Resenha do Livro: Essencial, de Celso Furtado

Páginas: 8 (1774 palavras) Publicado: 8 de abril de 2014
Resenha: Essencial - Celso Furtado

Em 26 de julho de 1920, em Pombal, no sertão da Paraíba, nasce Celso
Monteiro Furtado. Era filho de Maurício Medeiros Furtado, cuja família era de
magistrados, e de Maria Alice Monteiro Furtado, de família de proprietários de terra.
É o segundo mais velho, dos oito irmãos.
Inicia os estudos secundários no Liceu Paraibano e no Ginásio
Pernambucano doRecife. Muda-se em 1939 para o Rio de Janeiro, indo morar em
pensões da Lapa e do Flamengo. No ano seguinte ingressa na Faculdade Nacional
de Direito da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), tendo concluído o
bacharelado em Ciências Jurídicas e Sociais em 1944, mesmo ano em que foi
convocado para integrar a Força Expedicionária Brasileira (FEB), servindo na Itália
como aspirante.
Devolta ao Brasil, em Agosto de 1945, toma a decisão de não ser
advogado, como o pai, mas economista. Em 1946, ingressou no curso de doutorado
em economia da Faculdade de Direito e Ciências Econômicas da Universidade de
Paris (Sorbonne), concluído em 1948 com uma tese sobre a economia brasileira no
período colonial. Nesta estada em Paris conheceu sua primeira esposa, a química
argentina LuciaTosi. Retornou ao Brasil, trabalhando no DASP e se junta ao quadro
de economistas da Fundação Getúlio Vargas.
Em fevereiro de 1949, Furtado instala-se em Santiago do Chile, onde nasceu
seu primeiro filho, Mario Tosi Furtado. No Chile, integrou a recém-criada Comissão
Econômica para a América Latina (CEPAL), órgão das Nações Unidas, a CEPAL se
tornaria naquele período um centro de debates sobre osaspectos teóricos e
históricos do desenvolvimento.
Cabia a esta Comissão, estudar o subdesenvolvimento latino-americano,
procurando explicar suas causas, como também suas possibilidades de superação.
Entretanto, a Cepal foi além desse projeto inicial, pois criou um instrumental analítico
próprio, que englobava em um mesmo quadro interpretativo, os elementos:
estrutural, dualista ehistórico. Estrutural e dualista, porque a economia mundial deve
ser entendida como uma estrutura centro-periferia que se auto-reproduz, em ritmos

diferentes. Histórico, porque as causas do subdesenvolvimento devem ser
procuradas no seu encadeamento histórico.
A originalidade do pensamento cepalino, o transformou na primeira escola
do pensamento latino-americano, de influência mundial. Os trabalhosdos
economistas Raúl Prebisch e Celso Furtado, à frente da Cepal tornaram possível a
emergência de uma nova visão da realidade latino-americana e a compreensão, de
que o subdesenvolvimento pode ser superado.
A análise do subdesenvolvimento envolve ainda a concepção, de que,
dentro do próprio capitalismo, serão encontradas as possibilidades de superação da
dependência. Furtado é crítico,tanto, das proposições liberais, que primam pela
estabilidade, em detrimento do desenvolvimento, quanto, das teses marxistas que
pregam a ruptura com o sistema capitalista.
O subdesenvolvimento corresponde a uma configuração específica da
periferia do sistema capitalista, que se reproduz em diferentes níveis de
crescimento. O subdesenvolvimento não é uma etapa histórica comum a todos os
países,mas sim, um dos possíveis resultados da evolução da economia mundial
moderna, fomentada pelo advento da Revolução Industrial, na Europa do século
XVIII. Essa, de acordo com Celso Furtado condicionou o desenvolvimento
econômico mundial, em três direções distintas: a primeira correspondeu ao próprio
desenvolvimento industrial dos países da Europa Ocidental; a segunda resultou na
formação denúcleos industriais em países que apresentavam características
semelhantes aos países europeus; e finalmente a terceira, provocou a formação de
estruturas econômicas dependentes.
Os países subdesenvolvidos não estão fadados à dependência e ao atraso,
pelo contrário, à medida que o subdesenvolvimento é uma formação histórica
específica, ele é passível de ser superado. Contudo, a sua superação,...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Resenha: Celso Furtado
  • Resenha do livro Formação Econômica do Brasil (Celso Furtado)
  • Resenha Celso Furtado
  • Resenha DOC Celso Furtado
  • Resenha Celso Furtado
  • Resenha Capitulo 8 Ao 14 Celso Furtado
  • Resenha comparativa Caio Prado Junior e Celso Furtado
  • Resenha Formação econômica do Brasil Celso Furtado

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!