resenha: cultura na contemporaneidade, a partir do texto ‘O mal-estar na pós-modernidade’ de Zigmunt Bauman e do documentário ‘crianças a alma do negócio’

Páginas: 5 (1222 palavras) Publicado: 17 de setembro de 2014
RAFAELA LEONEL

‘SOCIEDADE DE CONSUMO: A CULTURA NA CONTEMPORANEIDADE’

Maceió – AL
Setembro - 2014

‘Erguemos muros que nos dão a garantia
De que morremos cheios de uma vida tão vazia
Nas grandes cidades de um país tão irreal
Os muros e as grades
Nos protegem de nosso próprio mal’ *

O objetivo deste trabalho é pensar a cultura na contemporaneidade, a partir do texto ‘Omal-estar na pós-modernidade’ de Zigmunt Bauman e do documentário ‘crianças a alma do
negócio’, produzido por Marcos Nisti e dirigido por Estrela Renner em 2008. Assim,
buscaremos refletir sobre os aspectos de liberdade/segurança, valor/perda de valor, ordem/mal
estar apresentados e discorridos por Bauman, atravessado pela questão explorada no
documentário, do consumo como condição necessária para afelicidade na atualidade e que
por isso converge também para o mal-estar na pós-modernidade.
O texto de Bauman deriva do que Freud desenvolveu e apresentou como sendo o malestar da modernidade, dos conceitos de beleza, limpeza e ordem como condições necessárias
da civilização e/ou cultura, sendo que esta ‘se constrói sobre a renúncia ao instinto [...] – e por
isso – impõe grandes sacrifícios àliberdade e sexualidade do homem’’ (Bauman, p.8). E essa
contenção que a humanidade se submete traz para si angústias e desconfortos, primeiro por ir
de encontro com sua vontade, segundo por ver que trocou sua liberdade por uma ordem
demasiada em busca de uma segurança que na pós modernidade percebe-se que não foi
possível. Ao contrário o sentimento que submerge é o de insegurança. Como bemexpõe os
autores ‘ganha-se’ uma coisa e perde-se outras.
Contudo, a problematização que o autor faz é que se na modernidade a grande questão
que Freud apresentou como a causadora de mal-estar foi a troca entre a possibilidade de
felicidade pela possibilidade de segurança, resultantes de um excesso de ordem, na pósmodernidade, no entanto, ‘os ganhos e as perdas mudaram de lugar. ‘Os homens emulheres
pós-modernos trocaram um quinhão de suas possibilidades de segurança por um quinhão de
felicidade’ (p. 10). Assim, a grande questão da pós-modernidade será justamente a procura do
prazer.
Na pós modernidade a liberdade passa a ser uma exigência contemporânea por isso há uma
mudança em que o autor traz no decorrer do texto. A humanidade (pós moderna) percebe que
______________
* Música:Muros e grades. Engenheiros do hawaii.

a contenção de liberdade não foi satisfatória e ‘preferem’ optar pela liberdade em detrimento
essa segurança que não foi possível plenamente. Com isso se instituem novas trocas, novos
modos de relação e de valores.
Eis que aqui podemos começar a pensar em algumas questões levantadas no
documentário, do consumo como sendo aquilo que promete a alegriada existência na
sociedade e por isso, o desejo das crianças influenciadas pelas mídias e publicidades, tem sido
cada vez mais direcionado para o ato da compra, não pela necessidade ou pelo desejo do
objeto, mas pura e simplesmente pelo desejo de consumir, por um desejo que é imposto, não
importando mais o que vai ser comprado, lógica essa fundamentada no sistema capitalista do
incentivo aoconsumo para aumento da produção e consequentemente manutenção do mesmo.
Além disso, na infância fica mais evidente a questão da angústia pelas possibilidades e
escolhas, pois se ‘qualquer valor só é um valor graças a perda dos outros valores’ (p. 10), no
oposto, o valor dos objetos diminuem uma vez que tudo tem valor. Basta observarmos nas
crianças, que quando ganha-se um presente muitodesejado, logo o interesse neste acaba-se e
o desejo desloca-se para o interesse de um novo consumo, já que a ‘felicidade [...] só é
possível como fenômeno episódico’(p.10). Nesta perspectiva Campos (2008, p.22) esclarece
que “investe-se não somente na produção de mercadorias, mas na produção da própria
demanda”, viabilizando o ciclo do compre, desfrute, jogue fora já trazido por Bauman em
Vida...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • O mal-estar aa pós-modernidade
  • Resenha Sobre O Mal Estar Na Pos Modernidade
  • O mal estar da pós modernidade
  • Relatório documentário
  • Sobre o documentário "criança, a alma do negócio"
  • Resenha Criança e Alma do Negócio
  • Resenha "criança a alma do negócio"
  • Resenha crítica

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!