Resenha os sertões

Páginas: 8 (1784 palavras) Publicado: 22 de março de 2012
RESENHA: OS SERTÕES

O livro apresenta 646 páginas e está, pelo índice, dividido em 10 capítulos.

* A TERRA (58 páginas)
* O HOMEM (149 páginas)
* A LUTA (preliminares - 30 páginas)
* TRAVESSIA DO CAMBAIO (36 páginas)
* EXPEDIÇÃO MOREIRA CÉSAR (65 páginas)
* QUARTA EXPEDIÇÃO (45 páginas)
* COLUNA SAVAGET (42 páginas)
* O ASSALTO (67 páginas)
* NOVA FASE DELUTA (37 páginas)
* ULTIMOS DIAS (55 páginas)
 
A TERRA (58 páginas)
O autor começa descrevendo, geograficamente, o grande maciço central brasileiro para chegar à região do Vaza-Barris, ao norte da Bahia, onde se passou a Campanha de Canudos. Demarca-a, e descreve sua flora, sua formação geológica e a influência do clima. Procura interpretar sua evolução geológica. Estuda a hidrografia e aconformação ortográfica.
Volta a considerar o clima da região expondo uma teoria sobre as secas. Descreve geograficamente as caatingas com toda sua flora específica e a influência que elas sofrem dos climas. Então chega ao “agente geológico notável – o homem que, reagindo brutalmente contra a terra madrasta, vem, historicamente desnudando-o, fazendo desertos”.
Considera as maneiras de combateros desertos com açudes, etc. Só assim combateria o martírio que ali sofre o homem e que é consequência do “martírio secular da Terra”.
Com a descrição do sertão de Canudos sumaria toda a fisiografia do Nordeste.

O HOMEM (149 páginas)
Inicia, expondo o autoctonismo do “homo americanus”. Depois considera a influência da variabilidade mesológica nos três elementos essenciais de nossa formaçãoétnica, dando a gênesis das sub-raças, mestiças, do Brasil. Daí a heterogeneidade racial brasileira e a impossibilidade de futura unidade de raça entre nós, devido a particularidades específicas de cada elemento formador, tão díspar. Para confirmar sua teoria cita exemplos em nossa História. 
Mostra o jagunço em seu gênesis, esparramando-se do Maranhão a Bahia, passando pela gênesis do mulato. Expõea função histórica do Rio São Francisco na dinâmica social dos jagunços, descendentes de paulistas, e no aparecimento dos vaqueiros que se insularam nas regiões do interior. Nesse ponto surge Canudos, aglomerado de alimentos de uma subcategoria étnica já constituída: o sertanejo do norte. Mas a mistura de várias raças dá o tipo desequilibrado, possuidor da moralidade rudimentar das raçasinferiores. Insulados, ficaram, porém livres de uma adaptação, penosíssima, a um estágio social superior. Faz análises desses nossos patrocínios: o sertanejo, o gaúcho, estabelecendo comparações entre eles. Fala sobre o jagunço, as vaquejadas, a arribada.
Descrevem as tradições dos vaqueiros, o estouro da boiada, o folclore, a influência das secas, a religiosidade mestiça. Conclui que as agitaçõessertanejas são baseadas no fanatismo. Canudos, por exemplo, é uma agitação nordestina, baseada no fanatismo. Monte Santo já era um lugar lendário. Daquela complexidade étnica e sob aquelas influências ecológicas e sociológicas era inevitável o aparecimento de um Antônio Conselheiro. Fizeram-no santo devido ao seu misticismo estranho, quase um feiticeiro. Ele não deslizou para a loucura, porque o ambienteo amparou, respeitando-o. Antônio Conselheiro descendia de cearenses do norte, de gente arrelienta que há 50 anos sustentava uma rixa de família. Infeliz no casamento-abandonado pela esposa raptada por um policial, e por isso fulminado de vergonha - embrenha-se nos recessos dos sertões, surgindo incógnito, missionário sombrio, no nordeste baiano. Era produto condensado do obscurantismo de trêsraças, criando em torno de si lendas que se espalhavam por toda aquela imensa região. A Igreja tentou intervir, inutilmente. Canudos, que era um lugarejo obscuro antes da vinda do Conselheiro, revivesse com sua chegada, em 1893, crescendo rapidamente, a pau a pique, chegando a possuir 5000 casas, com 15000 a 20000 habitantes.
Todo sertanejo que ali chegasse tornava-se logo um fanático. E, como...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Resenha os sertoes
  • Resenha os sertoes
  • Resenha o sertões
  • resenha os sertões
  • Resenha crítica de Os Sertões
  • Resenha grande sertões veredas
  • Sertões
  • Os sertões

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!