Religiosidade

Páginas: 16 (3767 palavras) Publicado: 15 de maio de 2014
Religiosidade

Religião e religiosidade não são a mesma coisa. É possível ser religioso, sem ter uma religião (no sentido instituição e organização oficial). Assim, como é possível ser estudioso, sem ser estudante acadêmico (no sentido um conteúdo programado, didática e metodologia definida, sistematizado e científico). Por outro lado, é possível ter uma religiosidade e não ser religioso.Religiosidade/sentimento religioso: definição
É o que acontece hoje com aqueles que não costumam rezar, mas quando alguém adoece não param de rezar, fazer promessas, acender velas. Ou então, aqueles que nunca vão à igreja, mas, quando morre algum familiar, amigo, mandam rezar missa de 7º dia; ou quando nasce uma criança, buscam logo batizá-la, para evitar coisas ruins...
A religião supõe osentimento religioso, que podemos identificar, primeiramente, pela busca permanente do homem por “algo mais”. Todas as pessoas psicologicamente sadias, em todos os povos, lugares e épocas, culturas, buscam plenitude, infinito, realização, felicidade, sentido da vida e da morte... Esta sede de Absoluto, o não conformar-se com as limitações e contingências do contexto atual, imediato, a busca “além dohorizonte” material do universo, identificamos como sentimento religioso.
Religiosidade, trata-se, antes de mais nada, da expressão do sentimento religioso que irrompe no consciente humano e extravasa na vida pessoal e coletiva. Esse sentimento ninguém segura. Tudo o que a pessoa faz como expressão da sua experiência de Deus é religiosidade.
Religiosidade, o que é?
Tudo o que a pessoa faz comoexpressão da sua experiência de Deus é religiosidade, mesmo que não saiba explicar as razões da fé e nem explicitar a fundamentação religiosa (corpo doutrinário, os ritos da religião). Não sabe dar as razões e esperança da sua fé ou crença. Geralmente tem pouca formação religiosa e conhecimento religioso, mas não deixa de ser religioso.
A religiosidade não exige estudo e tem pouca participação davida comunitária e da instituição.
Fé subjetiva e intimista.
É uma fé individual, subjetivista, privativa com muita facilidade pode mudar de religião, pois, busca aquela que melhor atender os seus interesses e necessidades.
Em realidades como a brasileira, este é também um espaço para o Sincretismo.
Geralmente é uma fé ou crença individual e intimista, subjetiva, vertical, sujeito a mudançasfáceis, carece de aprofundamento, sem maiores explicações, o que vale é a ajuda imediata às necessidades particulares.
As celebrações comunitárias na religiosidade:
As expressões comunitárias de religiosidade manifestam-se e desenvolvem-se de forma simples, vivencial. A participação intensa das pessoas é uma característica fundamental. Cria um clima de envolvimento pelo sagrado, um ambientecontagiante de oração, de cantos, aclamações, gestos. São exemplos as romarias, as procissões, momentos dedicados às bênçãos em geral, devoções populares os santos e santas.
O conteúdo é muito simples, ligado ao cotidiano da vida, não interessam intelectualizações. Importa a vivência, a participação e respostas imediatas. As celebrações, a liturgia, em geral não é rígida: os ritos, os gestos, asorações e a sua seqüência podem variar e seguir ritmos e estilos próprios do lugar, da cultura.
Religiosidade popular é a expressão da fé do povo sem explicações intelectuais, doutrinais. Caracteriza-se pela fé intimista, individual, sem compromisso com a alteridade, devocional, acompanhado muitas vezes com mistura de superstições e sincretismo.
A religiosidade é popular porque é a fé do povosimples, sem explicações intelectualizadas, sem conhecimento do corpo doutrinário, sem rigidez nos ritos, gestos e orações.
A diferença entre a religião e religiosidade está no grau do conhecimento e vivência dos valores da fé: uma pessoa é mais religiosa do que a outra, isto é, um sente e vive mais a sua dependência de Deus do que outro.

Sinais de religiosidade:
Sinais de religiosidade são...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • religiosidade
  • religiosidade
  • religiosidade
  • RELIGIOSIDADE
  • Religiosidade
  • Religiosidade
  • religiosidade
  • Religiosidade

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!