teologia pelo Seminário Presbiteriano de Campinas, Mestre em Teologia pelo Union Theological Seminary de Nova York e Doutor em Filosofia (Ph.D.) pelo Princeton Theological Seminary. Trabalhou como pastor da Igreja Presbiteriana Central de Lavras entre os anos de 1958 – 1965. Em 1964 foi acusado peloSupremo Concílio da Igreja Presbiteriana do Brasil de pregações subversivas. Embora defendido pelo Conselho da Igreja Presbiteriana Central de Lavras, temeu repressão e decidiu sair do Brasil em 1965. Retornou ao Brasil em 1968, ano em que se desligou da Igreja Presbiteriana. Aposentou-se como professor da Unicamp, após décadas de serviços prestados. Atualmente é membro da Academia Campinense deLetras, professor-emérito da Unicamp e cidadão-honorário de Campinas, onde recebeu a medalha Carlos Gomes de contribuição à cultura. É reconhecido nacional e internacionalmente por suas obras, que ultrapassam o número de 50 publicações. Ainda atua como palestrante e conferencistas em muitos eventos pelo país e pelo mundo. Recentemente, em 2011, ano da comemoração do centenário da Primeira IgrejaPresbiteriana de Lavras, o mesmo foi homenageado em um quadro que apresenta todos os pastores que exerceram seu ministério na referida igreja.
Nesta obra, Rubem Alves pinça pensamentos de filósofos, sociólogos, teólogos e pensadores da história, promovendo uma discussão eclética e levando o leitor a uma viagem pelos corredores do pensamento acerca do tema da religião.
No preâmbulo da obra o autortraz à reflexão as transformações causadas pelo iluminismo, no que se refere ao destronamento da religião e o desenvolvimento da ciência. O autor procura mostrar que embora tenha trago uma solução para o problema do mítico, a ciência não extinguiu a religião, pelo contrário, a religião permanece, pois não se trata de uma prática, mas é algo presente em cada ser humano com o poder de refletir opróprio ser, assunto tratado com mais abrangência no capítulo dois. Isso faz da religião um fato. É o que tratará o capítulo quatro da obra ao expor o pensamento de Durkheim.
O capítulo dois se inicia com a exposição da posição de Albert Camus sobre o comportamento humano em recusar ser o que é. Após citar exemplo de animais e suas ações instintivas, o autor demonstra a realidade do domínio exercidopelo homem em seu próprio corpo. É exatamente dessa ação de domínio sobre seu corpo que nasce a cultura. Os homens constroem mundos para si, e tais mundos nada mais são, que objetos desejados, construídos independentemente das circunstâncias que cercam os homens, sejam elas boas ou ruins. Essa é a posição da psicanálise. Tais criações buscam um sentido para o mundo. Mas não há nenhuma cultura em queesses desejos tenham se cumprido, a partir daí, surgem os símbolos da ausência. Canções, celebrações, rituais. Tais símbolos são a saudade daquilo que ainda não nasceu. Portanto, neste capítulo o autor percorre os caminhos da psicanálise e define a religião como uma “teia de símbolos” originada da “rede de desejos” humanos, “confissão de espera”, “horizonte de horizontes”. O reflexo de nossosdesejos. A diferença das religiões surge na diferença das realidades humanas, que produzem diferentes desejos nos indivíduos. A conclusão do capítulo não discorda dos pressupostos psicanalíticos de Freud, o capítulo termina ressaltando a importância e o poder dos símbolos, e portanto, a importância e poder da religião para a sociedade.
Após percorrer o campo da psicanálise, o autor entra no terceirocapítulo pelo campo do empirismo. Talvez em um objetivo didático, Rubem Alves trata da densidade que os símbolos possuíam na Idade Média, quando eram mais vívidos que a própria realidade, o que fazia o mundo mover-se sob uma visão teleológica, onde tudo tinha sua finalidade e propósito. No entanto, da burguesia surge uma “revolução no campo dos símbolos”. O utilitarismo fala mais alto, já não...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Resenha do livro "O que é religião?" de Rubem Alves
  • Resenha do livro: "O que é Religião?", de Rubem Alves
  • Resumo: o que é religião ( Rubem Alves)
  • o que é religião Rubens Alves
  • O que é religião
  • "O que é religião"
  • Rubens alves
  • Rubens alves-oque é religião

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!