Resenha tradição viva

Páginas: 5 (1031 palavras) Publicado: 30 de outubro de 2012
RESENHA: A TRADIÇÃO VIVA


















JULHO 2011


“A escrita é uma coisa, e o saber, outra. A escrita é a fotografia do saber, mas não o
saber em si. O saber é uma luz que existe no homem. A herança de tudo aquilo que
nossos ancestrais vieram a conhecer e que se encontra latente em tudo o que nos
transmitiram, assim como o baobá já existe em potencial emsua semente."
Tierno Bokar
Na África, cada ancião que morre é uma biblioteca que se queima. A frase, de Amadou Hampaté Bâ, expressa a importância da transmissão oral no continente e a sensação de ouvir um sábio africano relatar suas experiências: é como se vários livros se abrissem, com uma profusão de detalhes, para dar voz às histórias e às tradições locais.
Ao nos debruçarmos sobre a questãoda tradição estamos adentrando em um campo complexo, onde muitas das vezes a subjetividade se faz mais eficaz que a chamada “razão ocidental”, pois partindo da analise que cada indivíduo e consequentemente à cultura que faz parte, carrega dentro de si um mundo particular alimentado por sua vez por um enorme leque de possibilidades e de experiências não só pessoais e coletivas, faz do mesmo umagente particular que mesmo pertencente a uma coletividade, carrega os traços de sua autonomia representados nas suas respectivas ações no âmbito de seu cotidiano.
Neste sentido quando A. Hampaté Bâ nos apresenta a questão da Tradição viva na África, percebemos o quanto que é importante a representatividade do individuo para com sua tradição, no sentido do mesmo ser um agente em ação na manutençãoda mesma, a partir das mais variadas formas de expressão culturais.
Dentro desta mesma problemática a importância da oralidade na cultura africana é de uma complexidade e ao mesmo tempo de uma simplicidade que nos faz repensar muitas das certezas fincadas no ocidente.
Uma destas certezas é a importância que a cultura ocidental dá para a escrita, onde os povos que não a usam como forma depreservar sua cultura são vistos como atrasados, diferente da cultura africana que vê na oralidade a preservação e manutenção de suas tradições. Está questão que a principio parece simples, que é a da importância da oralidade para a cultura africana é colocada nos textos de Hampaté de forma que possamos compreender “o pensamento africano traduzido em ações comunitárias”
É importante salientarmos que aÁfrica é um continente multifacetado, com uma diversidade cultural tamanha que requer um ardo estudo da mesma, para que se possa chegar a suas particularidades e a partir delas adentrar na essência da mesma. A oralidade para com o povo africano é de extrema importância, pois é através da mesma que se dá o elo entre o passado e presente no âmbito do cotidiano, onde os costumes e as heranças culturaisalimentam a realidade africana através da experiência não só dos vivos, mas também dos mortos.
Neste sentido a questão da tradição viva, caminha pelos mais variados caminhos dentro da cultura africana, onde através da religião, da música, da oralidade e da experiência de cada um, a mesma se torna cada vez mais viva no sentido de caminhar junto com o povo africano. Segundo Hampaté o espiritual e omaterial não estão separados dentro da cultura africana, por isso se faz tão difícil a compreensão da mesma pelo pensamento cartesiano, e quando se faz é da mesma forma que se faz em relação à cultura Árabe.
O ocidente acaba por inventar e destorcer toda uma cultura em prol de seus interesses, isso não quer dizer que não exista pessoas com olhares diferenciados que possam perceber isso mesmovivendo dentro deste mesmo ocidente.
A cultura africana é complexa, pois como a mesma não usa da escrita para preservar suas tradições e sim sua oralidade, ela acaba por ser fortalecer ainda mais através de suas tradições.
Pois como a mesma é vivida no dia a dia, e não nos livros, sua presença é constante não só no imaginário africano, mas também na sua realidade, logo, a questão do corpo se...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • a tradição viva
  • Resenha de visões da tradição sociologica
  • Resenha: A empresa viva
  • Resenha viva à rainha
  • A empresa viva de arie de geus: resenha
  • Resenha: Tradição Gramatical e Gramática Tradicional
  • TRADIÇÃO VIVA “AMADOU HAMPÂTÉ B” FILME: KIRIKU E A FEITICEIRA
  • Resenha

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!