Resenha. Radcliffe Brown. "O método Comparativo em Antropologia Social”

Páginas: 10 (2494 palavras) Publicado: 14 de janeiro de 2014
Ainda que Radcliffe Brown pertença a um contexto etnográfico remoto, parte de suas ideias não caíram em desuso, em sua obra: “O método Comparativo em Antropologia Social”, podemos notar que o mesmo não tem como foco responder algumas questões, mas sim descobrir o que se deve perguntar para conhecer o mundo nativo. Para Brown um bom observador deve compreender certos problemas teóricos quandoescolhe em sua pesquisa aspectos que julga relevante.
Diferentemente de alguns autores contemporâneos, Radcliffe Brown rejeita o uso do conceito cultura, por acreditar que essa palavra denota abstração e não uma realidade concreta, ele opta pela realidade empírica das estruturas sociais e tem como objeto de estudo o funcionamento da sociedade. Para o autor há uma rede de relações existentes nassociedades (essas relações criam laços entre as pessoas e se dão em um todo integrado) e para compreendê-las é necessário observar o seu funcionamento.
Brown adota como método os estudos comparativos, e observa semelhanças nas formas de representação de divisões sociais, notando que vários povos, de lugares distintos e sem contato histórico usam como simbologia pássaros, para explicar o mundo e asrelações existentes. De acordo com o autor, o método comparativo ajuda o antropólogo a conhecer as semelhanças e as diferenças das estruturas de cada sociedade.
Ao invés de se debruçar sobre a temática cultura, como fizeram alguns autores de sua época, Brown focaliza seus estudos nas estruturas sociais, que segundo ele ocupavam de maneira consistente os fenômenos sociais, por meio das estruturassociais seria possível decifrar uma realidade concreta. Deste modo, a antropologia social teria como tarefa a investigação sistemática da natureza das instituições sociais, o método comparativo não depende somente da quantidade e da qualidade do material disponível, mas também de conceituações e hipóteses que orientam as investigações.
O método comparativo de Radcliffe Brown se baseia nos estudose na observação das diversas formas de vida social, e, paralelamente na teorização desses fenômenos. O autor retoma algumas ideias de Boas (1888, 1896) quando este pretende reconstruir a história de regiões e povos particulares, visando comparar como a vida social de povos diferentes se assemelha quanto alguns costumes e ideias, sem nenhuma ligação histórica e origem comum.
Para Boas a etnologiateria como missão desvendar como leis semelhantes operam mundos nativos diferentes. A ocorrência de fenômenos similares em lugares culturais sem contato histórico podem sugerir resultados importantes ao serem analisados, já que existem leis que atuam na mente humana nos mesmos moldes, e em toda a parte. Desta forma, Boas evoca que a antropologia social deve estudar as regularidades encontradas noseio de cada sociedade primitiva.
A crítica que Radcliffe Brown faz quanto aos primeiros estudiosos da antropologia comparativa, está no método dos denominados “antropólogos de gabinete”, autores que pesquisam diversas etnias sobre a comodidade de seu escritório, e não sabiam a importância da autoridade etnográfica em um trabalho de campo, Radcliffe sem delongas denuncia a antropologia degabinete de Frazer. Contudo, ele grifa que o gabinete não deve ser abandonado ou negligenciado, é preciso combinar os estudos comparativos sistemáticos com as experiências de campo para fazer uma pesquisa etnográfica mais próxima do real.
Brown explana sua pesquisa com diferentes tribos do interior da Nova Gales do Sul na Austrália. Percebe que em todas as tribos australianas há um dualismo que divide apopulação entre a tribo do gavião real (kilpara) e a tribo do corvo (makxara), os homens tomavam como esposas mulheres de tribo diferente da sua, e os filhos do casal herdavam a descendência materna. A procura de outros paralelos da divisão gavião real/corvo Radcliffe encontra na Austrália outros exemplos de metades exogâmicas, que com frequência recebem a nomeação ou a representação de aves....
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Resenha do livro organizado por MELATTI: Radcliffe-Brown, introdução e método comparativo.
  • O método comparativo em antropologia social
  • Resenha "as limitações do metodo comparativo em antropologia"
  • RESENHA: As limitações do método comparativo da antropologia, 1896.
  • Resenha de "As limitações do método comparativo da Antropologia", de Franz Boas
  • As limitações do método comparativo da antropologia
  • As limitações do método comparativo da antropologia
  • Antropologia Estrutura social Radcliff Brown

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!