Relatório exp 1 medidas e tratamento de dados

Páginas: 4 (865 palavras) Publicado: 9 de abril de 2014
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA
CENTRO DE CIÊNCIAS FÍSICAS E MATEMÁTICAS
DEPARTAMENTO DE QUÍMICA























RELATÓRIO DA EXPERIÊNCIA Nº 1 – QMC5104RICARDO AUGUSTO EGER
HERODE ALEXANDRE



















FLORIANÓPOLIS, ABRIL DE 2013
QUESTIONÁRIO

1) Como você poderia medir ¼ mililitro de água com o equipamento utilizadono item A-2? Densidade da água = 1,0 g/mL.

Sabendo que 1 mL de água possui uma massa de 1,0 g, ¼ mL de água pesa ¼ g, ou seja, 0,25 g. Assim, colocaríamos o béquer de 100 mL seco na balança e –considerando a massa do béquer como sendo x – com o conta-gotas adicionaríamos gotas de água até a balança indicar x + 0,25 g. Uma outra alternativa possível é utilizar os resultados obtidos nesse mesmoitem. Após a pesagem do béquer seco e com as 50 gotas de água, observamos que a massa das 50 gotas de água é de 2,6 g, ou seja, cada gota de água possui uma massa 0,052 g. Portanto, adicionando 5gotas ao béquer obteríamos aproximadamente ¼ mL de água.

2) Na avaliação da massa de 20,00 mL de água (item B do procedimento) foram utilizados uma proveta e uma pipeta volumétrica. Qual dos doispossui melhor precisão? Explique sua resposta.

Após a execução desse item, obtivemos alguns resultados, entre os quais:

PROVETA
PIPETA


Massa do 1º 20 mL: 20,51 g
Massa do 1º 20 mL: 19,57 gMassa do 2º 20 mL: 18,98 g
Massa do 2º 20 mL: 20,01 g
Massa do 3º 20 mL: 19,53 g
Massa do 3º 20 mL: 20,07 g
Média das medidas: 19,67 g
Média das medidas: 19,88 g


Desvio da 1ª medida: 0,84 gDesvio da 1ª medida: 0,31 g
Desvio da 2ª medida: 0,69 g
Desvio da 2ª medida: 0,13 g
Desvio da 3ª medida: 0,14 g
Desvio da 3ª medida: 0,19 g
Média dos desvios: 0,56 g
Média dos desvios: 0,21 gComparando a média dos desvios na proveta com a média dos desvios na pipeta, podemos constatar que a pipeta apresenta um desvio médio menor que a proveta, possuindo, portanto, melhor precisão....
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Experiência 1: Medidas e tratamentos de dados
  • Experiencia 1: medidas e tratamentos de dados
  • Relatório de prática de medida e tratamento de dados
  • Experiência 1
  • EXPERIÊNCIA Nº 1: MEDIDAS E TRATAMENTOS DE DADOS
  • EXPERIÊNCIA Nº 1: MEDIDAS E TRATAMENTOS DE DADOS
  • Experiência nº 1: medidas e tratamentos de dados
  • MEDIDA DE VOLUME E TRATAMENTO DE DADOS

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!