Resenha Revolução industrial

Páginas: 5 (1141 palavras) Publicado: 31 de julho de 2013
Resenha: A Era das Revoluções – capitulo 02: A Revolução Industrial


Hobsbawm inicia sua analise acerca da revolução industrial ocorrida na Europa no séc. XIX e do pioneirismo Britânico frente a outras potências europeias questionando sobre o período do tempo em que o fato realmente se iniciou. Segundo o texto é notável que a revolução industrial já estivesse acontecendo bem antes do termoser criado. Percebemos isso claramente devido à Inglaterra já possuir um campesinato diferenciado em relação a outras nações da Europa, sendo que, a agricultura inglesa se encontrava preparada para atender exigências de um mercado comercial.
Para entender porque os Britânicos foram pioneiros na revolução industrial, Hobsbawm nos remete ao cenário que se encontrava a Europa e a Inglaterra do Séc.XIX. A Grã-Bretanha não era a única nação com potencial para iniciar a revolução industrial. O autor afirma que existia uma concorrência muito forte na Europa. A Inglaterra não possuía um aparato tecnológico, científico e intelectual superior ao da França, por exemplo, sua grande rival histórica na luta por uma hegemonia europeia. Na verdade, ao que cabe ao estudo das ciências naturais e asdescobertas tecnológicas, assim como também na educação, criação de universidades, França, Alemanha e Escócia estavam bem mais desenvolvidas comparadas a Inglaterra.
Todavia, era a Grã-Bretanha que possuía as condições mais favoráveis para eclodir a revolução industrial. Um dos principais fatores era que a Inglaterra há muito possuía uma politica governamental estabilizada. A monarquiaparlamentarista já tinha uma consolidação secular, sendo que, a França ainda passava pelas transformações políticas decorrentes da revolução Francesa, e nações como Alemanha e Holanda não possuíam uma economia estabilizada ou um governo forte mais propício que a Inglaterra.
O desenvolvimento econômico era um dos focos dessa política governamental Inglesa, e os industriais e comerciantes já eram muito beminfluentes na política britânica, não tendo nenhum empecilho burocrático estatal que freasse os avanços e investimentos dos homens de negócio.
Outra condição determinante para que a revolução alavancasse na Inglaterra dá-se porque já havia acontecido uma transformação no setor agrário, onde as propriedades se concentravam nas mãos de comerciantes que arrendavam a terra aos pequenos agricultores ecamponeses, estabelecendo um monopólio e uma concentração de renda. Por outro lado a agricultura já estava preparada para alimentar a população e com excedentes suficientes para serem usados na indústria e proporcionar capital para alavancar os investimentos.
Todos os setores da sociedade inglesa, o povo, a burguesia, a aristocracia através da política, estavam em plenas condições para asmudanças consideráveis que viriam com a revolução industrial.
Com todo esse cenário promissor percebemos que os lucros provenientes da exploração das colônias impulsionaram o crescimento da indústria algodoeira. O algodão logo se tornou o produto mais importante da economia inglesa, aumentando sua produção a ponto de monopolizar o mercado e transformar a Inglaterra no maior exportador da Europa,submetendo mercados como o da Índia, que outrora foram quem importava para a Inglaterra em um dos maiores importadores do algodão inglês.
Com o comércio algodoeiro disseminado pela Europa e pelas colônias através da Companhia das Índias orientais e com o apoio do governo nacional, a economia inglesa tornou-se forte o suficiente para que os empresários investissem em uma grande revolução nos meiosde produção, a revolução industrial, e com isso aumentar seus lucros, sua produção e o mercado.
Com isso, a indústria algodoeira foi à primeira indústria a se revolucionar, adotando o formato de fabril para a sua produção, e utilizando novos maquinários têxtis, isso acarretou algumas crises durante o processo, devido a mudança da produção ainda com características manufatureiras para...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • resenha sobre revolução industrial
  • resenha revolução industrial
  • Resenha crítica Revolução Industrial
  • resenha eric hobswan, revolução industrial
  • Resenha do filme: revolução industrial na inglaterra
  • Resenha sobre a Revolução Industrial de Eric Hobsbawm
  • Resenha – a revolução industrial e o surgimento do social como problema
  • Resenha – A Era das Revoluções – Segundo capítulo – A Revolução Industrial

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!