resenha livro Raciocínio Criativo na Publicidade

Páginas: 6 (1317 palavras) Publicado: 1 de dezembro de 2014
O livro "Raciocínio lógico na Publicidade", do autor Stalimir Vieira em sua 4ª edição pela editora Loyola no ano de 2004.
Stalimir é um dos mais renomados redatores e diretores do Brasil, o qual vem até nós trazer um novo modo de enxergar o criativo dentro de uma empresa, desconstrói muito dos conceitos em que os publicitários já tem: indagar sobre a atitude no momento de criação e sobre o queé tal coisa. Vieira expõem suas experiências diante de tanto tempo de trabalho, mas deixa bem evidente que não está ali para dar formulas secretas ou a "receita" para se tornar um bom publicitário, mas que está disposto a ajudar com direcionamentos que se pensado e elaborado terão um bom produto final.
No inicio, o autor já dá um certo em seu leitor, onde afirma que na vida publicitária énormal haver mentiras, afinal é preciso, e poucos terão a devida paciência de checar tal informação. Aproveita o gancho e explica o que é ser publicitário, sobre o seu veiculo para a criação (briefing), e deixa bem claro que muitas das vezes não conseguimos criar algo ou temos tanta dificuldade, pelo fato de ignorarmos a criatividade que temo em nosso inconsciente, tratamos tal coisa com um certo"desprezo", e o melhor de tudo: diz que se não conseguir ser combustível para seu leitor, ao menos quer fazer com se sinta a falta de luz. E o que ele quer dizer com tal frase? Será que está apenas trazendo questionamentos superficiais ou quer que realmente nos aprofundemos e consigamos ter uma reflexão que não só agregue valore por hora (enquanto se lê o livro), mas que haja a possibilidade deabsorver e conseguir pôr em pratica o que se aprende?. Bom, de momento havia ficado com a primeira opção, mas no decorrer pude perceber que ele é mais que isso. Logo, fala sobre o principal meio de um publicitário: a mídia, e sobre sua influencia em nossa vidas, e de como tal objeto tem o "poder" de nos modificar se não tivermos conhecimentos sobre os assuntos lançados por ela (esse conhecimento sóadquirimos no momento em que procuramos conhecer, estudar). E deixa bem claro isso:
"A mídia usa e ampara. Porque ela não quer perder vice. Na verdade, é você quem esta perdendo a si mesmo , na medida em que sua segurança não se baseia mais em sua própria capacidade de reflexão, mas apenas nos estímulos que a mídia lhe oferece".
Esclarece que não esta ali para dar lição de moral nem nada, mas queatravés do exemplo da mídia quer mostrar que precisamos dedicar tempo para o estimulo de nossa criatividade, e quais serão esses estímulos. Explica que o criativo só "surge" quando nos apaixonamos pelo que vamos fazer, e que esse apaixonado é no atacado e varejo; atacado, pois é algo denso a relação com a vida e varejo, pois precisa-se focar em assuntos (aliás, trabalho bem feito é trabalho comfoco). Não devemos nos limitar ao padrão, pois apesar de o padrão ser sempre aceito por todos, o inovador é algo que encanta, é necessário se arriscar. E diz que para tal "ousadia" (o pensar ao contrario a primeira coisa que precisamos é ter um olhar técnico, conhecer, explorar, ser curioso.
Logo começa com os exemplos de comercias; como o da Smirnoff e juntamente com o fusca, faz toda uma analisecritica sobre o comercial e aproveita o gancho para transmitir o conhecimento. E cita sobre seu trabalho na DPZ, do comercial da Bombril ressaltando de como vale a pena se arriscar na hora de criar (esse comercial foi prova disso). E retoma a um ponto já discutivo: só se pode arriscar se tem conteúdo, se tem conhecimento, e os livros é uma boa fonte para isso.
Alguns desses fatores que o autor citana criação de algumas de suas peças publicitárias ao longo do livro tais como o da Hering, Bombril e entre outros, nos da uma noção de como é, na pratica, o desenvolvimento do racicíonio criativo. Num determinado trecho o autor diz que não existe formula para ser criativo. O que existe é uma atitude aberta à informação, o estimulo à sensibilidade, o cultivo da oportunidade de reflexão.
"O que...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Resenha livro raciocínio criativo na publicidade e propaganda
  • Resenha do livro Raciocinio Criativo na Publicidade e Propaganda
  • Resenha
  • resenha raciocinio criativo na publicidade
  • resenha critica
  • Raciocinio criativo na publicidade
  • Raciocinio Criativo na Publicidade
  • RESENHA DO LIVRO: O FUTURO DA PUBLICIDADE E PROGAPANDA

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!