Relatório de Física Experimental 1

Páginas: 8 (1926 palavras) Publicado: 13 de setembro de 2014
Investigando a aceleração da gravidade e a constante elástica de molas
Autor: Jeferson César Silva de Oliveira
Física Experimental I
Instituto Federal de Pernambuco – IFPE
e-mail: jjefersoncesar@gmail.com

Resumo: Com o objetivo de encontrar um valor aproximado para a aceleração da gravidade demonstrando que ela varia com a altitude do local e que o tamanho de uma mola interfere na suaconstante elástica, utilizamos objetos (aparelho de queda livre, pêndulo simples e molas) que auxiliaram nos experimentos. Obtivemos valores para a aceleração da gravidade tanto com o aparelho de queda livre como com o pêndulo e para a constante elástica das molas. Observando que a aceleração da gravidade varia com a altitude e que o tamanho de uma mola interfere na sua constante elástica.
Palavraschave: gravidade, pêndulo e lei de Hooke

Introdução

O estudo do movimento vertical, conhecido também por queda livre, pode ser analisado quando um corpo é solto no vácuo ou no caso de ser desprezada a resistência do ar, onde pode ser observado que esse corpo sofre uma aceleração vertical que o atrai para o centro da Terra, essa aceleração é chamada de aceleração da gravidade e éindicada pela letra g, essa aceleração varia de acordo com a altura e a latitude do local, mas não depende das características do objeto (forma, massa etc.). ”O valor da aceleração da gravidade, tomando ao nível do mar e um latitude de 45º, é: g = 9,80665 m/s2”(RAMALHO; NICOLAU; TOLEDO, 2007, p. 70).
Nos casos em que o movimento se realiza próximo a superfície terrestre a aceleração pode serconsiderada constante, então a queda livre é um exemplo de MUV, no qual todas as equações desse movimento podem ser usadas.
O pêndulo simples é um sistema que possui uma massa ligada por um fio a um ponto fixo que permite sua livre movimentação, neste caso “As forças que agem sobre o peso são a tração T exercida pelo fio e a força gravitacional (...)” (HALLIDAY; RESNICK; WALKER, 2009, p. 96)onde a força gravitacional tem o papel de força restauradora, pois força a massa a retornar para o ponto mais baixo.
Quando a massa é afastada da sua posição de repouso e em seguida é solta, o pêndulo começa a realizar oscilações de caráter periódico. E nos casos em que o ângulo é menor que 15º, pode considerar-se que o pêndulo realiza um MHS (Movimento Harmônico Simples).
Considere umsistema elástico em repouso, constituído por uma mola e um corpo, ao ser alongada ou comprimida, a mola exerce no corpo uma força chamada de força elástica que tende a trazer o corpo a posição de equilíbrio novamente. A força elástica é dada pela equação: F= - kx, que é conhecida como lei de Hooke.
“O sinal negativo (...) indica que o sentido da força elástica é sempre oposto ao sentido dodeslocamento da extremidade livre da mola” (HALLIDAY; RESNICK; WALKER, 2009, p.162).

Procedimento Experimental

Tendo o objetivo de calcular a aceleração gravitacional no local onde foi realizada a aula, foram realizados dois experimentos, com o auxílio de dois instrumentos.
O primeiro instrumento usado é constituído por uma coluna suporte que possui um eletroímã na sua extremidadesuperior que mantém suspensa uma esfera metálica (corpo “C”), também possui dois sensores ópticos, ligados a um cronômetro, um dos sensores é fixo, localizado um pouco abaixo do eletroímã e o outro móvel, que é colocado no local desejado, para determinar a distância “y” que o corpo irá percorrer, ambos são extremamente importantes, pois, quando o eletroímã é desativado, proporciona a queda livre docorpo “C” que ao passar pelo primeiro sensor, ativa o cronômetro e quando atinge o segundo o cronômetro é travado, indicando o tempo gasto para o corpo percorrer a distância “y”.
Fig. 1- Ilustração do instrumento utilizado para a demonstração da queda livre.
As equações utilizadas no cálculo da aceleração da gravidade são as do MUV (Movimento Uniformemente Variado), neste caso, foi...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Relatório Fisica experimental 1
  • Relatório de física 1 experimental
  • relatorio fisica experimental 1
  • Relatorio De Fisica Experimental 1
  • Relatório Física experimental 1
  • 1° Relatorio fisica experimental
  • Relatório Física Experimental 1
  • Relatorio de fisica experimental 1

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!