RELAT RIO DE AULA PR TICA

Páginas: 9 (2097 palavras) Publicado: 14 de maio de 2015
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA

LABORATÓRIO DE ENGENHARIA QUÍMICA 2









instrumentação e medidas















ALUNO: ALYSSON MENDES FALCÃO DE ATHAYDE
PROF.: NELSON MEDEIROS














04/2015
RECIFE
1. INTRODUÇÃO
O entendimento dos diversos fenômenos físico-químicos, sejam eles em escala laboratorial ou industrial, depende grandemente da capacidade de observação das partes interessadas nodado processo. Os diversos instrumentos de medição empregados em qualquer atividade produtiva ampliam o entendimento do processo por parte dos operadores, conferindo maior controle e consequentemente elevando a qualidade do produto em questão.
Duas grandezas frequentemente monitoradas em muitos processos industriais são temperatura e vazão. Variações de temperatura podem ser registradasempregando-se termopares, dispositivo formado por dois metais distintos que são conectados como um circuito. Uma corrente elétrica fluirá no circuito se os metais forem expostos a temperaturas diferentes. Se uma das juntas for colocada numa temperatura fixa conhecida, a diferença de potencial será proporcional à diferença de temperatura entre as juntas (efeito Seebeck). Dois outros efeitos são associadosaos termopares: O efeito Peltier, que afirma que a direção da corrente é definida, fluindo da extremidade mais quente para a mais fria, e o efeito Thompson, que diz que quando uma corrente flui sobre um condutor com temperaturas diferentes, há geração ou absorção de calor, dependendo da direção da corrente e do fluxo de calor. (DUNN, 2006, p. 174).
No que se refere às medidas de vazão, rotâmetrossão comumente empregados e proporcionam uma leitura direta da vazão numa determinada tubulação. Consistem num tubo posicionado verticalmente contendo um peso em forma de T ou similar. O tubo é graduado em termos da taxa de vazão de acordo com as características do fluido que que sobe por ele, e o peso sobre à medida em que a velocidade do fluido aumenta. A posição do peso no tubo depende de sua massae densidade, a viscosidade e densidade do fluido e seu diâmetro em relação ao diâmetro do tubo (DUNN, 2006, p. 142).
2. OBJETIVOS
O experimento realizado pode ser dividido em 3 partes. Primeiramente, foi realizada a calibração de um termopar do tipo Constatam (Cu-Ni) a partir da medição das temperaturas e as respectivas DDPs correspondentes. Em seguida, utilizou-se um rotâmetro para líquidos paramedir a vazão de água, realizando-se também a calibração do mesmo. Por último, a vazão de um gás foi medida com o auxílio de um fluxímetro e um bolhômetro.


3. METODOLOGIA EXPERIMENTAL
A descrição dos procedimentos de calibração realizados está explicitada nas seções a seguir.

3.1 Calibração do Termopar
3.1.1 MATERIAL
Tabela 1 – Materiais e equipamentos
Material
Quantidade
Vidraria
Bécquerpara o banho quente
01
Bécquer para o banho frio
01
Materiais
Aquecedor termostático
01
Termopar
02
Multímetro Digital
01
Fiação elétrica para conexão
01
Termômetro de Mercúrio
02


3.1.2 PROCEDIMENTO
- Fez-se o esquema de montagem do termopar, como exposto na Figura 1;
-Adicionou-se gelo ao banho frio e mediu-se a temperatura de referência Tref;
-O aquecedor foi inserido no banho quente eacionado;
-Mediu-se a DDP entre os terminais do termopar com o voltímetro digital para 6 temperaturas diferentes no banho quente;


Figura 1 – Montagem experimental do termopar calibrado
3.2 Calibração do Rotêmetro de Líquido
3.2.1 MATERIAL
Tabela 2 – Materiais e equipamentos
Material
Quantidade
Vidraria
Proveta graduada
01
Materiais
Mangueiras de borracha
02
Rotâmetro para líquidos
01
Cronômetro digital01


3.2.2 PROCEDIMENTO
-Conectou-se uma mangueira da entrada do rotâmetro à torneira, e outra à saída do rotâmetro;
-A torneira foi ligada e a vazão ajustada de acordo com a leitura no rotâmetro (Figura 2);
-Mediu-se o tempo necessário para encher 250ml da proveta;
-Os resultados da vazão calculada foram comparados com os da vazão fornecida pelo rotâmetro;


Figura 2 – Rotâmetro de líquido...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • RELAT RIO DE AULA PR TICA
  • RELAT RIO AULA PR TICA
  • Relat Rio De Aula Pr Tica
  • Relat Rio De Aula Pr Tica
  • Relat Rio Da Aula Pr Tica
  • RELAT RIO DE AULA PR TICA
  • Relat Rio Aula Pr Tica
  • Relat Rio Aula Pr Tica

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!