Resenha livro josé murilo de carvalho. cidadania no brasil. o longo caminho. 3ª ed. rio de janeiro: civilização brasileira, 2002.

Páginas: 5 (1001 palavras) Publicado: 15 de agosto de 2012
Livro: CARVALHO, José Murilo de. Cidadania no Brasil. O longo Caminho. 3ª ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2002.


Resenha Crítica
Autor: Márcio Welter
Data: 14/AGO/2012

Parto da conclusão de José Murilo de Carvalho que ao final de sua obra aflora a sensação desconfortável de incompletude. Os progressos são inegáveis, mas foram lentos e não esconderam o longo caminhoque falta percorrer. Nem a democracia política resolveu os problemas da pobreza e da desigualdade no país.
Uma das prováveis razões, apontadas por Carvalho, passa pela natureza do percurso da história brasileira. A lógica evolutiva social de Marshall fora invertida no Brasil. Pois, primeiro vieram os direitos sociais, implantados em período de supressão de direitos políticos e de reduçãodos direitos civis por um ditador popular, e após, de maneira bizarra, surgem os direitos políticos, voto, representação política de forma apenas decorativas do regime militar. Por fim, até hoje os direitos civis continuam inacessíveis à maioria da população e colocando a pirâmide dos direitos de cabeça para baixo, invertendo completamente a base da seqüência de Marshall.
O livro estáorganizado por capítulos que cronologicamente evoluem a história nacional e por fim chegam ao período atual e evidencia claramente as vísceras dos monstruosos problemas sociais enfrentados pela sociedade brasileira.

Capítulo I: Primeiros passos (1822-1930)

Mesmo partindo e atendo-se ao Brasil independente, Carvalho sintetiza o período anterior, aonde, chegou-se ao fim do períodocolonial com a grande maioria da população excluída dos direitos civis e políticos e sem a existência de um sentido de nacionalidade e que posiciona o início dos desafios da nação embrionária.
Em seu primeiro capítulo a obra de Carvalho percorre 108 anos da história do país, desde a independência, em 1822, até o final da Primeira República, em 1930. Fugindo da divisão costumeira da históriapolítica do país, englobando o período do Império (1822-1889) e a Primeira República (1889-1930). Do ponto de vista do progresso da cidadania, a única alteração importante que houve foi a abolição da escravidão, em 1888.
Incorporados os ex-escravos aos direitos civis. Mesmo assim, a incorporação foi apenas formal e não real. A passagem de um regime político para outro em 1889 trouxe poucamudança. Mais importante, pelo menos do ponto de vista político, foi o movimento que pôs fim à Primeira República, em 1930.

Capítulo II: Marcha acelerada (1930-1964)

O período considerado divisor de águas vai desde a deposição de Washington Luis (1930) com aceleradas mudanças sociais e políticas, principalmente, nos direitos sociais, dentre eles a criação do Ministério do Trabalho,Indústria e Comércio, leis trabalhistas, previdenciárias e CLT (1943). Mesmo alternando entre ditaduras e regimes democráticos, ocorreu redenção do voto popular, crescimento da lisura no processo eleitoral e a política populista. Entretanto, decaindo em novo golpe (1964) pela conjuntura não apenas interna, mas de um mundo em globalização política conturbada.

Capítulo III: Passo atrás, passoadiante (1964-1985)

O terceiro capítulo adentra ao período do regime ditatorial em que os direitos civis e políticos foram restringidos pela violência. Podendo dividi-los entre 1964 a 1968 com intensa atividade repressiva e abrandamento pelas forças liberais das forças armadas, seguido pelo período de 1968 a 1974 de truculento e sombrio impacto nos direitos políticos e civis. Por fim de1974 até 1985 com a eleição indireta de Tancredo Neves e passando por uma lenta e gradual liberalização do sistema, mas com série crise econômica.

Capítulo IV: A cidadania após a redemocratização

Com a constituição de 1988 almejou-se um aspecto mais liberal e democrático ao país, denominada Constituição Cidadã. Com a eleição direta de 1989 para presidente outras se sucederam em...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!