resenha critica do livro Diáspora Negra

Páginas: 5 (1052 palavras) Publicado: 18 de outubro de 2014
O Livro Diáspora Negra do Brasil escrito pela historiadora Linda Heywood, estudiosa da história da África Central.
Seu trabalho no Livro Diáspora Negro do Brasil baseou-se no inicio da era do comércio escravagista onde usou como parte de sua pesquisa as obras do também historiador Joseph Miller, onde procurava compreender desde o inicio da saída dos escravos da África Central para seremescravizados, como compreender o local em que se encontravam, os traumas causados pela nova experiência de vida, e de que forma encontraram um novo sentido para suas novas vidas como também a adaptação com pessoas também escravizadas de outros continentes.
Já com o historiador John K. Thornton analisou o traço religioso da África Central nesse período, o que mais a fascinou na obra de John K. Thorntonfoi sua pesquisa em cima de documentações escritas no período, o que permitiu uma melhor compreensão não só da época como também das variadas regiões. Esses vários materiais foram na maioria recolhidos de missionários portugueses, que querendo catequiza-los entravam muitas vezes em choque com suas crenças, e onde o historiador com sua compreensão alheia aos interesses religiosos, conseguecompreender a aceitação por parte desses escravos de seres espirituais que habitavam outro mundo, alem disso a diferença das crenças entre as regiões de procedência desses escravos. Segundo o autor a existência de feiticeiros era unanime entre africanos e europeus, pois ambos traziam sofrimento através do sobrenatural, em contra partida africana e europeia tinham suas próprias maneiras de lidar com essesfenômenos. Os europeus defendiam a existências da boa feitiçaria com seus videntes e profetas, já os africanos diziam que era possível desvincular o mal do sobrenatural, e que tudo dependia da intenção do ser vivo.
Com a interferência católica, a religião africana não teve tantas mudanças, apesar de haver algumas alterações da sua religião original, pois ainda hoje algumas entidades dentro dosincretismo africano se confundem com alguns santos da religião católica, porem sua estrutura continuou a mesma de origem. Nesse aspecto a historiadora Linda Hywood, despertou que este processo conseguiu com que ambas as culturas tivessem alterações, pois com a vivencia de homens e mulheres, portugueses e africanos, e a relação entre ambos, seus descendentes então passaram a ser conhecidos comoafro-lusitanos e com isso alem da religião, também a linguagem, a culinária a dança, a musica, assim como a própria cultura foram alterados.
Já no Capitulo Quarto com o tema “Centro-Africano no Brasil Central” a autora pesquisou outra historiadora Mary Karasch, que trata da formação dos quilombos, tomando como base o quilombo de Kalunga em Goiás, onde segundo a autora tudo começou pelo interesse peloouro. Com base em documentos oficiais a autora constata que no final período do colonial e ao inicio do período do Império (1780 a 1835) existia documentos sobre os habitantes e suas residências, onde através desses dados foi possível obter o retrato desse quilombo e de seus habitantes e compara-los com os de outras regiões. alem desde senso documentos houveram outros como certidão de batismo,certidão de óbito, registro de inventários, impostos,certidão de alforria, tudo isso sem esquecer o comércio de escravos existentes nos portos e capitanias de Goiás. Já no capitulo seguinte ”Quem é o rei do Congo? Um novo olhar sobre os reis africanos e afro-brasileiros no Brasil” nossa historiadora Linda Heywood do prosseguimento a sua pesquisa com outra historiadora, Elizabeth W. Kiddy, trazendo atona o inicio de seu livro onde afirmava que por volta do Século XVIII a cultura centro-africana e a cultura europeia já combinavam entre si, e que, portanto a chegada dos escravos no Brasil, somente se constatou a continuação do processo de mistura cultural, passando apenas por uma adaptação. E a partir do Século XVIII, todos os reis negros passaram a denominar-se Reis do Congo, onde o...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Analise do livro a diaspora negra no brasil
  • resenha crítica do livro "o que é leitura"
  • Resenha critica do lívro:
  • Resenha critica livro: o que é o brasil?
  • Resenha Crítica do Livro "A Moreninha"
  • Resenha crítica do livro
  • Resenha crítica do livro o que é sociologia
  • RESENHA CRITICA DO LIVRO IRACEMA

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!