Relatório Aula prática de semeadura

Páginas: 5 (1085 palavras) Publicado: 2 de abril de 2014
INTRODUÇÃO:
Aula prática sobre meios de cultura, realizada a primeira etapa em 07 de março de 2014, vimos os diferentes meios quanto ao estado físico, composição química e função, e como realizar cada um deles. Os microrganismos necessitam de nutrientes, para o seu cultivo, devemos colocá-los em meios de cultura, com os nutrientes apropriados para o seu crescimento, assim como condições ideaise ph.
Semeadura: Consiste no plantio de um microrganismo em um meio de cultura, a partir de um material contaminado qualquer.
Repique: Consiste na transferência de um microrganismo de um meio de cultura para outro.

MATERIAIS E MÉTODO
a) Tubo de ensaio com caldo BHI.
b) Placas de Petri com diferentes tipos de ágar
c) Culturas bacterianas em tubos e placas de petri (Staphylococcus aureus,Escherichia coli.)
d) Alça e agulha de cromo-níquel.
e) Bico de Bunsen.

Procedimentos: Todas as semeaduras foram realizadas de acordo com os procedimentos de assepsia para evitar contaminação com outros microrganismos. Sendo elas:
- todo material a ser utilizado autoclavar por 15’ a 121˚C a 1ATM,
- utilização de luvas,
- identificação do material,
- trabalhar sempre junto à chama dobico de Bunsen
- flambar ao rubro alças e agulhas, antes e depois das inoculações,
- flambar o bocal de tubos depois de abertos e antes de fechar,
- esfriar alças e agulhas depois de flambadas nas laterais dos tubos, antes de pegar o inóculo,
- colocar em estufa os tubos e placas a 36˚C - 37˚C, após 18h – 48h retirar da estufa e colocar em refrigeração.
- limpar bancadas com álcool 70˚.TÉCNICAS DE SEMEADURA:
1. Semeadura em meio líquido: utilizados para crescimento em massa ( não promovem a formação de colônias, mas sim, crescimento por dispersão ).
2. Do tubo onde havia Staphylococcus aureus, foi transferido com uma alça de 10µl para um tubo com caldo BHI (brain heart infusion), pegou-se o inóculo com a alça, foi semeado por dispersão.
Este meio é utilizado para cultivo deestreptococos, pneumococos, meningococos, enterobactérias, não fermentadores, leveduras e fungos.
É um meio derivado de nutrientes de cérebro e coração, peptona e dextrose. A peptona e a infusão são fontes de nitrogênio, carbono, enxofre e vitaminas, já a dextrose é um carboidrato que os microorganismos utilizam para fermentação.
3. Semeadura em meio semi-sólido:
Com uma agulha decromo-níquel foi transferido Escherichia coli para um tubo 0,5% ágar (MIO). Pegou-se o inóculo, colocou-se através de uma picada central, sem encostar no fundo mas chegando bem próximo deste.
Para colônias BGN.
O Meio Mio é utilizado para a identificação de Enterobacteriaceae com base na motilidade, produção de indól e atividade de ornitina descarboxilase.

4. Semeadura em ágar inclinado:Com uma alça de 10µl transferiu-se o inóculo (Escherichia coli) de um tubo para outro, CIT (citrato de Simons), estriando (em ziguezague) da base até a superfície do tubo.
Verifica a capacidade da bactéria utilizar o citrato como única fonte de carbono, diferencia gêneros e espécies de enterobactérias e não fermentadores.
Neste tipo de semeadura se a bactéria conseguir sobreviver desenvolvecoloração azul.

5. Semeadura em ágar inclinado por picada profunda:
Pegou-se uma colônia de E. coli com uma agulha de cromo-níquel de uma placa (EPM) que é um meio com glicose para identificar BGN, e este inóculo foi repicado no tubo de ágar inclinado sem ir até o fundo, mas bem próximo deste, na retirada da agulha foram feitas estrias em ziguezague do fundo até a superfície. Este tipo desemeadura permite a obtenção de intensa massa de microrganismos.

6. Semeadura por esgotamento:
O objetivo deste tipo de semeadura é obter colônias isoladas. Pode-se dividir a placa de Petri em 3 ou 4 quadrantes. Foi realizada divisão em 3 quadrantes, a primeira estria foi feita no primeiro quadrante que ocupou metade da placa, à partir do começo da primeira estria puxando uma única estria para o...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Aula Prática MEIOS DE CULTURA E TÉCNICAS DE SEMEADURA
  • Relatório de Aula Prática de Fisioterapia
  • Relatorio de aula pratica
  • Relatorio de aula pratica; lipideos
  • Relatório de aula pratica-ecologia
  • Relatório aula pratica Quimica
  • Relatório de Aula Prática
  • Relatório aula prática

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!