Representações "indígenas"..

Páginas: 35 (8618 palavras) Publicado: 7 de novembro de 2012
AS “REPRESENTAÇÕES” DOS INDÍGENAS NAS


ICONOGRAFIAS E O ENSINO DE HISTÓRIA.








Joselene dos Santos Maciel[1]





RESUMO


Este artigo analisa as diferentes “representações” dos povos indígenas a partir de algumas obras iconográficas de pintores e viajantes escolhidas entre os séculos XVI e XIX, presentes nos livros didáticos. As iconografias (em livros didáticos), àsvezes, cristalizam olhares e produzem discursos sobre estes povos (indígenas) e realmente, ainda se conhece pouco acerca das novas leituras que as imagens dos pintores e viajantes têm proporcionado numa direção interpretativa da história em sala de aula. Interessa neste estudo, questionar, compreender e analisar criticamente algumas obras e tecer considerações sobre novas interpretações diferentessobre os indígenas nessas iconografias.


PALAVRAS- CHAVES: História, Iconografias, indígenas e livros didáticos.





INTRODUÇÃO


Poderíamos olhar horas para um quadro de Debret, de Rugendas ou de outro pintor ou viajante que representaram os índios e tentar entender as intenções com que foram produzidos. As escolhas dos momentos registrados deixaram para a História,possibilidades de interpretação do Brasil sobre sua população, sua fauna e sua flora.


Neste artigo interessa compreender a importância desses registros iconográficos para a História dos índios do Brasil e principalmente para propor novas interpretações sobre as diferentes culturas indígenas que habitavam a terra Brasilis. A compreensão crítica acerca dos olhares eurocêntricos desses registrosiconográficos dos pintores e viajantes pode contribuir para uma leitura mais problematizadora e menos ilustrativa dessas fontes, inclusive para a transposição didática dos conteúdos de história em sala de aula sobre os nativos indígenas. A discussão sobre os conceitos envolvendo história e iconografia, seja esta como fonte, linguagem ou documento pode auxiliar no sentido de explorar as diferentes“representações” feitas sobre os indígenas em momentos diversos da História do índio no Brasil, considerando as condições históricas de sua produção, o lugar social onde foi produzida e por que estão representadas daquela forma.


Partindo da análise de algumas iconografias, pretende-se compreender que ideias surgem no momento da representação dos povos indígenas e como essas interpretaçõesdo artista (pintor) e ou do viajante puderam colaborar para cristalizar ou não valores sobre os índios, bem como discutir as leituras condicionadas pelo ensino de história, cujo modelo obedecia à repetição e à memorização. É importante salientar que nos primeiros séculos da colonização brasileira, era comum o envio não só de informantes relatores, mas também de pintores nas embarcaçõesexploradoras, com o objetivo de representar o que viam, seja para comprovar o que se pensava sobre esta terra desconhecida, seja para mostrar o que existia por aqui de “exótico”.


A História começa a ser discutida e pensada como Ciência no século XIX. A vinda de pintores e viajantes nesse período para o Brasil coaduna- se com o interesse da Corte Imperial e de parte da elite intelectual brasileira,no caso de historiadores a serviço desta mesma corte, em apresentar o que era o Brasil, numa visão da História positivista, utilizando a pintura como “verdade”, “fato que realmente aconteceu”, algo bem semelhante ao que ocorria com os documentos na época, pois a veracidade do fato histórico estava sacralizada nos documentos, até então a única fonte ou prova dos acontecimentos históricos.A proposta deste trabalho é, a partir das ilustrações, gravuras e pinturas mais recorrentes em alguns livros didáticos, estabelecer as possibilidades de leituras interpretativas sobre as “representações” dos indígenas nestas obras, considerando as intenções e os significados que assumem para duas diferentes correntes historiográficas: a positivista e a Escola dos Annales. Para este artigo...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • As representações da cultura indígena, na práxis educativa
  • Representações Sociais de Suicídio Indígena em São Gabriel da Cachoeira
  • Imagens que dizem: representações coloniais dos indígenas na sociedade brasileira.
  • Representaçoes
  • Das representações
  • AS REPRESENTAÇÕES
  • Indigenas
  • indigenas

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!