Relatório de Mecânica dos Solos - Ensaio de granulometria conjunta

Páginas: 7 (1596 palavras) Publicado: 22 de fevereiro de 2014

Universidade Federal da Bahia – Instituto de Ciências Ambientais e Desenvolvimento Sustentável
Engenharia Civil





NATHAN ARAÚJO DE SOUZA






ENSAIO DE GRANULOMETRIA
CONJUNTA








Barreiras – BA
2013

Universidade Federal da Bahia – Instituto de Ciências Ambientais e Desenvolvimento Sustentável
Engenharia Civil




NATHAN ARAÚJO DE SOUZA




ENSAIODE GRANULOMETRIA
CONJUNTA



Trabalho apresentado a Universidade Federal da Bahia – Instituto de Ciências Ambientais e Desenvolvimento Sustentável como requisito à obtenção de nota referente a Mecânica dos Solos (IAD 127), sob orientação da Professora Simone Cristina de Jesus.




Barreiras – BA
2013
1. Introdução

A granulometria do solo consiste na distribuição de suaspartículas, seja de natureza inorgânica ou mineral, de acordo com suas classes de tamanho, também chamadas de frações granulométricas.
Com a realização do ensaio de granulometria pode-se determinar a porcentagem em peso que cada faixa de tamanho de partículas especificada representa na massa total que foi ensaiada.
O reconhecimento dos tamanhos dos grãos de um solo pode ser feito através de uma análisegranulométrica, que consiste em geral, de um peneiramento ou uma combinação de sedimentação e peneiramento. A quantidade (peso) do material que passa em cada peneira, referido ao peso seco da amostra, é considerado como a porcentagem que passa, e estes valores são representados graficamente em função da abertura da peneira, em um gráfico de escala logarítmica, representando a classificação dasfrações granulométricas.






















2. Objetivo

O objetivo desse experimento é obter a curva granulométrica de um solo através do ensaio de granulometria, realizado com peneiramento e sedimentação, sendo os procedimentos descritos pela NBR 7181/1984 – Solo: analise granulométrica.

3. Materiais

Balanças que permitam pesar nominalmente 200g, 1,5kg, 5kg e 10kgcom resoluções de 0,01g, 0,1g, 0,5g e 1g, respectivamente, e sensibilidades compatíveis;
Recipientes adequados, tais como dessecadores, que permitem guardar amostras sem variação de umidade;
Estufa capaz de manter a temperatura entre 60◦C e 65◦C e entre 105◦C e 110◦C;
Aparelho de dispersão, com hélices substituíveis e copo munido de chicanas, a rotação da hélice não deve ser inferior a 9.000rpm;
Proveta de vidro, com cerca de 450 mm de altura e 65 mm de diâmetro, com traço de referencia indicando 1000 cm³ a 20◦C;
Decímetro de bulbo simétrico, calibrado a 20◦C e com resolução de 0,001;
Termômetro graduado em 0,1◦C, de 0◦C a 50◦C;
Relógio com indicação de segundos;
Béquer de vidro, com capacidade de 250 cm³;
Proveta de vidro, com capacidade de 250 cm³ e resolução de 2 cm³;
Tanquepara banho, com dimensões adequadas à imersão das provetas até o traço de referência, capaz de manter a temperatura de suspensão aproximadamente constante durante a fase de sedimentação;
Peneiras de 50, 38, 25, 19, 9,5, 4,8, 2,0, 1,2, 0,6, 0,42, 0,25, 0,15 e 0,075 mm, de acordo com a NBR 5734;
Escova com cerdas metálicas;
Agitador mecânico de peneiras, com dispositivo para fixação de até seispeneiras, inclusive tampa e fundo;
Baqueta de vidro;
Bisnaga.


Figura - Aparelho de dispersão ( a esquerda) e detalhe da hélice (a direita)



Figura - Copo de dispersão (a esquerda) e densimetro (a direita)


4. Procedimento

Primeiramente, toma-se a quantidade de amostra preparada de acordo com a NBR 6457. Depois se determina com as resoluções da Tabela 1 presente na norma, amassa da amostra seca ao ar e anota como Mt.
Em seguida passa esse material na peneira de 2 mm, tomando-se a precaução de desmanchar no almofariz todos os torrões eventualmente ainda existentes, de modo a assegurar a retenção na peneira somente dos grãos maiores que a abertura da malha.

Dimensão dos grãos maiores contidos na amostra (mm)
Balança a ser utilizada

Capacidade Nominal (kg)...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Relatórios de ensaios de mecânica dos solos
  • Relatório de Ensaios de Laboratório
  • Relatório granulometria, teor de umidade, mecânica dos solos
  • ENSAIO DE GRANULOMETRIA DOS SOLOS 2
  • Mecânica dos Solos
  • Mecanica dos solos
  • Trabalho de granulometria
  • Relatorio Ensaio de Granulometria

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!