resenha dos últimos capítulos do livro ''Memórias de um sargento de melícias''

Páginas: 6 (1262 palavras) Publicado: 20 de outubro de 2014
Capítulo 41 – Represálias
Chegando à sua casa, Vidinha se deu conta de que Leonardo havia desaparecido.
Todos, exceto os dois primos, se preocuparam com a possibilidade de Leonardo ter
caído nas mãos do Vidigal, mas no dia seguinte não o encontraram nem na Casa da
Guarda. Com o tempo a preocupação tornou-se desprezo, quando pensaram que
seria uma grande ingratidão Leonardo ter fugido detodos sem dar qualquer
explicação.
Nos dias seguintes era frequente a figura do toma-largura passando em frente à
casa de Vidinha e a cumprimentando. Tal fato foi percebido por uma das velhas que
inclusive orientou Vidinha a aproveitar o momento: se cedesse às investidas do
toma-largura se vingaria simultaneamente de Leonardo e da moça do caldo.
Vidinha topou a ideia e logo o toma-largura eravisitante assíduo de sua casa.
Certo dia a família combinou uma patuscada, como aquela em que conheceram
Leonardo, mas desta vez o toma-largura era o convidado. O problema é que este
homem era muito vulnerável à bebida e em pouco tempo se transtornou, armando
uma confusão que chamou atenção do Major Vidigal. Um granadeiro foi ordenado
que segurasse o toma-largura e, para a surpresa de todos, otal granadeiro era
Leonardo.

– Capítulo 42 – O granadeiro
Após esta última cena as contas se acertavam para todos os lados e coube a
Leonardo o último ato de vingança. O toma-largura seria levado para a Casa da
Guarda, mas de tão ébrio não se aguentou nas pernas. Pesado como era, precisou
ser largado pelos granadeiros no meio do caminho.
Quanto a Leonardo, se tornara granadeiro pordecisão do Vidigal assim que o
encontrara em frente à Ucharia. Tal mudança de hábitos não mudara, no entanto,
alguns velhos costumes do rapaz.
Certa vez, já como granadeiro, aprontou uma para cima do Vidigal: havia uma festa
e o major armou um esquema de comunicação entre os granadeiros que trariam a
informação se havia ou não motivos para dar assalto na casa. O primeiro a passar
essa informaçãoseria Leonardo. Ao ver a festança decidiu trair sua farda: avisou

aos companheiros que tudo estava tranquilo e todos voltaram até o Vidigal, exceto
ele. Percebendo a ausência de Leonardo, o major decidiu entrar na festa de
qualquer maneira e lá encontrou Leonardo participando de uma brincadeira em
que sua figura era alvo de chacota de todos.

Capítulo 43– Novas diabruras
O episódiodescrito anteriormente tornou Leonardo alvo de brincadeiras frequentes
dos demais granadeiros e ele se envergonhava disso. Teoricamente ele se
endireitaria de vez dali em diante, mas não foi bem assim…
Havia um homem que era presença certa em todas as festas da cidade: era
conversador, piadista, imitador, músico… Todos gostavam de sua presença e ele
vivia disso. Teotônio era seu nome.Leonardo-Pataca, o pai, armava a festa de batizado de sua filha e convidou
Teotônio. Vidigal há tempos se preparava para pegá-lo e viu neste dia uma grande
oportunidade: pediu que Leonardo, filho, entrasse na festa como membro da
família e que o avisasse quando o festeiro fosse embora. Porém Leonardo
simpatizou por Teotônio e decidiu livrá-lo do major: explicou os planos do Vidigal e
orientou que Teotôniosaísse disfarçado de corcunda aleijado, que imitava muito
bem. O major, mesmo frente-a-frete com o sujeito, não o reconheceu. O plano deu
certo.
Pois então Leonardo não deixava sua essência de lado, só aprendia a ser cada vez
mais esperto em suas diabruras.

Capítulo 44 – Descoberta
Apesar do acerto dos planos de Leonardo e Teotônio, houve ainda um elemento
inesperado: um amigo que estavana festa, vendo o sucesso da armação, se dirigiu
ao Leonardo para parabenizá-lo, ao lado do major! Este, que não era nada bobo,
percebeu o truque e mandou Leonardo imediatamente preso ao quartel.
Neste ponto o autor se volta a personagens que foram deixadas de lado por um
tempo: D. Maria e Luisinha. Passado algum tempo do casamento a garota sofria
com José Manuel, que a mantinha presa em...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • artigo memórias de um sargento de melícias
  • Memorias de um sargento de melicias
  • Memoria de um sargento de melicias
  • Livro
  • livro memorias de um sargento de milicias
  • Resenha
  • Memorias de sargento de milicias
  • Resumo do livro Memórias de um sargento de milicia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!