Resenha do documentário: As Cruzadas do History Channel

Páginas: 5 (1127 palavras) Publicado: 10 de setembro de 2015
Análise do documentário As Cruzadas – History Chanel – A Primeira Cruzada

O filme trata de um documentário que fala sobre As cruzadas e foi produzido pelo
canal History, o trecho a ser analisado narra a primeira cruzada, seus protagonistas e os
locais históricos onde tudo se passou.
O documentário descreve o jogo político e religioso que resulta nas primeiras
cruzadas, que tem por objetivoprincipal a retomada de Jerusalém, que se encontrava nas
mãos dos turcos.
Jerusalém desde sua fundação até os dias de hoje é disputada, principalmente
entre hebreus que no século XI conquistaram a cidade e construíram um templo em
homenagem a Javé, o Deus único; cristãos que entre os séculos IV e VII estiveram em
poder da cidade que lhes era sagrada por ter abrigado Jesus em seus últimos dias e em
638ela foi invadida por muçulmanos que acreditavam que foi na cidade que o profeta
Maomé ascendeu aos céus.
Porém em 1071 os turcos expulsaram os árabes da cidade e não permitiram mais a
peregrinação cristã e é nesse ponto que começa o documentário, mostrando que foi por
esse motivo que o Papa Urbano II convoca os cristãos para uma guerra santa visando
libertar Jerusalém do domínio turco.
A Europaestava em período de declínio, dominada pela violência e onde a fé
perdia espaço para a ganância e a barbárie. Com o feudalismo, as novas técnicas
empregadas no campo e a diversificação dos produtos agrícolas possibilitaram, entre
outras mudanças, um aumento demográfico significativo, o qual forçou os homens a se
expandirem para novas terras. Segundo Rousset, no final do século XI e nos primeirosanos do século XII, o numero excessivo de nascimentos na Europa ocidental criava uma
situação difícil para os cavaleiros privados de terras e desocupados, e aos quais só
restava escolher entre a guerra de conquista e as aventuras nos países longínquos (como
fizeram muitos filhos mais novos na Normandia) ou entre a pilhagem e a desordem na
própria terra. Além disso, as dificuldades encontradas peloscamponeses que queriam
ampliar as suas culturas e os perigos que para eles representavam os guerreirossalteadores
clamavam por uma solução nova. Em suma, a situação econômica do
Ocidente explica, numa parte impossível de avaliar, o êxito da Cruzada; aos pregadores
não faltavam argumentos para exortar grandes e pequenos a se lançarem na rota da Síria
[...] (ROUSSET, 1980, p. 14).
O catolicismo eraa religião vigente e a única instituição com poder suficiente para
mudar a situação de caos na Europa Ocidental. Numa época em que a religião era grande
parte do cotidiano das pessoas e o temor dos castigos de Deus em relação ao pecado,
que estavam sempre à espreita, faziam um cenário propício para transformar o poder
espiritual da igreja em poder político. Na prática, convocar os cristãos parauma guerra
santa foi apenas um subterfúgio, porque haviam inúmeros interesses envolvidos na oferta
do Papa. Através dessa cruzada, o papa Urbano II almejava, basicamente, retomar o
prestígio e a unidade da Igreja, que a muito estava abalado pela corrupção do clero e pelo
Cisma do Oriente, ocorrido em 1054, e que foi responsável por ter dividido a cristandade
entre a Igreja Católica ApostólicaRomana, com sede em Roma, e a Igreja Ortodoxa, com
sede em Constantinopla.
Com o conhecimento desses objetivos e a clara intenção de colocar a igreja
novamente no cenário político da época, em 1095 o Papa Urbano II decide ajudar um
antigo rival, líder político da igreja ortodoxa grega, Aleixo I, que a partir de Constantinopla
solicitou ajuda para revidar o ataque dos Turcos Seljúcidas que já tinhamtomado os
territórios muçulmanos da Pérsia, Síria, Palestina e a cidade de Jerusalém, sendo seu
próximo alvo o Império Bizantino. Era além de tudo a oportunidade do cristianismo
retomar as terras sagradas e aumentar o seu poder econômico e político.
O Papa Urbano II era um excelente orador e com um sermão histórico proferido em
Clermont, na França, convocou os reis e príncipes da Europa a travarem...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Documentário History Channel
  • A origem da vida
  • Bizancio
  • RESENHA E CRÍTICA DO DOCUMENTÁRIO “O DESASTRE DE CHERNOBYL
  • Construindo Império ; Roma (History Channel)
  • resenha das cruzadas
  • American History X Resenha
  • Resenha documentário

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!