René descartes

Páginas: 6 (1319 palavras) Publicado: 3 de junho de 2013
COLÉGIO ESTADUAL SENADOR ONOFRE QUINAN
Turno: Matutino Turma: 2ºB Nºs: 15, 22, 45

René Descartes e o método cartesiano

Trabalho de Filosofia apresentado a professora Deize como requisito parcial para o bimestre.


Alunos: Geovana da Rocha
Jennifer Caroline Martins
Wellington Silva

Goiânia
2013Introdução
O objetivo de Descartes é encontrar o caminho seguro e eficaz a ser percorrido por aqueles que desejam conhecer algo de firme e de constante nas ciências. Para tal utiliza-se da dúvida metódica, ou da decisão voluntária de considerar como falso tudo aquilo que é somente duvidoso, ou como enganador aquilo que ao menos uma vez o tenha enganado. Assim, ao longo da primeira meditação, expõe asrazões pelas quais é possível colocar em dúvida a existência de todas as coisas conhecidas através do conhecimento sensível. A dúvida, após gradativos avanços, chega ao seu ápice: o argumento do Deus Enganador, posteriormente denominado, Gênio Maligno, redundando na hiperbolização da dúvida. E como necessidade lógica desta argumentação anterior, Descartes pode postular na segunda meditação, aexistência do seu “eu”, ou seja, a existência da “coisa que pensa”. Neste sentido, o ato de duvidar, é auto-evidente e dispensa qualquer formulação por vias de raciocínio dedutivo, caracterizando-se como intuição primeira e necessária: Eu sou, eu existo. É neste momento que Descartes, cuja intenção era a de derrubar todo o edifício do conhecimento humano, principiando pelos seus alicerces, para daí,construir um novo edifício do conhecimento, indubitável e seguro, pode então iniciar a longa cadeia de razões que vai se constituir nos novos alicerces do conhecimento com o Cogito. Após questionar se se apresentam outras idéias com o mesmo caráter auto-evidente desta primeira, ou seja, do Cogito, visando a reconstrução do edifício do saber, pois Descartes rapidamente percebe a necessidade de sair dosolipsismo em que estava encerrado, pois esta primeira certeza não é por si só, dada a sua temporalidade, capaz de possibilitar a saída para o conhecimento seguro, Descartes inicia a investigação e demonstração da existência de um Deus, pelo princípio de causalidade, ou seja, vai demonstrar a existência de Deus pelos seus efeitos: a idéia que tenho Dele em mim. A importância desta prova nocontexto das Meditações reside no fato de que é ela que confere sua verdade ao Cogito, eliminando sua temporalidade e, consequentemente garantindo a veracidade das idéias claras e distintas concebidas em seu molde.
 

Síntese Biográfica
Descartes foi um importante filósofo, matemático e físico francês do século XVII. Também fez estudos nas áreas da Epistemologia e Metafísica. Descartes é consideradoo pioneiro no pensamento filosófico moderno.
Descartes nasceu na cidade de La Haye (França) em 31 de março de 1596 e morreu na cidade de Estocolmo (Suécia) em 11 de fevereiro de 1650.
Filho de advogado, estudou com Mercennes em La Flêche, um colégio jesuíta, onde adquiriu ampla formação filosófica e matemática, e formou-se em direito pela Universidade de Poitiers (1616). Militar por períodosdistintos assessorando Maurício de Nassau (1618), depois o Duque Maximiliano I da Baviera (1619) e, mais tarde, o exército francês, para finalmente dedicar-se a matemática e filosofia, onde fundou o cartesianismo, doutrina caracterizada pelo racionalismo, pela consideração do problema do método como garantia da obtenção da verdade, e pelo dualismo metafísico, tornando-se o pai da filosofia moderna.Descartes: - Sugeriu a união entre os estudos da Álgebra e Geometria, criando a Geometria Analítica.
- Desenvolveu o Sistema de Coordenadas, também conhecido como Plano Cartesiano.
- Desenvolveu o Método Cartesiano no qual defende que só se deve considerar algo como verdadeiramente existente, caso possa ser comprovada sua existência. Também conhecido como Ceticismo Metodológico, segue o...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Rene Descartes
  • René Descartes
  • René Descartes
  • Renê descartes
  • René Descartes
  • Rene Descartes
  • René descartes
  • Rene Descartes

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!