Resenha a historia da criança e da familia

Páginas: 9 (2011 palavras) Publicado: 26 de setembro de 2011
RESENHA

A História Social da Criança e da Família.

Monica Aimi[1]

Em seu livro A História Social da Criança e da Família, Philippe Ariès traz os seguintes temas: O sentimento da infância; as idades da vida; a descoberta da infância; os trajes das crianças; os jogos e as brincadeiras; do despudor a inocência; os dois sentimentos da infância; a vida escolástica; jovense velhos escolares na idade média; as idades dos alunos; os progressos da disciplina; as pequenas escolas; a rudeza da infância; a família; as imagens da família; da família medieval a família moderna; a família e sociabilidade.
Na sociedade medieval, para Philippe Ariès o conceito de infância não existia, mas isso não significava que as crianças eram negligenciadas, abandonadas oudesprezadas o conceito de infância não deve ser confundido com a atenção aos filhos, corresponde a uma tomada de consciência da criança em particular, consciência essa que não existia. Philippe Ariès aborda a importância das brincadeiras, as pequenas escolas, o ensino diferenciado, sendo que as escolas exerciam a função pratica de educar a criança e oportunizar conhecimentos técnicos, pois em seunascimento a escola não preocupava com o amadurecimento da criança gradativamente este espaço foi aumentando criando então as escolas elites que eram separadas das escolas do povo.
No século XVII, entretanto a criança que fosse nobre ou burguesa não era mais vestida como os adultos ela tinha um traje reservado a sua a idade que a distinguia dos adultos, esse fato essencial aparece logo aoprimeiro olhar lançado as numerosas representações do inicio do século XVII. No século XVI, portanto surgiu uma nova idéia que simbolizou a duração da vida através da hierarquia familiar, foram às idades da vida que ocuparam um lugar importante nos tratados pseudocientíficos da idade media passaram a ser representadas dentro de uma família, daí as representações de momentos e datas familiares, como ocasamento, o nascimento, etc. Os calendários passaram a representar as idades da vida, por isso cada mês representava uma atividade relacionada à família. Por ex: Agosto era o mês da colheita, outubro era o mês da refeição em família, novembro o pai está velho e doente, dezembro a morte do pai.
Nos séculos XVI e XVII, outra tendência percebida foram os retratos da família, esses retratos dedoadores que permaneciam nas igrejas ou vitrais de famílias. No inicio a família e mostrada de forma seca, posteriormente ela passa a ser agrupada de forma que saliente os laços de sangue que une os familiares.
Após entra em questão a temática dos jogos e brincadeiras, alguns grupos de educação conservadores como a igreja condenavam as praticas de jogos de azar e outros jogos, quase semfazer nenhuma exceção englobando- se toda a preocupação em preservar a moralidade da infância antes inexistente. Existe, portanto em torno dos brinquedos da primeira infância e de suas origens certa margem de ambigüidade, essa ambigüidade começa a se dissipar em torno dos anos 1600, a especialização infantil dos brinquedos já estava então consumada com algumas diferenças de detalhes com relação aonosso uso atual, por exemplo, a boneca não se destinava apenas as meninas, os meninos também brincavam com elas dentro dos limites da primeira infância a discrição moderna entre meninas e meninos era menos nítida, ambos os sexos usavam o mesmo traje, o mesmo vestido. E possível que exista uma relação entre a especialização infantil dos brinquedos e a importância da primeira infância no sentimentorevelado pela iconografia e pelo traje. A partir do fim da idade media a infância tornava-se o repositório dos costumes abandonados pelos adultos.
De um lado os jogos eram admitidos sem reservas nem discriminação pela grande maioria, por outro lado e ao mesmo tempo uma minoria poderosa e culta de moralistas rigorosos os condenava quase todos de forma igualmente absoluta, e denunciava sua...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Resenha do livro história social da criança e da família
  • História social da criança e da familia
  • historia social da criança e da familia
  • Historia Social da criança e da familia
  • Historia social da criança e da familia
  • Historia da criança e da família
  • A história social da família e da criança
  • Historia social da criança e da familia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!