Resenha do livro as 48 leis do poder

Páginas: 11 (2687 palavras) Publicado: 21 de maio de 2013
FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS DE BELO HORIZONTE CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DISCIPLINA: GESTÃO LOGÍSTICA PROFESSOR: ROBSON 05 ABR. 2013 Elisiane Ribeiro Sales

RESENHA: AS 48 LEIS DO PODER PARA NEGOCIAÇÃO

GREENE, Robert. As 48 Leis do Poder: edição concisa. Rio de Janeiro: Rocco, 2007. 268p.

O livro as 48 Leis do Poder trás um conjunto de ideias, baseando-se nos escritos de pessoasque estudaram e dominaram o jogo do poder. Podem-se considerar estas leis como um tipo de manual dos artifícios da dissimulação, sugerindo uma essência de poder que ainda tem de ser plenamente formulada. As 48 leis do poder são uma forma mais simples de disseminar esta sabedoria acumulada, reunida nos escritos dos estrategistas, estadistas, cortesãos, sedutores, e charlatões da história.

Desde oinício do livro o intuito é demonstrar que é possível conseguir persuadir as pessoas sem que elas percebam o que está fazendo e utilizar estratégias que disfarçam com habilidade a natureza manipuladora. Para aprender o jogo do poder é preciso ver o mundo de uma determinada maneira, mudar de perspectiva. É preciso esforço e anos de prática, pois grande parte do jogo talvez não surja naturalmente.São necessárias certas habilidades básicas, e uma vez dominando-as, pode-se ser capaz de aplicar as leis do poder com mais facilidade.

Uma habilidade fundamental está relacionada com o controle das emoções para se distanciar do

momento presente e pensar de forma objetiva no passado e no futuro. A pessoa manipuladora deve ser capaz de olhar em ambas as direções ao mesmo tempo, para saberlidar melhor com o perigo, seja lá de onde ele vier. Deve-se começar examinando os erros que cometeu no passado, aqueles que mais dolorosamente o impediram de progredir.

Após analisá-los de acordo com os termos das 48 leis de poder, deve-se extrair daí uma lição e um juramento de nunca mais cometer esse erro e não cair mais nessa arapuca. Quem for

capaz de se avaliar e observar assim vaiaprender a romper com os modelos do passado — uma habilidade de enorme valor.

Analisando as regras do livro, vê-se que o poder é basicamente o desconhecimento de toda a obrigação moral e a principal habilidade a adquirir é a de ver as circunstâncias, e não o bem ou o mal. O poder é um jogo e no jogo não se julgam os adversários por suas intenções, mas pelo efeito de suas ações. Deve-se medir aestratégia e o poder dos outros pelo que pode ver e sentir. Em uma citação de Maquiavel (1469) afirma que o homem não deve tentar ser bom o tempo todo, pois está predestinado à destruição entre os numerosos outros que não são bons. Consequentemente, o príncipe que desejar manter a sua autoridade deve aprender a não ser bom, e usar esse conhecimento, ou abster-se de usá-lo, segundo a necessidade. Essaafirmação gera uma confusão com relação à autoridade e autoritarismo. Pode se observar que o aprendiz de manipulador – se é que pode ser tratado dessa forma – deve sempre bajular o seu superior querendo agradar ou impressionar, fazendo com que pareçam mais brilhantes do que são na realidade. Fazer sempre que as pessoas acima dele se sintam confortavelmente superiores, ou seja, deve ser um verdadeiro“puxa saco do chefe”. Em controvérsia, se o superior é uma estrela cadente não há perigo nenhum brilhar mais do que ele. O aprendiz deve (ao invés de realizar da melhor forma suas atividades) calcular e desejar a queda do seu superior, calcular a força dele, ser mais encantador, mais inteligente do que ele nos momentos-chave. Não existem misericórdia nem escrúpulos na ascensão a sangue frio até otopo.

O autor é muito feliz quando aconselha a ter cautela com os amigos, já que estes trairão mais rapidamente, e sim ter um inimigo por perto. É a mais pura verdade, seguindo todas essas orientações, a pessoa não terá mais amigos, logo não terá amigos para confiar. Todos viraram inimigos, então só lhe restarão inimigos por perto. É fato.

Ao realizar o trabalho sujo, sugere-se que façam...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Resenha Livro – As 48 Leis do Poder
  • resenha as 48 leis do poder
  • As 48 leis do poder
  • AS 48 LEIS DO PODER
  • Resumo as 48 leis do poder
  • E Book As 48 Leis Do Poder
  • 48 Leis do poder
  • As 48 leis do poder

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!