Resenha do livro falo ou não falo

Páginas: 5 (1134 palavras) Publicado: 22 de maio de 2012
Resenha Crítica do Livro
“Falo? Ou não falo? Expressando sentimentos e comunicando ideias”


A obra “Falo? Ou não falo? Expressando sentimentos e comunicando ideias”, publicada pela Editora Mecenas, possui 198 páginas em que as autoras Fátima Cristina de Souza Conte e Maria Zilah da Silva Brandão, duas psicólogas, mostram ao público leitor, como eles podem fazer uma análise do seu própriocomportamento, identificando a multiplicidade dos fatores que podem estar relacionados com seus problemas. O livro conta com a participação de profissionais da psicologia, psicoterapeutas, analistas de comportamento, professores universitários e pesquisadores, que se dedicam a tornar acessíveis as pessoas que não são da área, conhecimentos que podem ajudar na prevenção de problemas psicológicos.Além disso, também serve como apoio a psicoterapeutas e a pessoas que desejam que seus relacionamentos interpessoais fluam de maneira prazerosa.
Com uma linguagem acessível a todos os públicos, as autoras abordam a questão da assertividade. Segundo elas, ser assertivo é muito importante, pois significa saber expressar o que está sentindo e defender seus direitos sem ser agressivo ou passivo. Oobjetivo da assertividade é que sejam construídas relações prazerosas nos relacionamentos sociais. Uma pessoa aprende a ser assertiva seguindo regras e conselhos que reafirmam a sua identidade, dessa forma duas pessoas assertivas podem se dar muito bem, pois quem fala o que quer de forma assertiva, aprende a ouvir e respeitar o que o outro diz, com esse comportamento é possível obter consequênciaspositivas no que diz respeito a solução de problemas.
A falta de assertividade é denominada como inassertividade ou passividade. Podem ser identificadas como pessoas passivas, aquelas que geralmente não sabem dizer “não”. Uma pessoa com tal característica acaba perdendo o respeito por si mesma, pelo fato de não expressar as suas opiniões e sentimentos, temendo à críticas que poderá receber. A dúvidaentre falar ou não falar muitas vezes é o que torna as pessoas inseguras, pois esse conflito é tido como algo negativo. Para eliminar essa questão é necessário que se conheça a pessoa com quem está interagindo, pensar na forma como irá se expressar, e estar ciente de que tudo o que é feito gera uma consequência, pois a pessoa que está recebendo a informação pode reagir de determinada maneira queintimide quem está transmitindo-a, fazendo com que o transmissor, torne-se uma pessoa passiva por não ter tido sucesso em suas expressões. As autoras ainda ressaltam, que as mudanças nos relacionamentos exigem persistência.
O modo como nos relacionamos com outras pessoas é determinado no decorrer de nossa vida, o que significa que podemos mudar aprendendo uma outra forma de lidarmos com os outros.O esforço para a mudança é válido porque torna as pessoas autoconfiantes, o que é uma característica de pessoas assertivas. Pessoa com essa característica sentem-se livres para expressar ao outro o que sentem sem se sentirem envergonhadas ou constrangidas. Ao contrário das pessoas assertivas, existem pessoas que agem de forma agressiva, são aquelas que precisam depreciar os demais não respeitandoa sua opinião e agindo de forma desonesta para com os outros. As autoras remetem a ideia de que, a assertividade é importante para o desenvolvimento das habilidades sociais, pois pessoas assertivas, geralmente são mais valorizadas do que as agressivas e passivas.
Para ser um assertivo é necessário que haja muita prática. A pessoa tem a necessidade de executar treinos que ajudam a melhorar suaconvivência com os outros e com ela mesmo, colocando limites, expressando satisfações e insatisfações, sem a necessidade de se exaltar, agredir ou dramatizar, é só aprender a comunicar-se de forma adequada. Para as autoras, o mundo necessita de pessoas contentes, autoconfiantes e que saibam expressar seus sentimentos.
A expressão de sentimentos positivos é extremamente importante para o campo do...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • RESENHA LIVRO: FALO OU N O FALO
  • Resenha do texto:A significação do falo de Lacan
  • falo
  • falo
  • Falo e feminilidade
  • Eu falo égua
  • Invenção do falo
  • Aborto De Anenc Falo

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!