Relações interpessoais

488 palavras 2 páginas
CONTRIBUIÇÕES DAS TEORIAS PSICOGENÉTICAS À CONSTRUÇÃO DO
CONCEITO DE INFÂNCIA: IMPLICAÇÕES PEDAGÓGICAS
CONTRIBUTION OF THE PSYCHOGENETIC THEORIES TO THE CHILDHOOD BUILING PROCESS:
PEDAGOGICAL IMPLICATIONS
Rita Melissa Lepre*
Resumo
O artigo tem como objetivo principal apresentar sumariamente as teorias psicogenéticas de Jean Piaget (1896-
1980), Lev S. Vygotsky (1896-1934) e Henri Wallon (1879-1962) focando suas influências na construção da concepção atual de infância e de criança. Por meio de um resgate histórico busca situar estas teorias psicogenéticas no desenvolvimento da Psicologia enquanto ciência independente. Pretende, ainda, refletir sobre as implicações de tais concepções ao ato pedagógico voltado à infância. Por fim, apresenta e discute a posição de
Neil Postman (1999) em relação ao desaparecimento da infância e suas repercussões na prática docente.
Palavras-chave: ação docente; criança; infância; teorias psicogenéticas.
Abstract
This paper aims to present the psychogenetic theories of Jean Piaget (1896-1980), Lev S. Vygotsky and Henri
Wallon (1879-1962) focusing on their influence on the current childhood and children’s construction conception.
By a historical rescue, it tries to find the following psychogenetic into the Psychology development as an independent science. It still intends to reflect on the implication of such conceptions in the pedagogical process focused on the childhood. Finally, it still presents and discusses the position of Neil Postman (1999) considering the disappearance of the childhood and its reflection on the teaching practice.
Key words: teaching practice; children; childhood; psychogenetic theories.
* Psicóloga, Mestre e Doutora em Educação/UNESP. Professora Assistente do Departamento de Educação - Faculdade de Ciências
– Unesp (Bauru).
CONTRIBUIÇÕES DAS TEORIAS
PSICOGENÉTICAS À CONSTRUÇÃO DO
CONCEITO DE INFÂNCIA:
IMPLICAÇÕES PEDAGÓGICAS
Chega mais perto e contempla as palavras.
Cada uma tem mil

Relacionados

  • Relações interpessoais
    966 palavras | 4 páginas
  • Relaçoes interpessoais
    608 palavras | 3 páginas
  • Relações interpessoais
    623 palavras | 3 páginas
  • relaçoes interpessoais
    429 palavras | 2 páginas
  • Relações Interpessoais
    1448 palavras | 6 páginas
  • relações interpessoais
    1966 palavras | 8 páginas
  • Relações interpessoais
    1289 palavras | 6 páginas
  • Relaçoes interpessoais
    1243 palavras | 5 páginas
  • Relacoes interpessoais
    1764 palavras | 8 páginas
  • Relações interpessoais
    1279 palavras | 6 páginas